A volta da Concachampions

  • por Mauricio Fernando
  • 51 Visualizações
O chileno Suazo, uma das estrelas do Monterrey em ação. Foto: Rayados.com/David Tamez

O chileno Suazo, uma das estrelas do Monterrey em ação. Foto: Rayados.com/David Tamez


Após uma pausa de dois meses, a Liga dos Campeões da Concacaf, ou simplesmente Concachampions, torneio de clubes que reúne equipes da América do Norte e Central, está de volta com os confrontos das quartas de finalA fase de grupos do torneio, que dá ao campeão uma vaga no Mundial de Clubes, foi disputada em 2012 e passou por um intervalo de 2 meses, à semelhança da Liga dos Campeões da Europa. O domínio de mexicanos e norte-americanos – especialmente os primeiros – segue visível. Três equipes mexicanas e três norte-americanas estão no páreo, uma equipe da Guatemala e outra da Costa Rica aparecem como “intrusas”.

O Monterrey, atual bicampeão da competição e detentor da melhor campanha da fase de grupos, deu um passo importante rumo ao tri ao vencer o Xelajú por 3×1 na Guatemala. A equipe guatematelca terá agora a dificílima missão de vencer por três gols de diferença no México. O gol marcado por Edgar Chinchilla foi o primeiro sofrido pelos Rayados na competição. Mier, De Nigris e Corona marcaram para a equipe mexicana, que já chegou aos 18 gols marcados, tendo também o melhor ataque.

Já o Santos Laguna, equipe mexicana que foi vice-campeã na última temporada e também vinha com 100% de aproveitamento na fase de grupos, foi derrotado pelo Houston Dynamo, vice-campeão da liga norte americana (MLS) nas ultimas duas temporadas. O gol foi marcado pelo meia Brad Davis nos minutos finais da partida. O Santos precisará, agora, vencer por dois gols de diferença no México para chegar às semifinais.

Em outro confronto México vs. Estados Unidos, em jogo realizado no México, o Tigres derrotou o Seattle Sounders por 1×0, gol do atacante Pulido. Com o resultado, a equipe mexicana, treinada pelo brasileiro Ricardo Ferretti, joga pelo empate no jogo de volta nos EUA.

Herediano e Galaxy fizeram um jogo sem gols na Costa Rica. Foto: Site oficial do Herediano

Herediano e Galaxy fizeram um jogo sem gols na Costa Rica. Foto: Site oficial do Herediano



Fechando as partidas das quartas de final, tivemos Herediano e Los Angeles Galaxy empatando sem gols na Costa Rica. Os donos da casa bem que pressionaram, mas não conseguiram superar a meta defendida pelo goleiro italiano Carlo Cudicini, ex-Chelsea, que chegou ao Galaxy nesta temporada. Quem vencer nos Estados Unidos fica com a vaga.

Um detalhe sempre muito interessante é a presença dos brasileiros na Concachampions. Atuaram nestes jogos de ida das quartas de final o atacante Israel Silva, pelo Xelajú, o zagueiro Juninho (ex-Botafogo), pelo Tigre, que ainda contou com o meia Danilinho (ex-Atlético-MG e Santos) entrando no segundo tempo. Mas o jogo com a maior presença de brasileiros foi Herediano x Los Angeles Galaxy. Os visitantes eram liderados pelo meia Juninho, que não é o pernambucano, que tinha a companhia brazuca do meia Marcelo Sarvas e do zagueiro Leonardo (que entrou na segunda etapa), assim como Jorge Barbosa, atacante do Herediano.

Outra observação importante a se fazer é com relação às transmissões dos jogos no Brasil, que estão sendo feitas todas através de VTs na íntegra pelo canal Fox Sports.

Os jogos de volta serão realizados já na próxima semana, quando, portanto, já poderemos conhecer os quatro melhores times da Concacaf na temporada 2012/13.

Veja os resultados dos jogos de ida das quartas de final:

Xelajú-GUA 1×3 Monterrey-MEX
Houston Dynamo-EUA 1×0 Santos Laguna-MEX
Tigres UANL-MEX 1×0 Seattle Sounders-EUA
Herediano-CRC 0x0 Los Angeles Galaxy-EUA

Facebook Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".

  • facebook