Top 5: jovens brasileiros na Europa em 2012/2013

  • por Mozart Maragno
  • 4 Anos atrás

A temporada 2012/2013 marcou o renascimento do futebol brasileiro na Europa, com a ida de jovens jogadores ofensivos com nível de seleção para clubes importantes do Velho Continente. Nesse sentido, apresentamos os 5 destaques brasileiros jovens (até 23 anos), Ainda nesse mês de maio, teremos um “top 5” de meninos que foram surpresas brasileiras na Europa, ou seja, os pouco cotados que tiveram algum momento de brilho.

oscar

O camisa 10 do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 nem precisou viajar para se apresentar ao novo clube. O jovem de 21 anos chegou ao atual campeão da Europa, o Chelsea, sem pré-temporada e logo para ser titular e ter participação brilhante na Liga dos Campeões. Foram pelo menos dois gols antológicos, contra Juventus e Shakhtar Donetsk. Apesar da eliminação na fase de grupos e das oscilações na Premier League, engrenou na reta final e vem sendo decisivo na luta pela vaga na principal competição de clubes do mundo.

coutinho

Após a primeira parte da temporada praticamente encostado numa Internazionale em crise, Philippe Coutinho chegou aos reds por 8,5 milhões de libras, uma quantia até modesta para os padrões ingleses. Cercado de desconfianças por parte da torcida nas redes sociais e alvo de chacota de muitos jornalistas brasileiros com complexo de vira-latas, encantou desde a estreia, com lances de refinada qualidade técnica e visão de jogo que renderam diversos elogios do seu principal incentivador do momento e fiador da contratação, o sensível técnico Brendan Rodgers. De quebra, foi eleito o melhor jogador dos meses de março e abril pela torcida no site oficial da agremiação.

alex sandro

Todos sabemos que o lateral-esquerdo sempre foi ótimo no apoio, mas sempre com alguma dificuldade defensiva, algo típico dos laterais nativos. Essa temporada, sua segunda na Europa, parece ter mudado um pouco essa condição e afirmado o talentoso canhoto como um atleta completo, mais firme atrás. Foi titular absoluto do clube lusitano e objeto de muitos elogios, sobretudo na Liga dos Campeões. Apesar da decepção como meia pela seleção brasileira em Londres, é forte nome para ser convocado por muitos anos na sua posição de origem.

danilo

O lado direito do clube portista também tem brasileiro em destaque. Assim como foram parceiros de Santos, seleção sub-20 e sub-23, Danilo e Alex Sandro parecem ter mais um momento de grandes atuações juntos. Com as mesmas desconfianças em aspectos defensivos que seu amigo, Danilo virou uma arma importante no Dragão e não tem comprometido na marcação. Com esses requisitos, também teve sua temporada de afirmação e vem sendo cobiçado por clubes de ligas mais fortes.

lucas

Chegar no meio da temporada e por altíssimas cifras, nunca é algo fácil para um garoto de 20 anos. Lucas, um dos grandes talentos produzidos pelo futebol brasileiro nos últimos anos, enfrentou exatamente esse desafio e deu conta do recado. Apesar de ainda estar zerado em termos de gols, suas grandes atuações foram na Liga dos Campeões, diante dos espanhóis: desempenho de gala contra o Valencia e ótimas partidas tendo pela frente o badalado e temido Barcelona. Lesões impediram uma sequência maior de jogos para adaptação na liga local, algo que poderá vir na próxima temporada.

Fica a reflexão: Além do importante crescimento das carreiras desses jovens, quem ganha com isso é a seleção brasileira, que precisa descontar seu atraso tático por meio do amadurecimento dessas revelações na Europa. Quanto mais se afirmarem em seus clubes, mais possibilidades de evolução o time nacional poderá experimentar. Estaremos sempre de olho para trazer os detalhes desse processo.

Arte: Thiago “Kalvin” Menezes

Comentários

Formado em Educação Física, fundador do site Olheiros e apreciador do futebol de base desde sempre.