As seleções mais goleadas em torneios da Fifa

  • por Gustavo Ribeiro
  • 4 Anos atrás
Foto; Reprodução - seleções goleadas

Foto: Reprodução – seleções goleadas

Com as atuações do Taiti na Copa das Confederações e suas goleadas sofridas para Nigéria (6X1), Espanha (10X0), e Uruguai (8×0), o site Depor.Pe, divulgou uma lista com com outas seleções que também ficaram conhecidas pelo alto números de gols sofridos em competições oficiais da Fifa.

Coreia do Sul: Na Copa do Mundo de 1954, realizada na Suíça, a seleção-coreana foi elimina ainda na primeira fase, com derrotas para Hungria (9X0) e Turquia (7X0), sofrendo um total de 16 gols.

Zaire: Na Copa do Mundo de 1974, disputada na Alemanha, a seleção africana estava no Grupo 2. Com derrotas para a Iugoslávia (9X0), Escócia (2X0) e Brasil (3X0), a seleção africana se despediu da Copa com 14 gols sofridos.

Haiti: Na Copa do Mundo de 1974, a seleção do Haiti, assim como o Zaire, se despediu com 14 gols sofridos. No Grupo 4, perdeu para a Itália (3X1), Polônia (7X0) e Argentina (4X1).

El Salvador: Na Copa do Mundo de 1982, disputada na Espanha, e com 13 gols sofridos, foi eliminada logo na primeira fase. El Salvador perdeu para Hungria (10X1), Bélgica (1X0) e Argentina (2X0).

Arábia Saudita: Na Copa do Mundo de 2002, disputada na Coreia do Sul e no Japão, a seleção saudita foi eliminada logo na primeira fase, com derrotas para a Alemanha (8X0), Camarões (1×0) e Irlanda (3X0) sofrendo um total de 12 gols.

Coreia do Norte: Na Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, a seleção norte-coreana foi eliminada na fase de grupos, com derrotas para Brasil (2X1), Portugal (7X0) e Costa do Marfim (3X0), sofrendo 11 gols.

Comentários

Projeto de jornalista, mineiro, 20 anos. Viu que não tinha muito futuro dentro das quatro linhas e resolveu trabalhar dando seus pitacos acompanhando tudo relacionado ao futebol, principalmente quando a pelota rola nas canchas dos nossos vizinhos sul-americanos. Admirador do "Toco y me voy" argentino, também escreve no Sudaca FC e tem Riquelme e Alex como maiores ídolos.