Liga Futsal/13: Intelli/Orlândia sai na frente pela semifinal

  • por Rogério Bibiano
  • 4 Anos atrás

Abrindo as semifinais da Liga Futsal 2013, tivemos hoje (12), na Arena João Mambrini, em São Sebastião do Paraíso (MG), o duelo entre Intelli/Orlândia contra o Corinthians/Unip.

Jogando em Minas Gerais por conta da capacidade do ginásio, exigida conforme regulamento da Liga, a equipe de Orlândia entrou em quadra pressionando o Corinthians/Unip, fazendo com que o goleiro Franklin trabalhasse bastante.

Aos 16m08s, após ótima troca de passes em velocidade do Corinthians/Unip, a bola foi ajeitada do pivô para Simi, que, com absoluta categoria, colocou no ângulo de Guitta, sem chance alguma para defesa. Corinthians 1×0.

Paulinho Japonês e Simi, destaques corintianos em ação no jogo deste sábado -  foto:  MD Fotografias Marcio Damiao

Paulinho Japonês e Simi, destaques corintianos em ação no jogo deste sábado – foto: MD Fotografias Marcio Damiao

Na segunda etapa, o alvinegro da capital paulista voltou melhor, ante uma Intelli/Orlândia que pressionava e, com isto, deixava espaços para o bom e forte contra-ataque corintiano.

Aos 30m04s, brilhou a estrela do astro Falcão que aproveitou batida cruzada de Gadeia e, de carrinho, tocou para o fundo do gol de Franklin, que ainda tocou na bola, mas sem conseguir evitar o empate da equipe alvigrena.

Falcão saí para o abraço, após empatar o jogo contra o Corinthians/Unip - foto:  MD Fotografias Marcio Damiao

Falcão saí para o abraço, após empatar o jogo contra o Corinthians/Unip – foto: MD Fotografias Marcio Damiao

O Corinthians/Unip sentiu o gol e não teve tempo de reagir. Gadeia recebeu na ala e, na sua característica principal, bateu rasteiro, no único espaço existente, surpreendendo Franklin. Era a virada da Intelli/Orlândia.

O Timão saiu em busca do empate, que lhe daria uma vantagem considerável. Com isto, deixou espaços em sua retaguarda, espaços estes muito bem aproveitados por Gadeia, que tabelou com Vinicius e saiu cara a cara com Franklin, tocando com categoria no ângulo do goleiro corintiano.

Gadeia (31), no momento em que colocou a bola no fundo das redes do alvinegro do Parque São Jorge - foto:  MD Fotografias Marcio Damiao

Gadeia (31), no momento em que colocou a bola no fundo das redes do alvinegro do Parque São Jorge – foto: MD Fotografias Marcio Damiao

Em desvantagem, o Corinthians/Unip continuou tentando buscar o empate utilizando o goleiro-linha. A Intelli/Orlândia soube defender-se e reverter a vantagem das semifinais.

O Timão precisa vencer o segundo jogo do playoff, para levá-lo para a prorrogação, na qual terá a vantagem do empate. Mas tudo isto ficará para novembro.

O futsal você também acompanha aqui, no Doentes por Futebol.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.