Com elenco renovado, Deportivo Quito se prepara para a temporada

  • por Gustavo Ribeiro
  • 5 Anos atrás
Foto: eluniverso - O técnico Garay no treinamento com os jogadores

Foto: eluniverso – O técnico Garay no treinamento com os jogadores

Cinco vezes campeão equatoriano, o Deportivo Quito já inciou sua preparação para a temporada que chega. Em 2014, o clube vai disputar a Libertadores e enfrentar o Botafogo na primeira fase em busca de uma vaga na fase de grupos. A equipe terminou o ano de 2013 em meio a uma grave crise econômica, vendo-se obrigado a dispensar vários jogadores.

Em outubro de 2013, Eugenio Romero foi eleito presidente, assumindo o clube que devia cinco meses de salários a vários jogadores. Em situação difícil, teve que reincidir com vários nomes importantes do elenco, como Fabián Carini, Luis Seijas, Robert Flores e Federico Nieto, artilheiro da primeira parte do Campeonato Equatoriano.

Mesmo em grande dificuldade financeira, as campanhas foram boas. Na primeira parte do campeonato, o Deportivo conseguiu a quarta posição com 38 pontos. Na segunda, foi o quinto colocado, com 33 pontos. Por causa dessa regularidade, o clube conseguiu uma vaga na Libertadores de 2014.

Para a atual temporada, a nova diretoria anunciou Juan Carlos Garay, de 45 anos, como novo técnico. Garay era treinador do time reserva, com o qual foi campeão em 2011 e vice em 2012, e já assumiu interinamente algumas vezes o time principal. A primeira foi em 2011, quando substituiu o então técnico Fabián Bustos. Em 2012, assumiu quando Carlos Ischia renunciou ao cargo. Neste ano, Garay assumiu a equipe em agosto, quando o então técnico Rubén Isúa e os jogadores do elenco principal decidiram não viajar para o jogo contra o Manta por causa dos atrasos salariais. Nessa partida, Garay foi obrigado a usar o time reserva e saiu derrotado por 3×0.

Para esta temporada, o novo presidente Eugenio Romero já conseguiu quitar uma parte das dívidas, mas está longe de zerá-las – alguns jogadores ainda estão com o salário atrasado em sete meses. Mas nem mesmo as dividas são empecilhos para o clube se reforçar. Nesta janela, já foram 18 novos nomes (o que é compreensível, já que o clube perdeu 14 jogadores).

Reforços do Deportivo Quito: Rorys Aragón, Rolando Ramírez, Martín Bonjour, Víctor Chinga, Danny Luna, Washington España, Víctor Estupiñán, Gregory González, Edder Fuertes, Flavio Caicedo, Gustavo Nazareno, Miguel Bravo, Carlos Feraud, Christian Lara, Francisco Rojas, Carlos Vayas, Carlos Garcés, Jonathan Hansen.

De todas as contratações, podemos destacar a do volante Carlos Feraud junto à LDU. Força na marcação e qualidade no passe são algumas qualidades do jogador de 23 anos, que também já atuou como meia pela esquerda. Em 2013, disputou a Libertadores pela LDU, mas na condição de reserva. No Campeonato Equatoriano, sempre se revezava entre o banco e o time titular, mas ainda assim deixou uma boa impressão. No ano passado, juntando todas as competições, participou de 27 jogos, sendo que entrou com a partida em andamento em 15, contabilizando dois gols e duas assistências.

Vários jogadores das categorias de base também deverão fazer parte do elenco profissional em 2014. Entre eles, estão o promissor atacante José Miguel Andrade e volante Alejandro Pareja. Os outros são: Carlos Angulo, Efrén Proaño, Guinner Vergara, Joel Preciado, José Lugo, José Ramírez, Michael Arboleda e Sebastián Suasnavas.

Analisando os treinos que o time vem realizando, os prováveis titulares no começo da temporada serão: no gol, Rolando Ramírez; na lateral direita, Victor Chinga, formando a dupla de zaga, Martín Bonjour e Gregory González, e Luis Romero na lateral esquerda; no meio-campo Edder Fuertes, Édison Vega, Miguel Bravo e Carlos Feraud; no ataque Carlos Garcés, Jonathan Hansen.

É difícil saber o que esperar do Deportivo Quito para a próxima temporada por conta da crise financeira que o clube vive e pelas mudanças que sofreu nesta janela de transferência. O primeiro jogo da Copa Libertadores contra o Botafogo está marcado para o dia 29 de janeiro, no estádio Olímpico Atahualpa, em Quito. Mas, antes disso, Los Chullas teria dois jogos do Campeonato Equatoriano, contra o Independiente no dia 26, válido pela primeira rodada, e contra o Emelec, no dia 28, pela segunda rodada. Esse último foi adiado para o dia 16 de fevereiro.

Comentários

Projeto de jornalista, mineiro, 20 anos. Viu que não tinha muito futuro dentro das quatro linhas e resolveu trabalhar dando seus pitacos acompanhando tudo relacionado ao futebol, principalmente quando a pelota rola nas canchas dos nossos vizinhos sul-americanos. Admirador do "Toco y me voy" argentino, também escreve no Sudaca FC e tem Riquelme e Alex como maiores ídolos.