Futebol na Índia vira negócio e atrai ex-jogadores

  • por Saimon
  • 86 Visualizações

Seleção

Você certamente nunca assistiu a um jogo do campeonato indiano, mas deve ter ouvido falar dele últimas semanas. Dinheiro envolvido, estádios modernos e a chegada de ilustres jogadores têm marcado essa alternativa liga, prevista para começar no mês que vem. A ideia do projeto é simples: cada clube tem que ter um jogador famoso e um técnico estrangeiro para promover o crescimento do futebol no país. A liga foi comprada por três grandes empresas com sede na Índia, IMG Worldwide, Star India e Reliance.

Atualmente, o país é dominado pelo críquete, esporte pouco conhecido por aqui. Então, para popularizar o futebol, foi criada uma licitação onde empresas e famosos compraram os times. Entre os compradores, estão o famoso jogador de críquete Sachin Tendulkar e o ator de cinema de Bollywood Ranbin Kapoor. O Atlético de Kolkata, dono do segundo maior estádio do mundo (Salt Lake Stadium, com capacidade para 120.000 pessoas), foi a equipe mais cotada. Comprado por investidores do Atletico de Madrid, o Kolkata foi adquirido por 18 crores, ou 180 milhões de rúpias, que significam pouco mais de 4 milhões de dólares. No total, as oito equipes foram compradas por 120 crores, pouco mais de 27 milhões de dólares.

Com os donos definidos, foi marcado então o draft para escolha dos jogadores. Ao estilo NBA, os times participaram de duas escolhas: uma com jogadores locais, na qual cada time recrutou 14 atletas, e uma com jogadores internacionais, na qual cada equipe selecionou sete. No nacional, o primeiro chamado foi Lenny Rodrigues, meia e um dos principais futebolistas da Índia. O segundo da lista foi o goleiro Subrata Pal, capitão da seleção local. Subrata também é conhecido por se chocar com o brasileiro Cristiano Júnior em um jogo da Copa da Índia em 2004. Cristiano desmaiou, teve um colapso e faleceu minutos depois no hospital. Subrata foi condenado pela forte entrada e passou nove meses suspenso até voltar a jogar.

Foto: Reprodução - Primeiro do draft, o Pune City escolheu Lenny Rodrigues.

Foto: Reprodução – Primeiro do draft, o Pune City escolheu Lenny Rodrigues.

O draft internacional não contou com as principais estrelas, que acordaram por fora com seus clubes. Então, o primeiro recrutado foi o italiano Bruno Cirillo, ex-Internazionale. Quem também apareceu na primeira rodada foi Michael Chopra, ex-Cardiff e Sunderland. O inglês tenta se naturalizar indiano, já que tem origens em sua família paterna.

Entre os principais astros do campeonato estão Alessandro Del Piero, David Trezeguet, Marco Materazzi, Robert Pires e Nicolas Anelka. Alguns destes são Marquee Players, ou Jogadores Símbolos. Cada time precisa ter um que preencha dois requisitos: defender o seu país em uma competição oficial da FIFA, e defender um clube em uma das principais ligas do mundo. A liga tem o poder de aceitar ou vetar esse jogador, caso o mesmo não cumpra um dos requisitos.

Foto: Reprodução - Del Piero e Trezeguet são recebidos com festa.

Foto: Reprodução – Del Piero e Trezeguet são recebidos com festa.

O Brasil também está representado. O Atlético Paranaense emprestou cinco jovens jogadores para atuar por lá até o fim do ano. Depois foi a vez de Zico, o Galinho, ser chamado para treinar o FC Goa, equipe que fica na região mais brasileira da Índia e tem o português como idioma mais usado. Por fim, na semana passada o meia Elano anunciou que jogará no Chennai Titans até o fim do ano. A lista é extensa e ainda possui outros nomes conhecidos do futebol mundial. Em destaque, estão os Marquee Players de cada time.

Atlético de Kolkata 
Luis García (ex-Barcelona e Liverpool)
Sylvain Monsoreau (ex-Lyon e Monaco)
Josemi (ex-Liverpool e Villarreal)
Borja Fernández (ex-Real Madrid)

NorthEast United
> Joan Capdevila (ex-Villarreal)
Alexis Tzorvas (ex-Panathinaikos)
Guilherme Batata (ex-Atlético Paranaense)

Pune City
> David Trezeguet (ex-Juventus)
Emanuele Belardi (ex-Juventus e Udinese)
Iván Bolado (ex-Racing Santander)

Delhi Dynamos
> Alessandro Del Piero (ex-Juventus)
Gustavo Santos (ex-Atlético Paranaense)

Kerala Blasters
> David James (ex-Portsmouth) – TÉCNICO
Erwin (ex-Atlético Paranaense)
Michael Chopra (ex-Cardiff e Sunderland)
Pedro Gusmão (ex-Atlético Paranaense)

Chennai Titans
> Elano (ex-Santos e Flamengo)
Gennaro Bracigliano (ex-Marseille e Nancy)
Marco Materazzi (ex-Internazionale) – JOGADOR E TÉCNICO
Bernard Mendy (ex-PSG e Hull)
Bruno Pelissari (ex-Atlético Paranaense)

FC Goa
> Robert Pires (ex-Arsenal e Villarreal)
Zico (ex-Iraque) – TÉCNICO

Mumbai City
> Fredrik Ljungberg (ex-Arsenal)
Manuel Friedrich (ex-Bayer Leverkusen)
Nicolas Anelka (ex-Chelsea e Juventus)

Foto: Reprodução - Zico chega para treinar o FC Goa.

Foto: Reprodução – Zico chega para treinar o FC Goa.

O início está previsto para 12 de outubro e a primeira rodada já reserva o confronto entre Del Piero e Trezeguet, companheiros de Juventus em outros tempos. O torneio terá duração de três meses e, após jogos em turno e returno, terá semifinais e final, que será disputada na cidade de Kolkata em dezembro.

1ª rodada
Atlético de Kolkata vs Mumbai City
Delhi Dynamos vs Pune City
Kerala Blasters vs NorthEast United
Chennai Titans vs FC Goa

Colaboração com informações: Fernando Carreteiro

Facebook Comentários

Palmeirense, 23 anos. Acompanha futebol em qualquer canto. Fã da ótima geração belga.

  • facebook