Olho nele! Memphis Depay, o futuro da Laranja

Curta o Futebol nos Alpes no Facebook e siga no Twitter.

OLHO NELE

Futebol é coletivo e essa é uma das máximas mais óbvias que existem dentro do esporte. Mas, se o PSV Eindhoven tem hoje o título desta atual edição da Eredivisie já encaminhado, seria bem complicado – ou até injusto – deixar de afirmar que essa vantagem deve-se muito a um jogador em especial. Memphis Depay, jovem ponta-esquerda de apenas 21 anos, pode ser classificado, com méritos, como não só apenas a grande estrela do PSV nesta temporada de 2014/2015, mas também como de toda a competição.

https://www.youtube.com/watch?v=fTfYhKCBLLI

Com 26 rodadas passadas e uma vantagem de nove pontos para o segundo colocado, Ajax, as atuações de Depay ao longo da competição foram quase sempre decisivas para que o time comandado por Phillip Cocu saísse ou com o resultado positivo, como em grande parte das vezes, ou pelo menos com um pontinho na bagagem.

De todas as 26 partidas que o PSV já disputou, Depay, que veio para o time de Eindhoven muito jovem e nele foi promovido ao futebol profissional, esteve presente em 22 delas. Jogou 1857 minutos e acabou sendo decisivo com gols ou assistências em exatamente 13 delas. Ou seja, teve participação direta e foi fundamental na conquista de 39 dos 67 pontos até então obtidos pela equipe do Philips Stadion no certame. Mais do que a metade dos já conquistados até o momento.

Curiosamente, conforme levantamento realizado pelo Doentes por Futebol, em todos os jogos que Depay marcou um gol ou pelo menos deu uma assistência, o PSV saiu de campo com a vitória. Foram 13 jogos e 39 pontos conquistados, 100% de aproveitamento. Destas 13 partidas, as vitórias que merecem grande destaque foram as conquistadas contra as equipes do Ajax (dentro da Amsterdam ArenA) e Feyenoord, obtidas no primeiro turno e que serviram para motivar ainda mais a equipe rumo ao 22º Prato de Prata.

A permanência de Depay no PSV Eindhoven, após a Copa do Mundo, foi um verdadeiro milagre, visto que ele também conseguiu certo destaque na competição realizada no Brasil. Foi decisivo nas partidas da Laranja contra a Austrália (marcou o gol da vitória por 3×2) e contra o Chile, ajudando (e muito) a desconfiada Holanda a conseguir a classificação em primeiro lugar do Grupo B.

Ostentando o status de principal estrela da Eredivisie e um dos grandes jovens destaques do cenário europeu da atualidade, sabemos que é dificílimo cravar a permanência de Depay no PSV Eindhoven para a próxima temporada. O clube, que muito provavelmente confirmará o título holandês e ganhará uma vaga direta para a fase de grupos da próxima UEFA Champions League, terá que superar a muito provável perda do ponta, mas, em compensação, deverá ganhar uma boa quantia financeira para repor a perda com algum reforço de peso.

Ficando no PSV ou não, uma coisa é fato: Depay é um fruto maduro deste incrível celeiro de craques que é o futebol holandês e tem tudo para ser, em um futuro próximo, uma das grandes atrações do cenário mundial.

Olho Nele!

Comentários

Estudante de Jornalismo. Foi editor de futebol alemão e holandês na VAVEL Brasil e cofundador da VAVEL Portugal. É blogueiro do Bayern no ESPN FC (projeto da ESPN Brasil) e completamente Doente por Futebol.