Riechedly Bazoer: mais uma joia do Ajax

  • por Doentes por Futebol
  • 69 Visualizações

(Por Tarcisio Neri)

Quem conhece o futebol holandês, sabe da força da base dos Ajacieden. Em decorrência disso, quase toda temporada o clube consegue descobrir novos nomes de alto nível para o futebol mundial. Na temporada 15/16, o Ajax revela mais um excelente nome de destaque: Riechedly Bazoer

OLHO NELE BAZOER

;

Início no futebol de base

Bazoer começou sua carreira nas categorias de base do USV Elinkwijk em 2006, depois se transferiu para o PSV Eindhoven, onde permaneceu até 2012.

cid4443_BazoerVI01_1024_580x310

Bazoer vestindo a camisa do PSV

Segundo informações do site Football Oranje, o jovem era utilizado como zagueiro no PSV, por causa de sua estatura avantajada, inteligência e boa qualidade com a bola nos pés. Porém, apesar de seu sucesso e progressão rápidos nas categorias de base do clube de Eindhoven, Richaedly desejava jogar mais adiantado no campo, mais precisamente na posição de meio-campista. Por isso, preferiu esperar ter seu contrato finalizado com o PSV, para buscar seu espaço no meio-campo de outro clube. Foi especulado em vários destinos, principalmente da Inglaterra, como Arsenal, Chelsea, Manchester City e Newcastle. Uma curiosidade: segundo afirma o site Benefoot, o jovem holandês esteve bem próximo de se transferir para o clube de Manchester, tendo sido convidado a conhecer as instalações do Etihad Stadium:

“Estive em Manchester e foi uma experiência muito especial. Pessoas como Patrick Vieira e Sergio Agüero vieram conversar comigo, e ainda tive oportunidade de bater um papo com Roberto Mancini. Estrelas que eu conhecia apenas do PlayStation subitamente estavam me dando atenção”.

Apenas de todo tratamento especial dado pelo clube dos Citizens, Richaedly acabou optando por ir para a capital holandesa e defender as cores do Ajax. O jovem afirma que sua mãe teve grande peso em sua decisão, pois ela o aconselhou a priorizar seu desenvolvimento e amadurecimento como jogador, antes de dar um passo tão complicado quanto ir jogar no exterior.

Riechedly-Bazoer-Ajax-shirt

;

Em 16 de novembro de 2012, Bazoer assinava com o Ajax, um negócio espetacular para o clube da capital holandesa: primeiro por que o Ajax contratava uma joia do futebol holandês a custo zero; segundo por que ao mesmo tempo em que se reforçava, o clube enfraquecia um rival direto no jogo da hegemonia do futebol nacional.

Seduzido pelo plano apresentado pelos Godenzonen,  Bazoer seria preparado num plano de longo prazo para ser utilizado como meio-campista nos times do Ajax (inferiores e time principal).

Apesar da pouca idade que tinha (16 anos), o talentoso holandês já chegou, na temporada 13/14, jogando entre os profissionais do Jong Ajax (espécie de última etapa de transição dos times inferiores para o time principal). Seus traços principais, demonstrados nos tempos de PSV, seguiram sendo apresentados mesmo jogando em meio a atletas 2, 3 anos mais velhos do que ele: maturidade física e emocional, que somados a sua compleição avantajada e qualidade técnica acima da média possibilitaram que Bazoer fosse dominante no meio campo do Jong Ajax.

;

Estreia no time principal

Desde sua chegada, Frank de Boer já começava a olhar para Bazoer de maneira especial, pois já percebia no jovem meia um valor muito grande; tanto que na temporada 2013/14, seu treinador o inscreveu nos 22 selecionáveis para a Liga dos Campeões.

 

Bazoer scores vs Twente

O jovem marcou seu primeiro gol com a camisa do Ajax contra o FC Twente, na temporada 14/15. Em competições internacionais, Bazoer fez sua estreia contra o Legia Varsóvia, no dia 19 de fevereiro.

https://www.youtube.com/watch?v=zqvPgBLadmk

;

Estilo de jogo e onde pode atuar

O que chamou mais atenção é a versatilidade e qualidade que Bazoer mostra: ele tanto pode jogar de zagueiro quanto de primeiro volante. Sua posição “ideal” é de segundo volante, já que ele demonstra ter mais qualidade para sair com a bola dominada de trás.

Bazoer pass vs PSV

É impressionante ver um jovem de 18/19 anos com tamanha consciência tática (com e sem a bola). Sua inteligência aliada a seu controle de bola, força física e bom passe fazem com que Bazoer seja o sonho de qualquer treinador que queira ter leque de opções em seu time:

Como falamos mais acima, Bazoer é o tipo de jogador que tem qualidade para atuar em várias posições no sistema defensivo do Ajax. Uma delas é atuando como zagueiro ao lado de Veltman. É bom lembrar que ele como zagueiro não consegue ter liberdade para ajudar a equipe naquilo que ele mais sabe fazer: ajudar nos contra-ataques da equipe.

Pode jogar também como primeiro volante, ficando mais para ajudar a sua defesa. Como ele possui alto nível de qualidade no desarme também, isso faz com que consiga proteger a defesa e ligar contra-ataques com excelência. Vale ressaltar novamente o seu nível muito elevado de visão de jogo, e isso com apenas 19 anos.

E para finalizar suas funções, ele consegue atuar centralizado no meio de campo, onde tem sido mais usado por De Boer. Com sua visão de jogo acima da média, ele consegue ajudar – e muito, diga-se de passagem – Davy Klaassen nas armações das jogadas, principalmente em contra-ataques, uma das principais virtudes dessa equipe comandada por De Boer.

;

Comparações com grandes nomes do passado

Frank de Boer, efusivo sobre o futebol de Bazoer, tem rasgado elogios a seu jovem jogador:

“Tenho convicção que em breve ele vai estar jogando no nível que espero dele. Quando vi seu futebol nas categorias de base do Ajax, não poderia deixar de acompanha-lo mais de perto, até por que a qualidade que vi, me lembrou muito Rijkaard, tanto que muito comparam Bazoer ao ex-jogador do Ajax. É uma visão de jogo, qualidade no passe e uma eficiência nos desarmes enorme, e não sou eu que falo, são os números que dizem”.

A pergunta que fica é: podemos comparar Bazoer a um mito holandês como Rijkaard?

Bem, ainda não, mas ele começa a demostrar um estilo de jogo que lembra demais o brilhante volante/zagueiro que vestiu por vários anos a camisa do Ajax, e que foi revelado pelo clube de Amsterdam.

;

Futuro na laranja e no futebol mundial

Pois bem, Bazoer tem uma carreira toda pela frente, e já começa a despertar interesses de vários outros gigantes do futebol mundial. Tem tudo para ser tornar titular absoluto no meio de campo da Seleção Holandesa. Isso é questão de tempo e aprendizado no futebol e, caso consiga transferência para o futebol espanhol (mais precisamente para o Barcelona, se os rumores se confirmarem), o atleta poderá aprimorar ainda mais aquilo que faz ele uma peça diferente das outras: sua visão de jogo e sua qualidade nos passes.

Bazoer fez sua estreia na seleção principal da Holanda no amistoso contra a seleção do País de Gales, em novembro de 2015.

Bazoer fez sua estreia na seleção principal da Holanda no amistoso contra a seleção do País de Gales, em novembro de 2015.

Sua transferência para o Ajax proporcionou grande salto de qualidade em seu desenvolvimento, até por que o futebol holandês – apesar do desnível diante de outras ligas mais ricas – tem em seu favor característica mais ofensiva e de troca de passes, e isso fez com que o futebol de Bazoer se desenvolvesse ainda mais, realizando seu sonho de jogar mais com a bola nos pés e na faixa do meio-campo.

Mas ele precisa ser mais exigido, porque já vem provando que o campeonato holandês não consegue mais acompanhar seu nível.

RIJKAARD, SNEIJDER E SEEDORF

;

Riechedly Bazoer, guarde bem este nome. Ele tem tudo para entrar para o seleto hall de meio-campistas qualificados com passagem marcante pelo Ajax e seleção holandesa. Nomes como Frank Rijkaard, Clarence Seedorf e Wesley Sneijder reforçam nossa tese que os Godenzonen enxergam longe quando o assunto é reconhecer o potencial de um jogador.

Olho Nele!

https://www.youtube.com/watch?v=K4b6GxASTl0

https://www.youtube.com/watch?v=tz5KpT6SZck

Facebook Comentários