Gringos no Brasil em 2016

  • por Osmar Júnior
  • 2 Anos atrás

12695600_10204387370564852_38167290_o

O ano de 2014 começou com uma novidade para os clubes brasileiros, a CBF alterou o artigo 45 do Regulamento Geral das Competições passando a aceitar que cada time pudesse contar com cinco atletas estrangeiros dentre os relacionados na súmula para uma partida. Antes apenas três eram permitidos.

? Veja também: “Estrangeiros na China”

Com a nova medida, e pela situação inflacionada do mercado nacional, a contratação de ‘gringos’ passou a ser cada vez mais comum. Em 2016, só os clubes da Série A possuem em seus elencos mais de 40 atletas não nascidos no Brasil. Quase a totalidade é de sul-americanos, com destaque para os argentinos. Mesmo com D’Alessandro deixando o país, são 16 hermanos na elite do futebol brasileiro.

Desde 2007 no Brasil, Valência é o estrangeiro há mais tempo no futebol brasileiro || Foto: Santos FC Divulgação

O colombiano Valencia já vai para o seu nono ano no futebol brasileiro || Foto: Santos FC Divulgação

Confira a lista com todos os estrangeiros dos clubes da Série A do Brasileirão:

Atualizada em 04 de fevereiro de 2016
Total: 48 jogadores
16 argentinos | 8 paraguaios | 7 colombianos | 5 uruguaios | 4 chilenos  | 3 equatorianos | 1 português | 1 boliviano | 1 peruano | 1 camaronês | 1 sul-africano

 

AMÉRICA BH América-MG
Nenhum

Atlético MG Atlético-MG
argentina Lucas Pratto – atacante
argentina Jesús Dátolo – meia
equador Frickson Erazo – zagueiro
equador Juan Cazares – meia

Atlético-PR Atlético-PR
argentina Fernando Barrientos – volante
chile Christian Vilches – zagueiro
portugal Bruno Pereirinha – meia

botafogo Botafogo
bolivia Damián Lizio – meia
argentina Joel Carli – zagueiro
argentina Gervásio “Yacaré” Núñez  – meia
uruguai Juan Manuel Salgueiro – atacante

Chapecoense Chapecoense
uruguai Martín Alaníz – meia
argentina Alejandro Martinuccio – meia

Corinthians Corinthians
paraguay Ángel Romero – atacante
paraguay Gustavo Viera – volante
colombia Stiven Mendoza – atacante
paraguay Fabián Balbuena – zagueiro

Coritiba Coritiba
paraguay César Benítez – lateral
paraguay Nery Bareiro – zagueiro
paraguay Luís Cáceres – volante
paraguay Jorge Ortega – atacante
VN Cesar González – meia
colombia Luis Salazar – zagueiro

Cruzeiro Cruzeiro
uruguai De Arrascaeta – meia
argentina Ariel Cabral – volante
argentina Sanchez Miño – meia
argentina Matías Pisano – meia
argentina Lucas Romero – volante
colombia Duvier Riascos – atacante

Figueirense Figueirense
paraguay Gatito Fernández – goleiro
colombia Michael Ortega – meia

Flamengo Flamengo
peru Paolo Guerrero – atacante
argentina Federico Mancuello – meia
argentina Héctor Canteros – volante
colombia Gustavo Cuéllar – volante
argentina Lucas Mugni – meia

Fluminense Fluminense
uruguai Bryan Oliveira – meia

Grêmio Grêmio
uruguai Braian Rodríguez – atacante
africa do sul Tyrone Sandows “Ty” – atacante
equador Miller Bolaños – atacante

Internacional (2) Internacional
VN Luis Manoel Seijas – meia

Palmeiras Palmeiras
paraguay Lucas Barrios – atacante
argentina Agustin Allione – meia
argentina Jonatan Cristaldo – atacante
chile Francisco Arancibia – meia
colombia Yerry Mina – zagueiro

Ponte Preta Ponte Preta
Nenhum

Santa Cruz Santa Cruz
colombia Alex Bolaños – volante

Santos Santos
camaroes Diederrick Joel – atacante
colombia Edwin Valencia – volante
argentina Patito Rodríguez – meia
argentina Maxi Rolón – atacante
chile Emiliano Vecchio – meia

Sao paulo São Paulo
uruguai Diego Lugano – zagueiro
argentina Ricardo Centurión – atacante
chile Eugenio Mena – lateral
colombia Wilder Guisao – meia
argentina Jonathan Calleri – atacante

Sport Sport
chile Mark González – meia
colombia Reinaldo Lenis – meia
colombia Oswaldo Henríquez – zagueiro
CR Rodney Wallace – meia

Vitória Vitória
Nenhum

Observações:
– O volante Fábio Braga, do Coritiba, é nascido em Portugal, porém possui nacionalidade brasileira. Não ocupa, portanto, vaga de estrangeiro
– O volante Federico Gino, do Cruzeiro, apesar de ter nacionalidade uruguaia, é nascido no Brasil. Não ocupa, portanto, vaga de estrangeiro.
– O lateral Paulo Magalhães, do Internacional, apesar de ter nacionalidade chilena, é nascido no Brasil. Não ocupa, portanto, vaga de estrangeiro.

? Veja também: “Estrangeiros no Mundo Árabe”

Comentários

Nascido e residente em Araxá/MG. Apaixonado por esportes em geral, dedica boa parte de seu tempo acompanhando futebol. Tem um carinho todo especial por histórias de equipes alternativas e times de divisões inferiores. Nas horas vagas, relaxa praticando mountain bike.