Números, fatos e curiosidades da 2ª rodada da Euro 2016

O DPF apresenta agora as principais estatísticas, curiosidades e números dos 12 jogos realizados na segunda rodada da Euro. Como destaque temos as vitórias de França, Itália e Suécia, o penalti perdido de CR7, o primeiro gol de um jogador de clube não-europeu e as vitórias dos estreantes.

França 2 x 0 Albânia

– A França venceu suas duas partidas iniciais em Euro apenas duas vezes: 1984 e 2000. Em ambas, acabou campeã. Com a vitória sobre a Albânia, foi a primeira equipe a se classificar matematicamente para as oitavas de final.

– Os franceses acumulam agora sete vitórias seguidas em casa na Euro (5 em 1984 e 2 em 2014).

– O jogo teve apenas duas finalizações corretas no gol, exatamente os dois gols.

– Griezmann foi o primeiro substituto francês a marcar gol desde a final da Euro de 2000, quando Trezeguet e Wiltord marcaram.

– Com 20 anos e 2 dias, Kingsley Coman se tornou o mais jovem francês a jogar em uma fase final de Euro ou Copa.

– Em jogos válidos pelas principais competições (incluindo Eliminatórias), os franceses têm 4 vitórias e 5 empates contra os romenos.

– Agora, são 6 vitórias do mandante, 6 do visitante e 6 empates em estreias do anfitrião em Euros.

– A Romênia tem agora, em aberturas de Euro, 2 derrotas e 3 empates.

– A Romênia só tinha tomado, nos 10 jogos das Eliminatórias, os mesmos dois gols que na partida de abertura do torneio.

– Kingsley Coman, com 19 anos e 362 dias, é agora o mais jovem jogador a disputar um dos grandes torneios (Copa/Eurocopa) com a seleção francesa. O recorde anterior era de Bruno Bellone, que atuou com 20 anos e 118 dias na Copa do Mundo de 1982.

– André-Pierre Gignac, do Tigres, foi apenas o primeiro jogador atuando na Liga MX a jogar na Euro.

– Os albaneses tinham em campo o mesmo número de jogadores atuando na Ligue 1 que os franceses: 1

Estatística maluca do Opta: É o primeiro jogo da Euro, desde França x Romênia em 2008, a não ter chutes certos a gol no primeiro tempo.

Estatística maluca do Opta 2: Foi o jogo em que mais tempo se demorou para se ter um chute correto a gol desde 1980. O recorde anterior era de Romênia x Portugal, em 2000, que só acertaram o gol depois de 71 minutos. Os 15 chutes de França longe do alvo foram também a maior marca de chutes sem acerto no gol desde 1980.

Estatística maluca do Misterchip: O gol de Griezmann foi apenas o terceiro de um jogador do Atlético de Madrid em Euros, depois de Caminero (Espanha) e Penev (Bulgária), ambos em 1996.

Romênia 1 x 1 Suíça

– Romenos e suíços tinham se enfrentado uma vez em finais de grandes torneios. Na fase de grupos da Copa de 1994, os suíços venceram por 4×1.

– Em 12 jogos realizados nessa Euro, incluindo o qualificatório, foi o primeiro empate da Suíça, que tinha 8 vitórias e 3 derrotas.

– Iordanescu dirigiu a seleção romena pela 100ª vez.

– Admir Mehmedi se tornou o primeiro suíço a marcar em Euros e Copa.

– Bogdan Stancu foi apenas o terceiro jogador a marcar dois gols de pênalti em uma Euro, igualando Arnesen (1984) e Gaizka Mendieta (2000). Aliás, a última equipe a ter dois penaltis marcados em jogos consecutivos de Euro havia sido a Inglaterra (contra a própria Romênia, em 2000, e contra a França em 2004).

– Nunca a Romênia tinha mandado a campo um time tão velho em Euros: 29 anos e 305 dias, em média.

Estatística maluca do Opta: Os 19 chutes a gol da Suíça foram seu recorde em Euros.

Estatística maluca do Sergio: Foi a partida com mais chutes a gol nas duas primeiras rodadas da competição: 33. Dez delas acertaram o gol e uma bateu na trave.

Rússia 1 x 2 Eslováquia

– Estreante, a Eslováquia venceu sua primeira partida em Euros.

– A Eslováquia foi a primeira equipe a marcar dois gols antes do intervalo nessa Euro.

– Vladimir Weiss e Marek Ramsik fizeram um gol e deram uma assistência cada. A última vez em que uma dupla tinha feito um gol e assistido o companheiro em um jogo de Euro tinha sido em 2004, no jogo Inglaterra x Croácia, com Scholes e Rooney formando tal dupla.

– Aliás, apenas o francês Payet tinha feito gol e dado assistência na primeira rodada.

– Vladimir Weiss, contratado pelo Al-Gharafa (Qatar) no início desse ano, tornou-se o primeiro jogador a atuar em um clube não-europeu a marcar em um jogo de Euro.

–  A Rússia marcou gol em todas as 12 partidas que realizou sob o comando de Leonid Slutsky, que assumiu em setembro de 2015. Porém, a equipe não vence há cinco jogos.

Inglaterra 2 x 1 Gales

– Foi o 102º confronto entre as duas seleções, o primeiro em uma grande competição.

– Gales não marcava contra a Inglaterra desde 1984 (Mark Hughes). Foram quatro partidas em branco desde então.

– Foi a primeira vez que a Inglaterra venceu uma partida de grande competição após estar perdendo no intervalo.

– Foi ainda a primeira vez que a Inglaterra marcou nos acréscimos em Euros e a primeira vitória inglesa marcando nesses minutos acrescidos em grandes competições.

– Mais uma primeira vez: nunca dois suplentes haviam marcado pela Inglaterra em uma grande competição. Jamie Vardy e Daniel Sturridge marcaram.

– Marcus Rashford se tornou o mais jovem inglês a atuar em Euros, com 18 anos e 228 dias. É o quinto no geral.

– O meia galês Joe Ledley foi titular na partida. Nada de mais, se ele não tivesse quebrado a perna, atuando contra o Stoke City, em 07 de maio, ou seja, menos de 40 dias antes. Ele já havia jogador cerca de 20 minutos contra a Eslováquia.

– Dos 28 jogadores que entraram em campo, 27 atuam na Inglaterra (sendo dois em times de Gales) e apenas Gareth Bale em outro país (Espanha).

– Além de Bale, outros três jogadores fizeram dois gols de falta em Euros: Platini (1984), Hassler (1992) e Zidane (2000 e 2004).

Estatística maluca do Opta: Sturridge foi o décimo jogador inglês a marcar em Euros e Copas do Mundo.

Estatística maluca do Misterchip: Vardy marcou o segundo gol do Leicester na história da Euro. Sean Ledger tinha marcado pela Irlanda contra a Croácia em 2012.

Estatística engraçadinha do Sergio: Todos os gols de falta da Euro até agora foram marcados por uma dessas equipes: Inglaterra 1 x Gales 2.

Ucrânia 0 x 2 Irlanda do Norte

– A Irlanda do Norte voltou a vencer em uma grande competição após 34 anos. Estreante em Euros, alcançou sua primeira vitória.

– A Ucrânia é a primeira equipe matematicamente eliminada da competição. A equipe completa agora quatro partidas seguidas sem marcar em Euros.

– O gol de Gareth McAuley foi o primeiro norte-irlandês em uma grande competição desde Colin Clarke, na Copa de 1986.

– O gol de Nial McGinn, marcado aos 95’52”, foi o mais tardio da história das Euros (excluindo prorrogações).

Estatística maluca do Opta: A Irlanda do Norte substituiu cinco jogadores entre a sua partida de estreia e essa. É a maior marca desde o duelo entre Espanha e Itália em 2008, quando 8 substituições foram feitas pelos espanhois.

Alemanha 0 x 0 Polônia

– Foi o primeiro 0 x 0 da Euro 2016.

– O último 0 x 0 alemão tinha vindo em um amistoso, exatamente contra os poloneses, em maio de 2014.

– Foi a primeira vez nos últimos 15 jogos de grandes torneios em que a Alemanha não marcou gol. A última vez tinha sido na semifinal da Copa de 2010, 0 x 1 contra a Espanha.

– A Polônia não deu chute certo a gol pela primeira vez em grandes competições.

– A Alemanha não acertou ao gol antes do intervalo. Foi a primeira vez em Euros desde 1988, contra a Itália. Na partida toda foram apenas 3 chutes no alvo, menor marca desde a final de 2008 contra a Espanha.

– Os poloneses somam 450 minutos contra Alemanha sem marcar gol, em grandes competições.

– O cartão amarelo de Sami Khedira, aos 3 minutos, foi o mais rápido da Alemanha em Euros.

Rep. Tcheca 2 x 2 Croácia

– Foi a partida com mais gols até agora.

– Darijo Srna se igualou a Dario Simic, atuando pela 16ª vez em grandes competições pela Croácia.

– A Croácia sofreu mais de um gol em um jogo de Euro pela primeira vez desde 2004 (2×4 contra a Inglaterra).

-Rakitic fez o primeiro gol de um jogador não-espanhol do Barcelona em Euros desde Henry contra a Holanda em 2008.

-Tomas Necid marcou o primeiro gol de penalti dos tchecos em Euros desde Karel Poborsky contra a França em 2000.

Estatística maluca do Opta: Skodar marcou o primeiro gol de cabeça tcheco em Euros desde Koller, contra a Turquia em 2008.

Estatística engraçadinha do Squawka: Tomas Rosicky fez mais assistências nessa Euro (1) que na Premier League desde 2013/14.

Espanha 3 x 0 Turquia

-Os espanhóis foram a primeira equipe a marcar 3 gols em uma partida dessa Euro.

-A Espanha não perde da Turquia há 52 anos, desde as Eliminatórias para a Copa de 1954, quando os turcos se classificaram no sorteio.

-Foi a pior derrota turca em grandes competições desde Dinamarca 3 x 0 Turquia na Euro de 1996.

-A Espanha estreou com 2 vitórias e sem sofrer gols pela primeira vez em grandes competições.

-A Espanha possui atualmente os seguintes recordes de invencibilidade (e contando…):

  • invencibilidade de 14 jogos na Euro (4.380 dias).
  • 903 minutos sem tomar gol em partidas não-amistosas (mais de 10 jogos, pela primeira vez na história).
  • 689 minutos sem tomar gol em Euros (mais de 7 jogos seguidos).
  • Apenas um gol sofrido nas últimas 18 horas e 18 minutos de futebol jogadas.

– Morata foi o 34º e Nolito o 35º jogador espanhol a marcar em Euros. A Espanha agora ultrapassa a Alemanha, que tem 34 goleadores.

– Morata se tornou o quinto espanhol a marcar mais de uma vez em uma partida de Euro, ao lado de Alfonso Perez, David Villa, Fernando Torres e Xabi Alonso.

– Sérgio Ramos superou Xavi e é agora o segundo jogador com mais partidas pela Roja: 134. À sua frente apenas Casillas, com 167.

-Andrés Iniesta chegou ao seu terceiro prêmio consecutivo de melhor jogador em campo em jogos de Euro.

Estatística maluca do Misterchip: Nolito foi o primeiro jogador do Celta a marcar em Euros.

Estatística maluca do Opta: Nolito Sérgio Ramos, com 00:58 mins, tomou o cartão amarelo mais rápido da Euro desde  o letão Aleksandr Ivakovs, que tomou a 40 segundos da partida contra a Alemanha em 2004. Foi também o segundo mais rápido da Espanha na competição (Abelardo tomou a 25 segundos contra a Inglaterra em 1996).

Estatística maluca do Squawka: Sérgio Ramos agora se envolveu em 10 “clean sheets”, ou seja, jogos sem seu time tomar gol, na Euro, um recorde.

Itália 1 x 0 Suécia

– Ao fim da rodada do grupo, a Itália foi a primeira equipe a assegurar o primeiro lugar de sua chave nessa Euro. É a primeira vez que os italianos vencem um grupo de grande competição desde a Copa de 2006.

-É a primeira vez também, desde a Copa de 2006, que os italianos ficam quatro partidas consecutivas sem sofrer gols, incluindo amistosos.

– Três titulares também estavam na partida entre as esquipes pela Euro de 2004: Buffon pela Itália e Isaksson e Ibrahimovic pela Suécia. Kallstrom, titular em 2016, jogou vindo do banco em 2004.

– A Suécia foi a primeira equipe a não acertar nenhum chute no gol nas duas primeiras partidas de uma Euro, desde 1980.

Estatística maluca do Opta: Houve apenas 12 chutes a gol na partida, a menor marca em uma Euro desde 1980.

Bélgica 3 x 0 Irlanda

– A Bélgica está invicta contra a Irlanda há 50 anos, desde uma derrota por 3 x 2 em Liege, em 1966. Foram 7 partidas desde então, com 3 vitórias e 4 empates.

– Na última vez em que as equipes tinham se enfrentado, em confronto válido pelos playoffs para a Copa de 1998, Marc Wilmots atuou na partida de ida e seu atual auxiliar, Vital Borkelmans, na partida de volta. Os belgas eliminaram os irlandeses por 3 x 2 no agregado.

– Foi a maior vitória da Bélgica em grandes competições, ao lado de Bélgica 3 x 0 El Salvador, pela Copa de 1970. O “recorde” na Euro era da vitória por 2×0 sobre a Iugoslávia em 1984.

– Os irlandeses completaram sete jogos sem vencer em Euro, desde o jogo contra a Inglaterra (1×0) em 1988.

– A Irlanda não acertou o gol durante a partida pela primeira vez em grandes torneios desde a partida com a Noruega na Copa de 1994.

– Romelu Lukaku foi o primeiro belga a marcar dois gols em uma partida de grande competição desde Wilmots contra o México na Copa de 1998. Ele se igualou a Jan Ceulemans como o único belga a marcar dois gols em Euros.

– Lukaku se tornou ainda o sexto belga a marcar em Copas e Euros.

– John O’Shea, Aiden McGeady e Robbie Keane completaram cinco jogos pela Irlanda em Euros, um recorde.

– Alex Witsel não marcava pela Bélgica desde setembro de 2014, contra a Austrália.

– Os belgas foram a primeira equipe dessa Euro a marcar 3 gols em um mesmo tempo de jogo.

Estatística maluca do Misterchip: Witsel fez o segundo gol de cabeça belga em uma Euro (o primeiro havia sido de Grun em 1984). Lukaku fez o segundo gol belga de fora da área (o primeiro tinha sido de Vandernbergh em 1984).

Estatística maluca do Opta: O gol de Witsel foi construido com 28 toques na bola, um recorde na Euro desde 1980.

Islândia 1 x 1 Hungria

– Foi o primeiro empate entre as duas seleções em 11 partidas, com 7 vitórias hungaras e 3 islandesas. A Hungria não perde da Islândia há 6 jogos.

– Foi a primeira derrota islandesa em suas últimas oito partidas não-amistosas.

– Rúnar Már Sigurjónsson completou 26 anos no dia da partida.

– A Hungria sofreu seu primeiro gol de penalti em Euros.

– Birkir Saevarsson marcou o oitavo gol contra da história da Euro. A última vez em que dois gols contra foram marcados na mesma edição foi em 2004.

-Com 37 anos e 276 dias, Eidur Gudjohnsen se tornou o quinto atleta mais velho a disputar uma partida de Euro.

Estatística maluca do Misterchip: Gylfi Sigurdsson foi o primeiro jogador do Swansea a balançar as redes em uma Euro.

Portugal 0 x 0 Áustria

-Portugal chegou ao terceiro empate seguido em Euros, igualando as marcas históricas de Suécia e Itália.

– A última vitória portuguesa contra a Áustria veio em 1994. A última austríaca em 1979.

– Cristiano Ronaldo foi o primeiro jogador a perder pênalti nessa Euro.

– Cristiano Ronaldo havia batido apenas um pênalti em grandes competições: converteu contra o Irã, na Copa de 2006. Ele tem agora quatro penaltis perdidos nos últimos cinco cobrados, considerando Real Madrid e Seleção Portuguesa. Foi o primeiro pênalti perdido por Portugal em grandes competições e o primeiro marcado para a seleção em Euros.

– Para quem gosta de comparar, Cristiano Ronaldo chegou aos 19 penais perdidos (11o cobrados) na carreira, igualando Messi (87 cobrados).

– Cristiano Ronaldo ultrapassou Luis Figo e se tornou o jogador com mais partidas por Portugal, 128. Tornou-se ainda o jogador com mais partidas de Euro, ao lado de Thuram e Van der Sar.

– Desde a Copa de 1982, contra a Argélia, a Áustria não ficava sem tomar gols em uma partida de grande competição. Eram 13 partidas.

 

Demais estatísticas e curiosidades da competição até agora OU Estatísticas inúteis da competição

– Portugal chutou a gol 25 vezes por jogo, enquanto a Suécia apenas 5,5. Portugal concedeu apenas 4 chutes a sua meta até agora, enquanto a Islândia concedeu 19.

– A Suécia ainda não chutou bola ao gol adversário. Os tchecos, ao contrário, só erraram um chute em 14 tentados.

– França e Espanha marcaram 4 vezes, enquanto Albânia, Ucrânia, Turquia e Áustria ainda não balançaram as redes.

– Ucrânia, Turquia e Irlanda sofreram 4 gols. Alemanha, Itália, Polônia e Espanha ainda não sofreram gols.

– Portugal  foi quem mais chutou a gol, 21 vezes, enquanto a Irlanda do Norte deu apenas 1 chute no gol da Polônia.

– Cristiano Ronaldo foi quem mais chutou a gol até agora: 23 vezes. Cinco chutes foram ao gol, uma bola pegou na trave, outras 7 foram para fora do gol e 10 foram bloqueadas pela defesa.

– O alemão Toni Kroos foi quem mais deu passes corretos até agora: 207, em 223 tentativas, uma eficiência de 92,8%.

– Dimitri Payet (Fra), Ivan Rakitic (Cro), Kyle Walker (Ing) e Vladimir Weiss (Svk) driblaram seus adversários em 11 ocasiões.

– Os goleiros Halldórsson (Isl) e Pyatov (Ucr) fizeram 12 defesas até agora.

– Alvaro Morata (Esp) e Aron Gunnarsson (Isl) são os jogadores mais faltosos, cometendo sete infrações até o momento.

– Lorik Cana (Alb) e Aleksandar Dragovis (Aut) são os únicos expulsos até agora.

-Alfred Finnbogason (Isl) e Burim Kukeli (Alb) tomaram dois cartões amarelos.

– Bogdan Stancu (Rom), Dimitri Payet (Fra), Gareth Bale (Gal), Alvaro Morata (Esp) e Romelu Lukaku (Bel) marcaram 2 gols na competição.

– Jogadores do Real Madrid (Bale 2 e Modric 1) marcaram 3 gols. Atletas de Juventus, West Ham, Everton, Gencerbiligi, Internazionale e Barcelona marcaram 2 gols.

 

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.

  • facebook
  • twitter