Pogba: Um erro de 105 milhões de euros

  • por Elcio Mendonça
  • 42 Visualizações
Foto: Divulgação/Man Utd - Pogba deixou o United aos 19 anos

Foto: Divulgação/Man Utd – Pogba deixou o United aos 19 anos

O futebol é o lugar ideal para reviravoltas. Do time azarão que conquista a taça ao herói improvável, não faltam histórias de voltas por cima. Talvez por isso se trate do esporte mais popular e apaixonante do planeta.

Pogba, sem dúvida alguma, é um personagem à altura disso. Quatro anos após sair de graça do Manchester United, volta ao Old Trafford como o jogador mais caro da história.

É impossível olhar a contratação do meio-campista francês e não se lembrar de que em julho de 2012 ele saiu pelas portas do fundo do clube inglês em direção à Juventus. Segundo ele, porque Sir. Alex Ferguson não lhe deu oportunidades. Já para Ferguson, o empresário do atleta, Mino Raiola, foi o vilão da história.

Foto: Divulgação/Juventus - O francês defendeu a Juve durante quatro temporadas

Foto: Divulgação/Juventus – O francês defendeu a Juve durante quatro temporadas

A verdade é que Pogba mal foi utilizado nos Red Devils. Contratado em 2009 junto ao Le Havre, passou dois anos entre os times sub 18 e B do United, sendo integrado ao time principal na temporada 2011/12. Alí foi utilizado em apenas sete partidas, nunca como titular, somando meros 220 minutos em campo.

É inegável que o clube inglês falhou na gestão do atleta. Primeiramente, porque o promoveu à equipe adulta em seu último ano de contrato e sem renovar o vínculo. Em segundo lugar, não lhe deu espaço para mostrar futebol, mesmo sem tantos meias no elenco e sabendo que se tratava de um promissor atleta, que já era destaque na seleção francesa sub 20. Por fim, não levou em conta que a formação de um jovem jogador pode durar até os 23 anos, justamente a idade de Pogba em seu retorno ao Manchester United.

Ao colocá-lo no time principal com 19 anos e perto do fim do contrato, Alex Ferguson não mostrou ter um planejamento a médio ou longo prazo para o meia. As poucas oportunidades trouxeram insegurança a Pogba, que viu na Juve um clube mais indicado para desenvolver seu futebol.

O maior desafio de um clube é justamente a transição entre as categorias de base e o time profissional. Um processo mais difícil, inclusive, do que a formação do atleta. Quando promovê-lo ao time profissional? Vale a pena fazer um contrato longo?

Perguntas difíceis de se responder, por isso cada vez mais equipes prolongam a formação até os 23 anos, seja através do time B ou com empréstimos monitorados de perto. Na Premier League, por exemplo, muitos times utilizam o jogo Football Manager como ferramenta para tentar prever o desenvolvimento dos jogadores. Faz sentido. O game utiliza um banco de dados real, abastecido por milhares de olheiros ao redor do mundo.

Foto: Divulgação/Man Utd - José Mourinho chega ao Old Trafford para construir seu legado

Foto: Divulgação/Man Utd – José Mourinho chega ao Old Trafford para construir seu legado

O United vive uma nova fase com a chegada de José Mourinho, três anos após a aposentadoria de Sir. Alex Ferguson. Para substituir uma lenda é preciso ter personalidade, algo que o português tem de sobra. A contratação de Pogba por 105 milhões de euros prova isso. Mais do que se tratar da maior negociação da história, sinaliza o início da dinastia do Special One. Como se ele dissesse: “O Ferguson errou lá atrás, mas agora estou corrigindo isso”.

Para Pogba, as quatro temporadas na Juventus fizeram muito bem. Ele se tornou um atleta de classe mundial, tendo ainda toda uma carreira pela frente para poder evoluir. Para os Red Devils, um investimento com chance real de retorno dentro e fora de campo. Só que poderia ter sido de graça…

Facebook Comentários

Jornalista pós graduado em Gestão Aplicada ao Esporte e um doente por futebol. Trabalha atualmente como gerente executivo de esportes na RedeTV! e já passou por Esporte Interativo, Náutico, Portuguesa e Santo André.

  • twitter