Balanço das Eliminatórias para a Copa do Mundo – Europa

Passada a quinta rodada das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo da Rússia, faremos um breve balanço da situação dos 9 grupos:

GRUPO A

A França se apresenta como franca favorita ao grupo. Com mais uma vitória, o time comandado por Didier Deschamps lidera com 3 pontos de vantagem. Destaque negativo para a fase da Holanda.

Sempre tradicional em Copas, a Laranja Mecânica amargou uma derrota para a Bulgária. O que culminou na demissão do técnico Danny Blind.

A próxima rodada pode praticamente garantir os franceses na Copa do Mundo, já que terão confronto direto contra a Suécia. Porém, os comandados de Janne Andersson estão embalados. A Suécia vem de duas goleadas seguidas (6×0 em amistoso contra a Eslováquia e 4×0 contra Belarus, pelas eliminatórias).

A Holanda pegará o saco de pancadas do grupo, a seleção de Luxemburgo. Isso alimenta as chance de voltar a brigar pela classificação.

GRUPO B

A Suíça continua firme na liderança do grupo B, conseguindo a quinta vitória em cinco jogos. Desta vez, contra a Letônia, vice lanterna do grupo. Mas quem voltou a brilhar foi Portugal.

Sobretudo com seu craque Cristiano Ronaldo. CR7 marcou duas vezes diante da Hungria e assegurou o segundo lugar. Os Húngaros vêm em seguida. Para a próxima rodada as duas seleções do topo jogarão fora de suas casas. Mas, em confrontos que devem ser tranquilos. A briga pela classificação direta deve ser levada até a última rodada, quando Portugal e Suíça se enfrentam.

GRUPO C

Outra seleção invicta nestas eliminatórias europeias é a Alemanha. Em mais um jogo tranquilo, vencendo Azerbaijão por 4×1 fora de casa, asseguraram 5 pontos de vantagem no topo da tabela. Os germânicos devem levar essa classificação com tranquilidade.

Já a briga para a vaga na repescagem será emocionante. Irlanda do Norte e República Tcheca brigam rodada a rodada. Hoje, quem ocupa a posição são os irlandeses. A próxima rodada promete ser mais difícil para os tchecos, que pegam a Noruega fora de casa. O time do Reino Unido enfrentará o Azerbaijão.

A Alemanha, por sua vez, terá a chance de fazer uma goleada histórica. Pegará a fraca San Marino em sua própria casa.

GRUPO D

O Grupo D deve ser o mais equilibrado destas eliminatórias. Sérvia e Irlanda lideram com 11 pontos cada, seguidas por País de Gales e Áustria, com 7. Na última rodada irlandeses e galeses ficaram no empate, enquanto as outras duas conquistaram os 3 pontos. Na próxima rodada, as equipes de trás podem encostar nas duas líderes. Confronto direto por aí: Gales pega a Sérvia e a Áustria enfrentará a Irlanda.

Na lanterna temos a Moldávia, com a Geórgia logo acima, mas ambas não pleiteiam nada nestas eliminatórias.

GRUPO E

classificação parece bem encaminhada pela Polônia do craque Lewandowski. Com 13 pontos, lidera o grupo E com 6 de vantagem para Montenegro. Os poloneses conseguiram esta vantagem após ganharem de 2×1 em Montenegro na última rodada.

Além de Montenegro, Dinamarca (7), Romênia (6) e Armênia (6) brigam pela vaga na repescagem. A Armênia, inclusive, é a sensação do grupo. Vem de duas vitórias seguidas e pode subir para a segunda colocação, dependendo de combinação de resultados.

GRUPO F

Inglaterra lidera com folga, sua classificação deve vir sem sustos. No entanto, a vaga para a repescagem tem boa briga. Além das duas seleções do Leste Europeu, a Escócia, com 7 pontos, também tem chances. A Lituânia, com 5, corre por fora. Somente Malta, sem nenhum ponto, não briga pela vaga.

Na próxima rodada teremos o clássico da Britânia, entre Escócia e Inglaterra. E a Eslovênia pegará Malta, tendo assim grandes chances de assumir a segunda posição.

GRUPO G

Aqui, Espanha e Itália só terão que decidir quem fica com a vaga direta e quem vai para repescagem. Uma vez que lideram, com 13 pontos, o grupo. O time espanhol conseguiu uma vitória decisiva diante de Israel na última rodada, culminando na queda da seleção do oriente-médio (vale lembrar que Israel joga as eliminatórias europeias por questões políticas). Já os italianos venceram a Albânia, quarta colocada.

A próxima rodada não deve mexer muito com as posições. A Espanha enfrentará a Macedônia e a Itália jogará contra Liechtenstein, as duas últimas colocadas. Israel, portanto, com 4 pontos atrás das seleções líderes, ainda sonha com a vaga, mas terá que passar pelos Albaneses.

GRUPO H

Bélgica vem forte no grupo H, liderando com 13 pontos. 02 à frente da Grécia, segunda colocada, e 03 para a Bósnia. O grupo tem mostrado certo equilíbrio entre estas três seleções. Ainda mais depois do empate entre as duas primeiras na rodada que passou.

Para as outras integrantes do grupo, Chipre, Estônia e Gibraltar só resta cumprir tabela. A próxima rodada promete um confronto interessante, com jogo entre Bósnia e Grécia. A Bélgica, que enfrenta a Estônia, torce por um empate das adversárias para ter mais folga na liderança.

GRUPO I

O grupo conta com a tradicional Croácia, líder com 3 pontos à frente da sensação da Euro 2016, Islândia. Em seguida, vem a Ucrânia, que perdeu para os croatas na rodada anterior e, por isso, se distanciou das posições superiores. A Turquia vem embalada depois de duas vitórias seguidas nas eliminatórias, ainda mais de ter começado muito mal esta disputa.

A próxima rodada terá o confronto entre as duas seleções do topo, com jogo na Islândia. Uma chance de ouro para a seleção da “terra gelada” provar que o sucesso de 2016 não era passageiro. Ucrânia e Turquia terão Finlândia e Kosovo como adversárias, respectivamente, e não devem passar muitas dificuldades. Afinal, as duas seleções da parte de baixo do grupo têm somente 1 pontinho cada.

DESTAQUES INDIVIDUAIS

Cristiano Ronaldo, que marcou duas vezes diante da Hungria, assumiu a liderança isolada da artilharia das eliminatórias. Mas, o craque do Real Madrid é seguido de perto por Lewandowski, que marcou um na vitória de sua seleção diante de Montenegro. Um pouco mais atrás está o belga Lukaku, responsável direto pelo sucesso de sua seleção.

Cristiano Ronaldo, Robert Lewandowski e Romelu Lukaku são os principais matadores da atual edição das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

Cristiano Ronaldo, Robert Lewandowski e Romelu Lukaku são os principais matadores da atual edição das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

Já os três melhores assistentes das eliminatórias carregam uma curiosidade: o sérvio Tadić, líder desta estatística, contribuiu com 7 passes a gol, seguido por Pjanić, da Bósnia (5) e Kojašević, de Montenegro (4) são jogadores da região correspondente a antiga Iugoslávia.

Imagina uma seleção com esses caras juntos?

 

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).