Campeonato Mexicano – Liga MX 2012 Análise Inicial

  • por Mauricio Fernando
  • 8 Anos atrás

Belos estádios, bom público, clubes bem organizados administrativamente e investimento nas categorias de base.
E não é futebol europeu.

A Liga MX, ou simplesmente Campeonato Mexicano, tem chamado atenção no cenário mundial por estes atributos. E o reflexo tem aparecido na seleção nacional, que desbancou o Brasil nas Olimpíadas de Londres, levando o ouro. Na última convocação da seleção principal, dos 18 jogadores chamados, apenas cinco não atuam na liga local, que segue cada vez mais fortalecida. No Brasil, a ESPN transmite, mas diferentemente do que muitos imaginam, não é a 1ª vez que a competição é mostrada no país. O extinto canal PSN transmitiu a liga em 2001.Conforme mostra a imagem, onde aparecem Lucas Silva (Toluca), Edno (Tigres), Rosinei (América), Juninho (Tigres) e Maranhão (Cruz Azul), os jogadores brasileiros têm vez no futebol mexicano. Além dos atletas mencionados, ainda atuam no país, Wilson Mathias (Toluca), Everton Luis (San Luis), Leandro Augusto (Tijuana) e Sinha (Toluca), sendo os dois últimos naturalizados mexicanos e já tendo atuado pela seleção mexicana. E tem até treinador brasileiro. Ricardo Ferreti, hoje comandante do Tigres, fez grande parte de sua carreira como jogador e, toda a de técnico, no país da tequila. A história mostra que a influência brasileira é de longa data. Jogadores como Cabinho, Tita, Muricy Ramalho (!), Edivaldo “Papagaio”, Kleber Pereira e Danilinho recentemente e, outros menos famosos por aqui, como Mario Souza e Claudinho se destacaram no futebol mexicano.Na atual edição da Liga MX, seis rodadas se passaram e o Toluca, uma das equipes mais tradicionais do país, com um início arrasador, lidera o campeonato com 16 pontos (5 vitórias e 1 empate). A equipe treinada por Enrique Meza apresentou até aqui um futebol pragmático, mas bastante entrosado e eficiente. Os destaques individuais ficam por conta de Lucas Silva, um dos artilheiros da competição, com 4 gols, e Sinha, ambos jogadores de meio campo.

Em seguida, aparecem praticamente juntas, duas equipes desacreditadas e um gigante de impor medo. Os desacreditados Tijuana e Monarcas Morelia, com 13 e 12 pontos respectivamente. Mesmo com elencos mais modestos, iniciaram com regularidade e devem brigar pela classificação à fase final. Já o tradicional Cruz Azul, também com 12 pontos, ainda invicto e com a melhor defesa da liga, tem tudo pra brigar pelo título. Elenco não falta, com destaques para o goleiro Corona e o atacante Barrera, ambos da seleção local, além do capitão Torrado e o rodado centroavante Omar Bravo.

Completam a zona de classificação para a fase final: León, América, Tigres e Atlante. Estão fora da fase classificação nada mais, nada menos que o Monterrey de Suazo, e Nery Cardozo, atual campeão continental que estará no Mundial no fim do ano e o Santos Laguna do herói olímpico Oribe Peralta, atual campeão mexicano. Decepcionam ainda mais, Pachuca e Chivas Guardalajara, equipes temidas, mas que estão longe da zona de classificação. O Querétaro seria a equipe rebaixada até o momento.

Um terço da 1ª fase já se completou e as perspectivas foram apontadas. Baseando-se nisso, em quem você aposta? Teremos surpresas à vista?

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.