Craque DPF 4

  • por Felippe Garcia
  • 8 Anos atrás

 

Elogios de todas as partes.

– Atuação foi ótima! Ele está podendo colocar em prática aquilo que a gente acreditou que ele iria fazer quando contratamos. Valeu cada minuto que esperamos de 2011 para cá, quando concretizamos a contratação – disse o Presidente.

– Ele é um jogador que teve um sucesso incrível, jogou nos melhores times da Europa e veio para o Brasil para mostrar que ainda tinha futeb

ol. A maioria faz o contrário, vem para cá para ficar mais descansado – disse o comentarista Dani Monti, no “Redação SporTV” desta quinta-feira.

Destaque nas mídias internacionais.http://bit.ly/TttVgHNas nacionais.

http://bit.ly/NPq2Dz

Essa foi a repercussão do primeiro jogo de Seedorf como capitão da equipe botafoguense.

No jogo dessa quarta, onde o Botafogo enfrentou em Belo Horizonte o time do Cruzeiro, Seedorf desfilou toda sua técnica em campo. Foi a melhor partida do jogador em solo brasileiro. O camisa 10 marcou 2 gols, deu uma assistência, chamou a responsabilidade para armar as jogadas, deu pique de 30km/h ( Usain Bolt tem média de 37,58 km/h ).

Seedorf deu show. Virou o jogo. Abrilhantou o confronto e encheu os botafoguenses de esperanças para enfim lutarem no G4.

Com 36 anos o jogador mostra que trabalhar com seriedade traz longevidade no futebol. Traz possibilidades de enfrentar novos desafios com idade avançada, calar os que duvidam. Um exemplo para a maioria dos jogadores brasileiros.

Seedorf veio ao Brasil para ensinar.

Seedorf contra o Cruzeiro:

Finalizações: 2
Passes certos: 76%
Faltas cometidas: 2
Faltas sofridas: 3
Roubadas de bola: 0
Impedimentos: 1
Bola levantada: 1

Dois gols após quase cinco anos

Esse é o CRAQUE da vez na Doentes por Futebol.
Concorda?

Comentários

Publicitário apaixonado por esporte. Fundador do projeto Doentes por Futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.