E Hernanes, Mano Menezes?

  • por Tiago Lima Domingos
  • 7 Anos atrás

 

Convocado poucas vezes pelo atual treinador, Hernanes volta a viver grande fase na Lazio e se assim continuar, certamente gerará apelo da mídia por uma nova convocação.

Ele foi pedido no início de 2011 para a Seleção. Convocado por Mano Menezes, não aproveitou muito bem a chance. Em amistoso de fevereiro daquele ano, o jogador foi expulso ainda no 1º tempo, e viu o Brasil perder para a França por 1-0. Começava ali o “calvário” do jogador com o atual treinador. De lá pra cá houve algumas convocações pingadas ali e acolá, mas Mano o alternou entre o banco de reservas ou jogando aberto como meia em uma das pontas, função que – é sabido por todos – ele não desempenhou em momento algum da carreira.

Mas será que já temos uma seleção definida com ótimos volantes ou com um meia protagonista, decisivo, incontestável? Não! E é aí que peca o treinador brasileiro, abdicando de um jogador de grandes atributos, e que pode desempenhar duas diferentes funções numa mesma partida.

Dotado de ótimas qualidades técnicas no controle de bola e de um ótimo e preciso chute de fora da área o jogador ambidestro vem sendo muito pouco e mal aproveitado com a Amarelinha. O treinador do Brasil já declarou que não o vê mais como um volante, e sim como um meia. Correto. Desde que chegou a Itália, joga como um autêntico meia central na linha de 3 meias no quase sempre 4-2-3-1 da Lazio. Coincidentemente, o esquema mais usado na ‘Era Mano’. E é aí que entra a necessidade da convocação do ex-jogador do São Paulo. Ele não teve chances ou sequências de partidas como tiveram Ganso e Oscar, pra ficar apenas nesses dois. E não entro no mérito da qualidade de ambos, mas Hernanes merece respeito e confiança, pois já fez mais no futebol que os dois jovens citados.

Será que perderemos uma ótima opção para nossa Seleção por uma birra infantil (típica do treinador, como no caso Marcelo, por exemplo) pra apostar em jovens jogadores que ainda têm muito a provar em suas carreiras? Será que Hernanes depois de igualar o feito de ninguém menos que Pavel Nedved a ser o meio-campista com mais gols (foram 11 na sua temporada de estreia) da história da Lazio na Série A não seria um nome a altura? Não digo aqui que ele seria a solução pra todos os problemas, mas há de se tentar. Não podemos errar por omissão, mas sim na tentativa de acertar, de mudar algo que não vem dando certo em 2 anos de trabalho.

O jogador merece mais oportunidades. E acredito que elas virão daqui pra frente. Pois o Sr. Mano Menezes sempre foi de jogar para a imprensa, e esta cairá em cima novamente. Pois Hernanes está de novo comendo a bola na Lazio. A temporada mal começou e o brasileiro já tem 4 gols em 5 partidas, é meia, é peça-chave da Lazio, é jogador de mudar partida com um chute de fora da área, opção esta que não vemos na Seleção. É jogador que durante uma partida, pode muito bem recuar e jogar de volante pra explorar sua visão de jogo e seu bom passe. É estilo de jogador que não vemos vestindo a amarela atualmente.

Fica aqui uma crítica a Mano Menezes e a exaltação a Hernanes, que não pode ser tratado como solução, mas por MERECIMENTO dentro de campo faz jus a convocação pra Seleção e oportunidades sequenciais nos 11 titulares. Menos Ganso e mais Hernanes, por favor. Mais realidade e não incerteza. O Brasil precisa. Obrigado!

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.