Francesco Totti – 36 anos

  • por Tiago Lima Domingos
  • 8 Anos atrás

Totti em ação no seu clube de sempre: a Roma

Aproveitem! Pois num futebol cada vez mais físico e chato, um dos maiores talentos italianos, está perto de aposentar. Nesta quinta-feira (27), Francesco Totti completa 36 anos e seus fãs já começam a se emocionar ao vislumbrar a chegada do fim de uma carreira que ninguém gostaria que acabasse. Um jogador tão incomum nos tempos de hoje, que fez escolhas pela paixão de garoto, pelo amor a um clube único que muitas vezes não montou times em que ele merecia, mas e daí? Optou por ser ídolo de uma torcida só, mas não imaginava que por essa atitude seria respeitado por todas elas. É o maior ídolo e a maior bandeira da história da Roma. E explico por quê.

São nada menos do que 20 anos como profissional defendendo o clube da capital. Já vivia ali desde os 13 anos, em 1989, quando chegou aonde jamais sairia. Exemplo pra todos de dedicação e amor a um clube. Exemplo de pai. Exemplo de classe, respeito. Exemplo de homem. Exemplo de jogador. Quem não o admira, me desculpe, não gosta de futebol. Como não admirar um talento natural, de jogador raro, que muda partidas como num toque de mágica. Que num toque de craque (pode ser de calcanhar, sua especialidade) é capaz de deixar a todos boquiabertos, como se não acreditássemos no que ele é capaz. Mas nos deixa, porque somos apaixonados por futebol. E consequentemente por Totti.

A carreira fala por si só. Uma das histórias mais bonitas de amor que se possa ter entre jogador e clube. É o jogador que mais vezes vestiu a camisa giallorossa na história: 644 vezes, 505 delas somente no campeonato local. Também é o maior artilheiro: foram 270 bolas nas redes, 216 delas no Calcio. O que o torna o 3º da história com mais gols na Bota junto de Giuseppe Meazza e Altafini. Mas é o único a marcar tantos gols por uma equipe apenas. O que o torna ainda mais especial.

O scudetto de 2001 é especial, marca, mas Totti não precisava. A história fala por si. E a história, infelizmente acaba. E está acabando. Totti já vive há alguns anos um declínio físico evidente na carreira. De autêntico camisa 10 passou a ser centroavante. Problema? Não. Foi Chuteira de Ouro da Europa em 2007 como tal. Um craque será sempre um craque onde for.
Volto a repetir a primeira palavra do texto: aproveite! Pois dizem que o que é bom, dura pouco, e o que é ótimo deve durar menos ainda. O fim está chegando, mas ainda há tempo de admirar verdadeiros gentlemans da bola. E Totti é um desses cada vez mais raros no mundo do futebol.

Um dos gols mais bonitos da carreira, escolhido pelo próprio:

Francesco Totti
Data de nascimento – 27 de setembro de 1976 (36 anos).
Local de nascimento – Roma, Itália.

Títulos importantes:

Pela Seleção Italiana:

Campeão do Mundo 2006

Pela Roma:

Campeonato Italiano 2000/2001
Copa Itália – 2006/2007, 2007/2008
Supercopa Italiana – 2001, 2007

Prêmios Individuais:

Incluído na lista dos 125 melhores jogadores da FIFA.
Melhor jogador italiano – 2000, 2001, 2003, 2004, 2007

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.