Contrastes marcam a tônica de Porto x Sporting

  • por Levy Guimarães
  • 8 Anos atrás

Portugal assistirá, neste domingo, a um clássico de opostos.

De um lado, um embalado Porto, que tem a chance de voltar a dividir a liderança do campeonato com o Benfica (que já jogou na rodada e venceu o Beira-Mar, por 2×1) e que vem de uma grande vitória na Liga dos Campeões, sobre o milionário PSG, por 1×0. De outro, um esfacelado Sporting, apenas o 8º colocado, vindo de uma derrota catastrófica na Liga Europa para o Videoton, da Hungria, por 3×0.

Os time da casa vai ao jogo completo. A única grande surpresa é a ausência de Miguel Lopes da lista de relacionados, visto que o lateral-direito foi o maior destaque do Porto na vitória sobre o Rio Ave, na rodada passada, e vinha sendo titular com frequência. O argentino Iturbe, promessa dos Dragões, também foi preterido pelo técnico Vítor Pereira.

Porto é franco favorito; Sporting tem chance de reabilitação

Além da campanha bem superior em relação ao rival, os portistas apostam na solidez defensiva da equipe, que foi a menos vazada até o momento – foram quatro gols sofridos em cinco jogos. Além disso, depositam confiança na joia colombiana James Rodríguez, que vem enchendo os olhos da torcida e dos rivais, nesse começo de temporada, e sendo decisivo em boa parte das vitórias do Porto. O meia-atacante de 21 anos tomou o papel de protagonista no time após a saída de Hulk e agora é a grande aposta do atual bicampeão, que tem o segundo melhor ataque da competição, com 13 gols marcados, atrás apenas do Benfica, com 16.

Já o Sporting chega desacreditado ao clássico. Tem um começo de temporada pífio, amargando a 8ª posição na tabela com apenas 6 pontos, contra 11 do Porto e 14 do Benfica. Marcou apenas cinco gols, tendo o 5º pior ataque da Liga Sagres.

Após ter feito várias contratações na última janela de transferências – trouxe desde jovens apostas, como o marroquino Labyad e o argentino Viola, a jogadores coadjuvantes em gigantes europeus, como Pranjic, ex-Bayern, e Insúa, ex-Liverpool – o time de Lisboa não conseguiu, até o momento, encaixar os jogadores recém-chegados aos que encerraram a temporada 2011/2012, os quais tiveram uma boa arrancada no campeonato e uma boa campanha na Liga Europa, tendo chegado às semifinais. As atuações apáticas nas rodadas iniciais e os maus resultados tornaram inevitável a demissão do treinador Ricardo Sá Pinto, na última quinta-feira, após a pesada derrota frente ao modesto Videoton.

Agora, o interino Oceano Cruz terá a difícil missão de cicatrizar as feridas do Leão e deixar a equipe em condições de surpreender no jogo de hoje. Para isso, terá o plantel completo à disposição.

Não faltam motivos para acreditar que o Porto sairá com uma vitória de seu estádio. Mas com a pressão da vitória do outro lado, o Sporting, entrando como franco-atirador, tem totais condições de surpreender e começar uma reação no campeonato. Se os leões ainda almejam brigar por vaga na Liga dos Campeões com o Braga, 3º colocado com 10 pontos (o título ainda é algo muito distante), é crucial que volte a Lisboa com uma vitória na bagagem. Já o Porto, que quer brigar ponto a ponto com o Benfica pelo título, não pode se dar ao luxo de perder um clássico em casa.

O duelo terá a transmissão ao vivo do SporTV e do Bandsports, às 16h45.

Comentários

Estudante de Jornalismo e redator no Placar UOL Esporte, belo-horizontino, apaixonado por esportes e Doente por Futebol. Chega ao ponto de assistir a jogos dos campeonatos mais diversos e até de partidas bem antigas, de décadas atrás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.