A melhor Champions League dos últimos anos?

  • por Felippe Garcia
  • 7 Anos atrás

Por Tiago Lima Domingos

A empolgação deste que escreve é tão grande com a competição que resolvi me antecipar e já falar, ainda na 4ª rodada da fase de grupos, qu a atual Champions League promete fortes emoções e muita imprevisibilidade nesta temporada. Já na fase de grupos grandes jogos já foram vistos e uma ótima média de 3 gols por partida fazem aumentar a expectativa do que virá no mata-mata, a partir de fevereiro.

Se antes da bola rolar, Barcelona e Real Madrid eram os grandes favoritos, quando a bola rolou, não se viu isso. O Barça lidera seu grupo, mas o futebol e o domínio não são os mesmos da Era Guardiola. A derrota pro Celtic ontem mostrou que o clube espanhol tem tido cada vez mais dificuldades em seus jogos e sua defesa parece cada vez mais vulnerável, sobretudo nas jogadas aéreas. O mesmo vale para o time de José Mourinho, que perdeu a liderança do grupo para o ótimo Borussia Dortmund. Nos dois confrontos contra o time alemão, o Madrid passou por muitos apertos e poderia muito bem ter perdido os dois confrontos (perdeu na Alemanha por 2×1 e empatou na Espanha por 2×2, com gol de Özil nos momentos finais da partida).E são o time alemão e o ótimo Shakthar Donetsk os grandes destaques dessa fase de grupos até aqui. Os dois clubes se assemelham no estilo de jogo rápido, vertical, incisivo e com toques de imprevisibilidade. Tudo isso rendeu, até aqui, a liderança de seus grupos, os quais são formados por outros grandes clubes e elencos da Europa. O Dortmund lidera a frente do Real Madrid e do poderoso e rico Manchester City. Já os ucranianos lideram seu grupo que conta com o atual campeão Chelsea e a frente da tradicional Juventus.

Claro que Barça, Madrid e Bayern ainda são os maiores favoritos, mas nem tanto como antes e aí está o encanto desta Champions: a imprevisibilidade. Não há um grande favorito destacado e ótimas equipes vêm surgindo com muita força pra desbancá-los, como já têm feito nesta fase de grupos. Além dos já citados Borussia e Shakthar, vale destacar o ótimo Porto (classificado às oitavas); o novo grande rico PSG, que conta com Carlo Ancelotti, grande vencedor da competição (duas como técnico e outra como jogador); o surpreendente Málaga já classificado a frente do combalido Milan; o sempre forte e também um dos favoritos Manchester United (também classificados as oitavas); além de outros clubes menores mas que costumam dar trabalho como Valencia, Schalke 04, e o próprio Celtic, por que não? Afinal os escoceses venceram o Barcelona em casa e no Camp Nou só foram derrotados com gol nos acréscimos.

Ainda lembramos que fortes times e alguns mais tradicionais podem se despedir ainda na 1ª fase. O Manchester City deve ser um desses eliminados, Milan, Arsenal, Juventus e o tradicional, mas enfraquecido Benfica, podem ser os clubes a deixar a competição antes do que muita gente imaginava.

A fase de grupos ainda não acabou, faltam duas rodadas para sabermos os 16 classificados às oitavas de final da competição, mas já gera muita expectativa quanto ao mata-mata, que promete ser sensacional para todos os amantes do bom futebol que a Champions League sempre proporciona.

Comentários

Publicitário apaixonado por esporte. Fundador do projeto Doentes por Futebol.