Champions League, 4º Rodada

  • por Igor Leal da Fonseca
  • 8 Anos atrás

 

Nessa semana, foram disputadas 16 partidas pela Champions, com 56 gols marcados, algumas surpresas, golaços e atuações memoráveis. Vamos aos autores dos gols de cada jogo por grupo e um breve comentário.

Grupo A

Dínamo de Kiev 0x0 Porto
PSG 4×0 Dínamo Zagreb – Alex, Matuidi, Ménez, Hoarau

O Porto garantiu matematicamente sua classificação para as oitavas, com 10 pontos. O time português ainda pode ver o Dínamo de Kiev chegar aos 10 pontos, mas o Porto leva vantagem contra os ucranianos no confronto direto, primeiro critério de desempate. Já o milionário PSG chegou aos nove pontos, precisando de apenas um empate contra o D. de Kiev na próxima rodada para garantir a vaga. O destaque individual do grupo fica com Ibrahimovic, que deu quatro assistências no jogo do PSG.

Grupo B

Schalke 04 2×2 Arsenal – Huntelaar, Fárfan x Walcott, Giroud
Olympiacos 3×1 Montpellier – Machado, Greco, Mitroglou x Belhanda

O Arsenal teve tudo para colocar a mão na vaga já nessa rodada, mas sucumbiu mais uma vez. Após abrir 2×0 contra o Schalke, cedeu o empate e viu o time alemão se mantendo na ponta do grupo. Quem gostou do empate foi o Olympiacos, que venceu o Montpellier e reduziu para dois pontos a distância para o Schalke (oito para os alemães, seis para os gregos). O que pode pesar a favor do time grego é que ainda enfrenta Schalke 04 e Arsenal, sendo o jogo contra o time inglês na última rodada, em casa. Uma eliminação prematura seria catastrófica para Arsenal e Schalke.

Grupo C

Anderlecht 1×0 Zenit – Mbokani
Milan 1×1 Málaga – Pato x Eliseu

O surpreendente Málaga de Pellegrini foi à Itália, saiu na frente do Milan, cedeu o empate, mas o resultado garantiu a classificação antecipada do time espanhol. Um novo empate contra o Zenit na rodada seguinte garante o primeiro lugar da chave ao Málaga. De bom para o time de Milão, foi a volta de Pato aos gramados, com o atacante brasileiro fazendo um gol. No outro jogo, a decepção Zenit perdeu mais uma, para o Anderlecht. O time russo – que gastou uma fortuna em contrações – tem apenas três pontos em quatro jogos e é lanterna do grupo.

Grupo D

Real Madrid 2×2 Borussia Dortmund – Pepe, Özil x Reus, Arbeloa (GC)
Manchester City 2×2 Ajax – Yaya, Aguero x Siem de Jong (2)

O milionário time de Mancini decepcionou mais uma vez na Champions. Precisando desesperadamente da vitória, apenas empatou contra o Ajax, em casa. O time holandês chegou a abrir 2×0, mas no fim cedeu o empate. No outro jogo, o Borussia Dortmund visitou o Real Madrid e vencia até os 89 minutos de jogo, quando tomou o empate após uma cobrança de falta de Özil. Os comandados de Klopp seguem firmes na ponta do grupo e na próxima rodada visitam o Ajax, precisando de um ponto para garantirem a classificação.

Grupo E

Juventus 4×0 Nordsjaelland – Marchisio, Vidal, Giovinco, Quagliarella
Chelsea 3×2 Shakhtar Donetsk – Torres, Oscar, Moses x William (2)

A Juventus enfim venceu numa competição continental, após nove empates seguidos (seis na UEL 10/11, três na atual edição da Champions). E venceu em com estilo, com uma goleada, pra mostrar que a derrota para a Internazionale e a consequente quebra da invencibilidade de 49 jogos não abalaram o time de Conte.

No outro jogo, o Shakhtar mostrou que vai brigar até a última rodada pela vaga no mata-mata, mesmo perdendo para o Chelsea com um gol nos acréscimos. A equipe ucraniana buscou o resultado duas vezes e em vários momentos da partida dominou completamente o time de Londres. Os destaques do jogo foram os brasileiros Willian, Fernandinho e Oscar, sendo esse último o autor do gol mais bonito da rodada.

Grupo F

Valencia 4×2 BATE Borisov – Jonas, Soldado, Feghouli (2) x Renan Bressan, Mazalewski
Bayern de Munique 6×1 Lille – Schweinsteiger, Pizarro (3), Robben, Kroos x Kalou

O Bayern mostrou que está ainda mais forte que na temporada passada e é sério candidato ao título. Aos 33 minutos de jogo, já vencia por 5×0, um verdadeiro baile. Destaque para absoluto para o peruano Claudio Pizarro, que fez três e chegou aos 233 defendendo apenas clubes alemães, sendo 106 gols pelo Bayern e 127 pelo Werder Bremen. Na partida disputa na Espanha, o Valência espantou a zebra BATE Borisov, mesmo após tomar um susto. O time fez 3×0, cedeu dois gols, mas logo depois fez o quarto e deu números finais ao placar. Na próxima rodada, a equipe do brasileiro Jonas recebe o Bayern, em importante confronto para definição da chave.

Grupo G

Celtic 2×1 Barcelona – Wanyamma, Watt x Messi
Benfica 2×0 Spartak Moscow – Cardozo (2)

Com grande atuação do goleiro Forster, o Celtic venceu o Barcelona no Celtic Park e quebrou uma invencibilidade de mais de dois meses dos comandados de Tito. A última derrota do Barcelona tinha sido no dia 29 de Agosto, no jogo de volta contra o Real Madrid, valendo pela Supercopa da Espanha. O Barcelona mais uma vez mostrou sérias deficiências nas bolas aéreas. De boas notícias para a equipe da Espanha, a volta de Daniel Alves aos titulares e a volta de Piqué aos gramados após longo período de ausência por lesão.

No outro jogo, o Benfica venceu os russos do Spartak por 2×0, chegou aos quatro pontos e mantém vivo o sonho de classificação.

Grupo H

Braga 1×3 Manchester United – Alan x Van Persie, Rooney, Chicharito
Cluj 1×3 Galatasaray – Sougou x Burak Yilmaz (3)

Em situação tranquila no grupo e pensando na disputa da Premier League, Fergusson deixou no banco jogadores como Ferdinand, Rafael e Van Persie. O Braga, que não tinha nada com isso, abriu o placar através do brasileiro Alan. Pouco depois dos 20 minutos do segundo tempo, Fergusson colocou Van Persie em campo e o holandês empatou, após receber passe do brasileiro Anderson e contar com uma saída bizarra do goleiro do Braga. Rooney virou o jogo cobrando penal e Chicharito deu números finais ao placar. O Manchester é a única equipe com 100% de aproveitamento na competição.

No outro jogo, o Cluj recebeu o Galatasaray e caso vencesse colocaria a mão na vaga. Mas o time turco venceu por 3×1, reagiu na briga pela segunda vaga e assumiu a segunda posição no grupo.

A Champions League agora faz uma parada de duas semanas e volta nos dias 20 e 21 de Novembro. Até lá!

Comentários

33 anos, morador do Rio de Janeiro. Rubro Negro de coração, apaixonado pelo Maracanã, tem no Barcelona o exemplo de clube para o que entende como futebol perfeito, dentro e fora do campo. Estudioso da memória do futebol, tem nessa sua área de maior atuação no site, para preservar a memória do esporte. Dedica especial atenção aos times mais alternativos, equipes que tiveram grandes feitos, mas que não são tão lembradas quanto as maiores do mundo. Curte também futebol do centro e do leste da Europa, com uma coluna semanal dedicada ao assunto. Um Doente muito antes de fazer parte desse manicômio, sua primeira memória acadêmica é uma redação sobre o Zico, na qual tirou 10 e a mesma foi para o mural da escola. Nunca trabalhou com futebol dessa forma, mas adora o que faz junto com o restante do pessoal e se pergunta o porquê de não ter começado com isso antes. Espera recuperar o ''tempo perdido''. Acha Lionel Messi o melhor que viu jogar e tem em Zico, Petkovic e Ronaldo Angelim como heróis.