Espaaaaalma, Ronaldo!

  • por Caio Araújo
  • 8 Anos atrás

Há 45 anos, nascia Ronaldo Soares Giovanelli, goleiro que fez história no Corinthians. Quando estreou no Campeonato Paulista de 1988, contra o São Paulo, Ronaldo já dava mostras que não seria apenas mais um arqueiro corintiano. Na época, terceiro goleiro, ele defendeu um pênalti de Dario Pereyra. Não poderia haver um cartão de visitas melhor para um garoto de 20 anos que procurava seu espaço em um elenco que contava com Valdir Peres e Carlos, dois goleiros de Seleção.

Desde então, foram 601 partidas com a camisa do Coringão. Durante sua trajetória, conquistou alguns títulos importantes como o Brasileiro de 1990, em que muitos o consideram o melhor do time na campanha ao lado do Neto e a Copa do Brasil de 1995.

O goleiro roqueiro se despediu do Timão no início da temporada de 1998. Luxemburgo não queria contar com o jogador, que foi buscar seu espaço no Fluminense, para a disputa do Série B. No Tricolor não conseguiu o mesmo sucesso do Corinthians, falhando bisonhamente em alguns jogos. Depois do Rio, Ronaldo ainda teve uma passagem apagada pelo Cruzeiro, antes de rodar em alguns times de menor expressão como Gama, Ponte Preta, ABC, Metropolitano e Portuguesa Santista, onde encerrou a carreira.

Apesar de ter rodado por vários clubes no final da carreira, Ronaldo sempre foi vinculado ao Timão, clube no qual ficou por 10 anos. E é considerado por muitos torcedores o maior goleiro da história do clube.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.