Vélez Sársfield assume a liderança na reta final

  • por Mauricio Fernando
  • 7 Anos atrás

Faltando cinco rodadas do fim, o Torneo Inicial argentino viu a liderança mudar de mãos. O Vélez Sarsfield, com algumas dificuldades, venceu o Godoy Cruz por 2×1, em mais uma atuação inspirada do jovem atacante Facundo Ferreyra, que marcou os dois gols do El Fortín. Com o resultado, a equipe soma agora 29 pontos na tabela.

Com uma equipe experiente e de bom toque de bola, o técnico Ricardo Gareca aposta na força de seu ataque, o melhor da competição ao lado do River Plate, com 23 gols em 14 rodadas. Os atacantes Facundo”Chucky” Ferreyra (apenas 21 anos) e Lucas Pratto somam juntos 12 gols, mais que a metade dos anotados por toda a equipe, o que comprova toda esta importância. Na penúltima rodada, por exemplo, o Vélez goleou o Arsenal (atual campeão argentino) fora de casa por 5×1, com três gols de “Chucky” e duas assistências de Pratto, que ainda deixou sua marca.

A experiência, outro ponto citado, é um fator preponderante até aqui e que pode pesar a favor do líder mais à frente. Jogadores como o capitão Cubero (33 anos), os defensores Emiliano Papa (30 anos) e Sebá Dominguéz (32 anos), o último um velho conhecido dos brasileiros e que se reencontrou em seu país, além do ótimo meia Federico Insúa (32 anos), podem dar a tranqüilidade necessária para a equipe nos momentos finais. Ricardo “Tigre” Gareca, treinador bi-campeão argentino pelo clube, também sabe como lidar com essa reta final do campeonato nacional e deverá ser muito importante.

Com um ponto a menos, o principal adversário deverá ser o Newell’s Old Boys de Geraldo “Tata” Martino, que segue invicto na competição, mas sofre muito com os empates. O último deles na última rodada, sem gols, em pleno estádio Marcelo Bielsa diante do Quilmes, equipe com poucas aspirações no campeonato. O resultado tirou o Newell’s da ponta da tabela. O pecado talvez seja uma preocupação muito maior com a defesa, a melhor do nacional, com apenas 6 gols sofridos. O ataque é um dos piores, com apenas 14 tentos anotados, sendo 9 deles de Scocco, artilheiro do campeonato. A maior regularidade é um ponto importante que deve ser levado em conta e pode favorecer os leprosos no final.

Três pontos atrás do líder e correndo um pouco por fora estão Lanús e Belgrano, equipes bem equilibradas taticamente e que estão em uma crescente considerável na tabela, surpreendendo a todos. Em especial o pequeno Belgrano, que tem na 4ª colocação do Apertura de 2011 sua melhor participação na história do nacional.

Correndo ainda mais por fora, com seis pontos a menos que o líder, aparecem Boca Juniors e Racing, clubes mais tradicionais e irregulares da competição. Ambos caíram de produção e vêm tentando se reerguer. Apesar disso, são equipes que não podem ser desprezadas.

Na luta contra o descenso, o Unión já está praticamente rebaixado, enquanto os grandes Independiente e San Lorenzo lutam desesperadamente contra a queda. Provavelmente, no mínimo um deles deve cair, infelizmente.

A décima quinta rodada acontece neste meio de semana e grandes jogos como Boca x Newell’s e Independiente x Belgrano, além de Quilmes x Vélez, prometem agitar nosso país vizinho.

Veja a tabela: http://www.ole.com.ar/estadisticas/futbol/primera-division.html

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.