Artilheiros das ligas nacionais europeias

  • por Victor Gandra Quintas
  • 7 Anos atrás

A Doentes por Futebol leva aos seus leitores um comparativo entre os principais artilheiros das maiores ligas europeias e de duas emergentes. Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, França, Portugal, Holanda, Rússia e Ucrânia. Foram analisadas as estatísticas baseadas até a data de 03 de dezembro, ao final de mais uma rodada dos campeonatos nacionais no velho continente.

A primeira coisa que chama a atenção é o nivelamento dos números em todas as ligas, chegando a uma média de 2,79 gols por partida. A única que ultrapassa a marca de três gols é a holandesa, ou Erendivisie, com média de 3,13. Por estes números, coincidentemente, praticamente todos os artilheiros mantem uma marca semelhante, no mínimo com nove gols marcados e pouco ultrapassando a marca dos 13 gols, isto em se tratando dos três primeiros artilheiros em todos os campeonatos (excetuando o 3º colocado na Ucrânia com oito gols). Na verdade, apenas três jogadores superam esta marca.

O primeiro é Wilfried Bony, atacante costa-marfinense do Vitesse, da Holanda, que marcou, em 15 jogos disputados, 15 gols, a boa marca de um por partida. Seus números são expressivos até por este ser o campeonato possuir a maior média, já exposta anteriormente, de 3,13. Além disto, é onde está o clube que mais fez gols na Europa nas competições domésticas, o PSV Eindhoven, com um total e 50 gols marcados em 15 partidas.

Foto: Reprodução – Wilfried é o matador da Erendivisie.

O segundo jogador é Henrikh Mkhitaryan, Arménio do Shakhtar Donetski da Ucrânia, com 17 gols marcados nas 17 partidas, tendo assim a mesma média do jogador anterior. Mas o que impressiona ao falar deste artilheiro é s sua posição de origem, o meio-campo. Sim, Mkhitaryan joga na posição central do trio de meias na formação 4-2-3-1 de sua equipe. A tática adotada pela equipe ucraniana favorece o jogador, que consegue chegar bem ao ataque e finalizar com qualidade, além deste ser um dos seus principais atributos. É o típico jogador oportunista, que tendo a chance, não hesitará em marcar o gol.

Foto: Agência Getty – Mhkitaryan é a referência no Shakhtar.

Mas o verdadeiro fenômeno é Lionel Messi. Impossível bater este jogador. A cada dia que passa ele ultrapassa marcas, derruba recordes como se fosse muito simples fazê-lo. Em 14 jogos disputados pelo Barcelona, o argentino marcou impressionantes 21 gols, uma média absurda de 1,5 por partida. Poderia ser citado que o Campeonato Espanhol é fácil, com equipes fracas, mas se assim fosse, Cristiano Ronaldo e Falcao Garcia, os segundo e terceiro lugares respectivamente na artilharia, também deveriam estar próximos desta conta, mas a realidade é outra, sendo que o jogador do Real Madrid marcou 13 e o do Atlético de Madrid marcou 11.

A superioridade e de Messi é tão grande que ele é responsável por marcar 43,75% dos gols de seu time na Liga BBVA, quase a metade. Portanto, imagina como será o rendimento do Barcelona caso Messi fique fora por algum tempo depois da lesão de ontem contra o Benfica, pela Liga dos Campeões da Europa. Mesmo assim, deverá conquistar a Chuteira de Ouro da UEFA novamente.

Foto: Agência AFP – Messi foi o melhor marcador da temporada passada.

Olhando para outro lado, quem é o verdadeiro dono do seu time, é o atacante Meyong Zé, do Vitória de Setúbal de Portugal. Ocupando o 1º lugar da artilharia da Liga Sagres junto com outros dois jogadores, marcou 81,92% dos gols de sua equipe, que ocupa o oitavo lugar da competição, o que faz do atacante camaronês o responsável por o Vitória estar fora da zona de rebaixamento, pelo menos por enquanto.

Foto: Agência ASF – Meyong marcou quase todos os gols de sua equipe na Liga Sagres.

No Campeonato Italiano, por sua vez, vemos um jovem destaque surgir, uma esperança para a carente seleção. O “Faraó” Stephan El Shaarawy, que atua no Milan, começou a marcar gols e não parou mais, liderando os marcadores com 12. O jovem atacante de 20 anos deve se consolidar como um grande jogador, já que demonstra uma evolução constante, aliando a velocidade com boa capacidade de finalização.

Foto: Agência AFP – o “Faraó” comanda o ataca do Milan nesta temporada.

Quem também chama a atenção na Itália é o veterano Miroslav Klose, da Lázio. Artilheiro nato, com faro de gol, já chegou às redes nove vezes nesta temporada na Seria A, próximo de alcançar a sua marca em todo o campeonato passado, onde teve 13 tentos. Klose assume a risca de que veteranos ainda conhecem o caminho das balizas, e se continuar assim, pode mesmo ser uma ameaça ao recorde de gols marcados em Copas do Mundo pertencente ao brasileiro Ronaldo, já que precisa de apenas dois para ultrapassá-lo.

Foto: Reprodução – Em 2014 Klose pode se tornar o maior artilheiro em Copas do Mundo.

Dois jogadores despontam como referência para seus clubes nesta primeira etapa dos campeonatos, apesar de estarem estreando nesta temporada em seus times. Não é surpresa que Zlatan Ibrahimovic, no Paris Saint-Germain e Robin Van Persie, no Manchester United, sejam os melhores marcadores na França e Inglaterra, respectivamente. O sueco, aliás, é responsáveis por mais de 54% dos gols marcados na Ligue 1, mostrando que sua contratação foi um excelente investimento.

Foto: Agência AFP – Ibra mal chegou e já lidera a Ligue 1.

Mas Van Persie não lidera sozinho o ranking de artilharia no país da rainha, com ele estão Luis Surez, do Liverpool e a sensação Miguel Michu. O atacante espanhol, marcou 10 gols – a mesma quantidade de seus colegas – por uma equipe pequena, o Swansea city, originário do País de Gales, que ocupa a sétima colocação da Premier League, brigando por vaga na próxima Europa League.

Foto: Agência Getty – Van Persie lidera da Premier League.

É importante destacar ainda a Alemanha, que tem em seus três artilheiros um equilíbrio de nove gols marcados por cada um, apesar do líder da Bundesliga, Bayern de Munique, ter marcado 41 gols na competição até agora. Por fim a Rússia, que atinge a marca, de 2,8 gols por partida, não possui um destaque se isolando na artilharia, sendo por tanto, o melhor exemplo do equilibro apresentado em toda a Europa.

Enfim, este foi um resumo dos artilheiros das principais ligas da Europa. Para dados completos, pode acessar o quadro destacado a seguir, ou clicar nos sites oficiais de cada campeonato.

Os artilheiros das principais ligas europeias, atualizado em 03 de dezembro de 2012.


Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).