Craque DPF 29

  • por Mauricio Fernando
  • 7 Anos atrás

286518_461104257268583_1362121779_o

O final de semana de futebol pelo mundo foi especial. Lionel Messi marcou os dois do Barcelona na vitória sobre o Bétis por 2 a 1 e chegou aos 86 gols em 2012, superando a fantástica marca de Gerd Muller (85 em 1972) em um só ano. Por tudo isso, o melhor do mundo merece mais uma vez ser um dos Craques DPF.

Falcao Garcia também resolveu entrar para a história. Marcou cinco vezes nos 6 a 0 do Atlético de Madrid e se tornou o primeiro jogador a marcar cinco tentos em uma só partida pelos colchoneros na história da Liga Espanhola. Outro que merece nossa homenagem.

Nosso terceiro escolhido é um craque que parece desafiar o tempo. O “capitano” de Roma, Francesco Totti, resolveu gastar a bola no duelo contra a Fiorentina. Foram dois gols e duas assistências em um 4 a 2 com marca total do ídolo romanista. Honraria mais que merecida.

Outro que entrou pra história, agora da Premier League (desde que assim foi batizada), foi Wayne Rooney, que marcou os dois primeiros na vitória do United no clássico de Manchester por 3 a 2 diante do City.

Outras atuações que merecem menções de destaques no cenário europeu são as de Fernando Torres, desencantando na vitória do Chelsea sobre o Sunderland, com o auxílio de mais uma boa atuação de Juan Mata; Mesut Ozil, decisivo na difícil vitória do Real Madrid sobre o Valladolid, 3×2; e Ibisevic, marcando um hat-trick na vitória do Sttutgart por 3×1 sobre o Schalke 04.

Na América do Sul, tivemos destaques na última rodada do Torneo Inicial argentino. Apesar de já decidido, a briga pela artilharia foi excepcional. Facundo Ferreyra e Ignazio Scocco marcaram dois gols cada nas vitórias do campeão Vélez e do vice Newell’s, respectivamente, e terminaram empatados na tabela de artilheiros com 13 gols cada. A atuação do artilheiro campeão rendeu ainda um 10 do periódico Olé. Tivemos ainda a final do Apertura chileno, com a consagração do Huachipato nos pênaltis, disputa em que ele não teria chegado se não fossem os dois gols do meia Daniel González no tempo normal. Detalhe interessante é que Gonzáles havia marcado apenas um gol em todo o campeonato. Brilho na hora certa.

Por fim, destacamos no Mundial de Clubes as boas atuações de De Nigris e Delgado na vitória tranquila do Monterrey sobre o Ulsan Hyundai. Os mexicanos ganharam confiança e podem dar trabalho ao Chelsea se manterem na quinta o bom futebol apresentado nesta estreia.

Lionel Messi, Falcao Garcia e Francesco Totti, craques na acepção da palavra, recebem a singela homenagem como nossos destaques do final de semana. Tem quem discorde?

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".