Náutico garante seu “cérebro”: Martinez renova por dois anos

"Cérebro" alvirrubro permanecerá até 2014.

“Cérebro” alvirrubro permanecerá até 2014.

Hoje pela manhã, a diretoria alvirrubra deu à torcida um grande presente de natal: o meia Martinez, que se firmou como uma das referências do elenco timbu, renovou contrato por mais dois anos. Depois de longas conversas, o clube resolveu chegar mais próximo da pedida do seu capitão, que a princípio estava fora da realidade do Náutico.

O meia teve uma participação importantíssima na campanha alvirrubra na Série A. Conforme levantamento do nosso colega Fernando Carreteiro, no final de setembro, o Náutico era extremamente dependente de seu capitão: com ele em campo, o time tinha um aproveitamento de 50%; sem Martinez, o rendimento caía para 19%. Um ‘upgrade’ de 162%, que traduz fielmente a diferença que faz o camisa 7 – é ele quem faz a bola rodar e, ainda por cima, aparece muito bem na frente com sua qualidade na finalização e no último passe.

A renovação é crucial para as pretensões alvirrubras em 2013. Certamente, o Náutico teria imensa dificuldade em encontrar um substituto com as características – e a disponibilidade – de Martinez, que vinha há meses afirmando sua vontade de permanecer no clube. Além disso, o jogador era cobiçado por vários rivais da Série A e até mesmo pelo Sport, que acompanhava com atenção a novela da renovação do maestro alvirrubro. Ponto para o Náutico, que afastou as especulações e garantiu a permanência de seu principal articulador. A diretoria alvirrubra sabe: um bom desempenho em 2013 passará, necessariamente, pelos pés de Martinez.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.