Sporting Cristal fatura peruano após sete anos

  • por Mauricio Fernando
  • 8 Anos atrás
Jogadores do Sporting Cristal comemoram o título.Foto: ElComercio.Pe

Jogadores do Sporting Cristal comemoram o título.
Foto: ElComercio.Pe

Um campeonato longo com um regulamento maluco. Este é o Torneo Descentralizado, o campeonato peruano de 2012, que se iniciou em fevereiro e encerrou-se no último domingo. O Sporting Cristal, um dos clubes mais tradicionais e vitoriosos do país, sagrou-se campeão nacional pela 16ª vez, quebrando, no entanto, um jejum de sete anos. Desde 2005, os Cerveceros não conquistavam a competição.

Nos dois jogos finais, o Sporting Cristal teve pela frente o Real Garcilazo, equipe que detinha a segunda melhor campanha. Com duas vitórias por placar mínimo, em Cuzco e Lima, ambas com gol de Junior Ross, o clube da capital pode levantar a taça e comemorar a merecida conquista. Afinal, a equipe teve a melhor campanha da competição, com os melhores índices (número de vitórias, ataque mais positivo, entre outros). Foi um time praticamente imbatível, especialmente atuando como mandante, pois nas 23 partidas disputadas sob seus domínios foram 17 vitórias, 6 empates e nenhuma derrota.

A equipe treinada por Roberto Mosquera apresentou um futebol bastante vertical nesta temporada, priorizando o ataque e as jogadas pelos lados do campo, aproveitando-se do bom apoio dos alas Advíncula e Yotún. O trio de ataque formado por Ross (17 gols), Irven Ávila (15 gols) e Hernán Rengifo (16) foi responsável por mais da metade dos 95 gols marcados pelo Sporting na temporada. Tratam-se dos destaques da equipe campeã. Lembrando ainda que o atacante brasileiro Leandro Franco, de 31 anos, revelado na Inter de Limeira, e que perambulou por vários clubes pequenos do Brasil, chegou ao Sporting Cristal neste ano e faz parte do elenco campeão.

Sporting Cristal e Real Garcilazo, finalistas da temporada, classificam-se direto à fase de grupos da Taça Libertadores da América 2013. O vice-campeão estreará na competição continental, assim como a Universidad César Vallejo, classificada por índice técnico, que disputará a Pré-Libertadores. O artilheiro do ano foi o atacante Andy Pando, do Garcilazo, com 27 gols.

Equipe base do campeão: Erick Delgado, Nicolas Ayr, Marcos Delgado, Walter Wílchez; Luis Advíncula, Jorge Cazulo, Carlos Lobatón, Yoshimar Yotún; Júnior Ross, Irven Ávila e Hernán Rengifo.

 

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".