Viu por aí?

  • por Tiago Lima Domingos
  • 8 Anos atrás

 

A temporada europeia vai chegando à sua metade e a janela de inverno se abrirá para jogadores recém chegados a novos clubes que pouco jogaram ou nem isso. Na Itália, montamos uma lista dos principais nomes. Veja abaixo:

1. Lúcio (Juventus) – Após rescindir com a Inter, rapidamente acertou com a Juventus. Esperava-se que o zagueiro atuasse mais vezes no clube de Turim. Após erros na pré-temporada e uma lesão, Lúcio só atuou em um jogo do campeonato e mais dois da UCL. No clássico do último domingo contra o Milan, quando Chiellini esteve fora por lesão, o treinador optou por Cáceres e não pelo brasileiro, que já declarou estar insatisfeito com os poucos minutos e deve sair do clube em janeiro. O Wolfsburg aparece como opção.

2. Bakaye Traoré (Milan) – Contratado junto ao Nancy, da França, o volante malinês chegou com cartaz de ter um estilo parecido ao de Patrick Vieira. Mal na pré-temporada, atuou apenas uma vez no campeonato, tendo jogado apenas 53 minutos. Já se fala que em janeiro poderá voltar ao seu ex-clube, o Nancy.

3. Bruno Uvini (Napoli) – Chegou à Itália no penúltimo dia de transferências. Até agora, jamais entrou em campo por qualquer competição. E olha que o Napoli joga com três defensores na Série A e com um trio diferente na Liga Europa. Um empréstimo em janeiro não está descartado. Fala-se inclusive de um interesse do Palmeiras.

4. M’Baye Niang (Milan) – Jovem francês de 17 anos. Com estilo comparado a Thierry Henry, imaginava-se que o jovem ficaria no elenco Primavera do Milan. Mas ao ser contratado, Galliani disse que o jogador figuraria no plantel principal. Fora de campo, porém, o comportamento do atleta é comparado ao de Balotelli. Já foi parado pela polícia dirigindo sem carteira e, quando parado, fingiu ser o companheiro de clube Bakaye Traoré. Atuou em duas partidas, entrando no final de ambas, totalizando sete minutos. Quem acompanha os treinos do clube diz que o jogador é talentoso. Mas o comportamento fora de campo já faz o Milan pensar em se desfazer do jogador.

5. Gabriel Silva (Udinese) – Jogador conhecido da torcida palmeirense e de quem acompanhou as categorias de base da Seleção Brasileira. Foi contratado pela Udinese no início de 2011. Foi emprestado ao Granada da Espanha e ao Novara da Itália. Nessa temporada, retornou à Udinese com a expectativa de jogar mais vezes. Jogou apenas duas vezes (as duas saindo do banco de reservas), totalizando apenas 44 minutos jogados. Um novo empréstimo em janeiro pode acontecer.

6. Omar El Kaddouri (Napoli) – Jovem marroquino talentoso. Fez boa temporada passada pelo pequeno Brescia, da Série B italiana. Disputado por Milan, Inter e Juventus, acabou contratado pelo Napoli. Mas até aqui não obteve muitas chances. Foi duas vezes titular em jogos da Europa League e nunca mais apareceu. Já se fala em um empréstimo ao Genoa em janeiro para o jogador ganhar mais experiência e minutos.

7. Gabriel (Milan) – Ninguém imaginava que ele chegaria pra jogar. Esperava-se que o jovem goleiro das seleções de base do Brasil e do Cruzeiro fosse emprestado pelo Milan a um clube menor. Não foi. Vive no banco de reservas e ainda não jogou. Deverá em janeiro ser emprestado para poder jogar e ganhar experiência. O Milan conta com Amelia e Abbiati, que são mais veteranos e não vivem grande fase. O Milan pensa em novos goleiros. Gabriel é um deles. Outros dois nomes: Rafael, do Santos; e Perin, do Genoa, atualmente jogando a Série A pelo Pescara.

8. Nicklas Bendtner (Juventus) – A Juventus lutou o mercado inteiro por um atacante de ponta. Falou-se em Suárez, Van Persie, Llorente e Drogba. Bendtner chegou no último dia de mercado frustrando os torcedores bianconeros. Poucos minutos jogados e apenas duas vezes titular na Série A, o dinamarquês, que veio de empréstimo do Arsenal, pode estar retornando à Londres em janeiro.

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.