Copa Africana das Nações 2013: Nigéria x Burkina Faso.

  • por Rogério Bibiano
  • 8 Anos atrás

A Taça Africana das Nações, conhecerá hoje hoje seu mais novo campeão.
Foto: AFP.

Após três semanas de bola rolando na África do Sul, com as dezesseis principais Seleções da África presentes, será conhecido, neste domingo, o campeão da 29ª Copa Africana das Nações, que irá representar o continente na Copa das Confederações 2013, compondo o Grupo B, junto com Espanha, Uruguai e Taiti. O jogo terá transmissão do canal por assinatura SporTV.

De uma lado, a tradição e favoritismo da Nigéria, campeã continental em 1980 e 1994 e acostumada a figurar entre os quatro primeiros colocados. Os nigerianos chegaram às terras sul-africanas sob olhar de suspeita de torcedores e da imprensa do país. Mas foram se impondo ao longo da competição. São três vitórias e dois empates, com dez gols a favor e quatro contra.

O treinador Stephen Keshi, que pode igualar o feito do egípcio Mahmoud Al Gohari, campeão como jogador e treinador, descarta a alcunha de favorito. O certo é que Emmanuel Emenike, artilheiro da CAN-2013 (juntamente com o ganês Wakaso), com quatro gols e Victor Moses, com pequenas lesões, seguem como dúvidas para a final. No caso de Moses, a situação é mais preocupante, conforme noticiado pelo departamento médico nigeriano.

Para Burkina Faso, a final é inédita e a oportunidade de seguir fazendo história em todos os sentidos. Nem o mais otimista torcedor burkinabé poderia imaginar, que a Seleção que conseguiu a vaga para a CAN-2013 no sufoco (quase foi eliminada pela República Centro Africana), iria fazer uma campanha como esta. Burkina Faso chega à final com duas vitórias e três empates. Marcou sete gols e sofreu apenas dois.

Para a decisão, o treinador belga Paul Put, não poderá contar com o ótimo e veloz Alain Traoré, que, lesionado no joelho, está fora da CAN-2013 desde as quartas-de-final. O lateral Koffi é dúvida. A boa notícia para Put é que Jonathan Pitroipa está liberado para jogar a finalíssima, em função da anulação do seu cartão vermelho. Lembrando que, nas semifinais, Pitroipa foi erradamente expulso pelo juiz tunisiano Slim Jedidi, que foi suspenso pela CAF pela má atuação neste jogo e posteriormente emitiu nota oficial à comissão de arbitragem da competição, assumindo o erro.

Nesta CAN-2013, a Nigéria tem se destacado pelo futebol ofensivo, de bom toque de bola e muita velocidade na transição defesa/ataque, com Moses e Emenike, demonstrando um ótimo entrosamento. Burkina Faso, por sua vez, conta com um sólido sistema defensivo, que, sem dúvida, tem no seu capitão Charles Kaboré o mentor. Na primeira fase da competição, as Seleções se enfrentaram. Foi no dia 21/01/2013, justamente na estreia, e o resultado foi empate em um gol, o que, claro, aumenta o suspense em torno da decisão deste domingo.

FICHA DO JOGO:

Data: 10/02/2013
Horário: 16h00 (horário de Brasília)
Local: FNB Stadium; Johannesburg-AFS
Árbitro: Djamel Haimoudi-ALG

Prováveis escalações

Nigéria: Enyeama; Ambrose, Oboabona, Omeruo e Elderson; Onazi, Mikel e Mba; Ideye, Emenike (Uzoenyi) e Moses (Musa). Técnico: Stephen Keshi.

Burkina Faso: Diakite; Koffi (Henri Koné), Bakary Koné, Paul Kolibaly e Panandétiguiri; Djakaridja Koné, Rouamba e Kaboré; Nakoulma, Bancé e Pitroipa. Técnico: Paul Put.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.