Copa do Nordeste: Vozão lidera Grupo A, e Bahia ainda luta

Torcedores do Bahia criticam desempenho do time: o Tricolor depende de resultados alheios para se classificar.

POR HUGO ALVES

Bahia 0 – 3 ABC
Júnior Xuxa (38′), Rodrigo Silva (61′) e Vanderlei Francisco (86′)

Começaremos pelo jogo entre Bahia e ABC, no estádio de Pituaçu. De acordo com as estatísticas, o jogo foi bem parelho, porém o ABC soube aproveitar as chances que teve, como prova temos o número de finalizações de ambas equipes. O Bahia arrematou 11 vezes ao gol sendo 2 certas e 9 erradas. Já o ABC arrematou 21 vezes ao gol sendo 7 certas e 14 erradas. O Bahia vem se consolidando como a surpresa negativa desta Copa do Nordeste com apenas 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, e a classificação vai ficando cada vez mais improvável: agora, o Tricolor depende de uma combinação de resultados para passar à próxima fase.

Magnata marcou dois e deixou o Vozão próximo da classificação. | Foto: Igor de Melo/O Povo.

Ceará 3 – 0 Itabaiana
Magno Alves (7′ e 35′ PEN) e Pingo (30′)

O jogo que aconteceu no estádio Presidente Vargas (PV) teve como resultado o esperado: mais uma vitória do Ceará, que se isola cada vez mais na liderança da chave. A equipe do Itabaiana pecou ao errar muitos chutes, ao contrário da equipe do Ceará, que soube aproveitar as oportunidades criadas. Outro fator que influenciou na partida foi a expulsão de dois jogadores: o zagueiro Celso e o meia André, ambos do Itabaiana, cometeram um pênalti cada. O primeiro foi convertido pelo Magnata, já o segundo foi desperdiçado pelo atacante Romário.

Após esses jogos a classificação ficou assim:
1 – Ceará: 10 pontos
2 – ABC – 7 pontos
3 – Bahia – 7 pontos
4 – Itabaiana – 4 pontos

Hoje, às 21:15h teremos a rodada final do grupo, que terá:

ABC x Ceará, no Frasqueirão;

Itabaiana x Bahia, no Presidente Médici.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.