Derrota tricolor e estreia de Dunga marcam a rodada do Campeonato Gaúcho

148342_10151494791884009_919451536_n

A rodada do meio da semana do Campeonato Gaúcho foi movimentada. O maior destaque foi a brilhante vitória do São Luíz de Ijuí sobre o time B do Grêmio, por 4 a 0, e a estreia do técnico Dunga no Inter, em um jogo que terminou sem gols, apesar da maior posse de bola colorada.

O Grêmio, que no dia anterior havia vencido a LDU em jogo válido pela Copa Libertadores da América, sofreu os quatro gols de cabeça, mesmo com a presença do zagueiro Werley, que é do time principal. O zagueiro falhou no lance que culminou no segundo gol da equipe de Ijuí.

 


Com um time desorganizado taticamente, a equipe tricolor viu seu adversário arriscar diversas vezes, principalmente com o atacante Adãozinho, que cruzou uma bola perigosa, aos 16 minutos, e cabeceou para fora aos 34. Pelo lado do Grêmio, Léo Gago e Yuri Mamute protagonizaram os lances de maior perigo, no primeiro tempo. Porém, antes do término do primeiro tempo, o zagueiro Marcel marcou o primeiro gol da equipe na competição, em cruzamento do Adãozinho.


O segundo gol foi resultado de outro cruzamento, desta vez de Marcos Paraná. Após falha da defesa gremista, o atacante Juba marcou de cabeça. A dupla viria a infernizar o Grêmio mais uma vez, com o terceiro gol, de novo de Juba. Aos 26 minutos da etapa complementar, Eraldo marcou o quarto e último gol da partida. Contudo, antes do término da partida, o jogador Paulinho, da equipe gremista, foi expulso por falta por trás, quando a torcida já cantava “olé” com os passes do time da casa.

Já na estréia do técnico Dunga à frente do time do Inter, um empate sem gols. Enfrentando o Novo Hamburgo, em jogo disputado no estádio Vieirão, em Gravataí, o Inter teve mais posse de bola, com Dátolo e D’Alessandro armando as jogadas. Com um meio de campo formado por Willians, Fred, Dátolo e D’Alessandro, o Internacional dominou o meio de campo, sem sofrer pressões da equipe da região metropolitana de Porto Alegre. Mas, enquanto o meio de campo se destacava pelo controle de bola, o mesmo não podia ser dito pelo ataque. Forlán e Damião desperdiçaram diversas oportunidades. O goleiro da equipe do Novo Hamburgo foi bastante exigido, mas obteve êxito, garantindo o empate. O jogo marcou as estreias de Gabriel, lateral direito que estava no Grêmio, e Willians, vindo da Udinese (Itália).


A zaga do Inter foi formada por Rodrigo Moledo e Ronaldo Alves. Apesar de ser um jogo tranquilo, o zagueiro Ronaldo Alves deu indícios de que dificilmente disputará posição na zaga, que conta ainda com Juan e Índio, ambos se recuperando de lesões.

Forlán teve atuação apagada no jogoFonte:  Alexandre Lops/Divulgação Inter

Forlán teve atuação apagada no jogo
Fonte: Alexandre Lops/Divulgação Inter


Nos outros jogos, vitória do Caxias sobre o Santa Cruz (2 a 0, fora de casa), tornando o time da serra o primeiro colocado do grupo A. Veranópolis e Lajeadense ficaram no empate em 1 a 1, enquanto que o Esportivo não conseguiu usar o “fator casa” para sair com a vitória, contra o Cerâmica, terminando o jogo sem gols.

Já o Juventude, que já foi campeão da Copa do Brasil, mas hoje amarga uma série D, venceu o Pelotas por 1 a 0. O time da região sul, o Pelotas, ainda não pontuou na competição, enquanto que o time alviverde é o segundo colocado do grupo B. O líder do grupo é o São José de Porto Alegre, que venceu o Cruzeiro, mantendo os 100% de aproveitamento. Finalmente, o Passo Fundo ganhou do Canoas, fora de casa, pelo placar de 1 a 0.

Na próxima rodada, a atenção estará voltada a Erechim, onde ocorre o primeiro clássico Grenal do ano. O tricolor porto-alegrense entrará em campo com o time reserva, enquanto o Inter irá com os titulares.

Comentários

Gaúcho, colorado e estudante de Engenharia de Computação. Doente por futebol desde que se entende por gente. Joga futsal nas horas vagas. A cada dois jogos, uma lesão.