Pré jogo – Clássico mineiro: Cruzeiro e Atlético

  • por Victor Gandra Quintas
  • 8 Anos atrás

Pré jogo – Clássico mineiro: Cruzeiro e Atlético


Depois de muita discussão e dúvidas sobre o clássico, Cruzeiro e Atlético reviverão hoje, um dos maiores embates do futebol nacional. E da forma que deve ser, com as duas torcidas no estádio.

O Cruzeiro, comandado pelo treinador Marcelo Oliveira, vem de dois anos complicados, e espera, já no início do Campeonato Mineiro, ganhar confiança junto à torcida. Para isso, mais que uma vitória contra o maior rival, a exibição será o fiel da balança. Após uma reformulação histórica, como há tempos não se via, o time celeste conta com boas contratações, destaques de clubes médios do Brasil ou de centros menos badalados. Destaque para o meia Everton Ribeiro (ex-Coritiba) e o zagueiro Paulão (ex-Guangzhou Evergrande da China). As duas principais contratações, Diego Souza e Dagoberto, não poderão atuar, já que o primeiro não teve a documentação liberada pelo antigo clube, e o segundo ainda não está em condições físicas adequadas. No entanto, Fábio ainda é o principal nome do time.

Foto: Reprodução – Fábio é o líder do Cruzeiro.

Do outro lado, apesar do mando de campo do time azul, o Atlético é o favorito. O Galo vem embalado não só pelo vice-campeonato brasileiro de 2012, mas também com o anúncio do retorno de Diego Tardelli ao time, um dos ídolos recentes da equipe alvinegra. Mantendo a base, o treinador Cuca poderá contar com a formação habitual, comandada pelo craque Ronaldinho Gaúcho e a revelação Bernard.

Foto: Reprodução – Ronaldinho é a marca da nova era do Atlético.

O Gigante da Pampulha volta a rugir, cruzeirenses e atleticanos novamente juntos. Dizem que clássico é clássico, que o resultado é imprevisível. E a esperança de um grande jogo para a tarde de hoje desperta a atenção de todos os Doentes por Futebol de Minas Gerais. 

Ficha:
Campeonato Mineiro 2013

  • 03 de janeiro de 2013, às 17 horas (horário de Brasília)


Escalações:

Cruzeiro – Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton, Everton, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro; Anselmo Ramon. Marcelo Oliveira (treinador)
Reservas: Rafael, Nirley, Mayke, Uelliton, Alisson, Tinga, Dagoberto e Vinícius Araújo.

Atlético – Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rever e Junior César; Pierre, Leandro Donizete, Araújo, Ronaldinho e Bernard; Jô. Cuca (treinador)
Reservas: Giovanni, Richarlyson, Carlos César, Gilberto Silva, Rosinei, Serginho, Nikão, Alecsandro e Neto Berola.

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).