Pré-Jogo: Galatasaray x Schalke 04

  • por Rafael Della Torre
  • 8 Anos atrás

Galatasaray e Schalke 04 se enfrentam nesta quarta-feira, às 16:45, em confronto válido pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. O duelo tem transmissão ao vivo pelo Sport+, canal 28 da SKY.


O jogo marca o encontro de times em momentos opostos, já que os turcos vivem a euforia de grandes contratações e a liderança isolada de seu campeonato nacional, enquanto os alemães vivem péssima fase na Bundesliga, ocupando apenas a nona posição.


Galatasaray


A classificação do time turco veio apenas na última rodada da primeira fase, após triunfo fora de casa diante do Braga de Portugal, terminando na segunda colocação do grupo. Antes disso, a equipe de Istambul começou a competição europeia, que não disputava desde 2008, de maneira irregular, vindo a se recuperar apenas nos últimos três jogos, vencendo inclusive o gigante Manchester United na penúltima rodada por 1×0.


O destaque absoluto da equipe ficou por conta do atacante Burak Yilmaz, artilheiro ao lado do português Cristiano Ronaldo da primeira fase com seis gols, todos marcados nas últimas três rodadas, demonstrando enorme poder de decisão, com destaque para gols de cabeça.

 

Foto: samanyoluhaber.com – Yilmaz comemora um de seus gols 

 

Com a classificação garantida, o Galatasaray aproveitou a janela de transferências para investir pesado no então distante título europeu. O investimento recaiu sobre dois recentes protagonistas da competição: Wesley Sneijder, holandês maestro da Internazionale campeã em 09/10, e o decisivo marfinense Didier Drogba, campeão pelo Chelsea na última edição.

Foto: Dailymail – Drogba comemora gol em sua estréia pela equipe


Para a partida desta quarta, o time turco deve contar pela primeira vez com as estrelas juntas na equipe titular, além do apoio da fantástica torcida que faz da Türk Telekom Arena um verdadeiro caldeirão. O Galatasaray ainda conta com outros jogadores conhecidos, como o goleiro uruguaio Muslera, o lateral marfinense ex-Arsenal Eboué e Riera, que atua improvisado na lateral esquerda, ex- Liverpool.

Foto: t.co – Turk Telekom Arena em jogo contra o Manchester United


O meio-campo é formado pelo volante brasileiro Felipe Melo, vilão da última Copa do Mundo, mas que, na Turquia, tem seu valor reconhecido, jogando ao lado dos turcos Inan e Hamit Altintop que formam uma trinca no meio-campo, que será completado pelo holandês Sneijder, mais avançado.


Por fim, o ataque é a grande sensação e esperança turca. Deverá ser formado pela dupla de goleadores Yilmaz e Drogba, que ainda não têm o necessário entrosamento, mas possuem grande potencial. Ainda no setor, são opções o sueco Elmander, companheiro de Ibrahimovic no ataque da seleção, e o turco Bulut, artilheiro do campeonato nacional.

Time-base: Muslera, Eboué, Kaya, Nounkeu, Riera; Felipe Melo, Inan, Altintop, Sneijder; YIlmaz e Drogba. Técnico: Fatih Terim.


Schalke 04


A equipe alemã de Gelsenkirchen conquistou a vaga nas oitavas-de-final de maneira invicta, superando o favorito Arsenal na liderança do grupo. Com um desempenho excelente fora de casa ao vencer o Olympiakos por 1×0 e o próprio Arsenal por 2×0 no primeiro turno da fase de grupos, o Schalke obteve tranquilidade para o restante da competição.

A equipe contou com o tropeço do Arsenal diante do Olympiakos na última rodada para garantir o primeiro lugar do grupo. Destacaram-se os gols do goleador holandês Huntelaar e assistências do promissor alemão Holtby e do peruano Farfán.

Foto: EFE – Huntelaar comemora gol contra o Arsenal


A partir do final da primeira fase da Liga dos Campeões, o momento do Schalke mudou completamente. Após inúmeros vacilos na Bundesliga, a equipe demitiu o técnico Huub Stevens, que deu lugar ao jovem Jens Keller, mas os resultados não mudaram. Hoje a equipe é apenas a nona colocada do campeonato alemão. Além do técnico, o time perdeu o jovem Holtby para o Tottenham da Inglaterra. Para seu lugar foi contratado o brasileiro Michel Bastos, ex- Lyon, que vem sendo um dos poucos destaques da equipe.

Foto: Getty Images – Michel Bastos marcou duas vezes na última partida da equipe


Um dos motivos que explicam o péssimo momento da equipe são as contusões. Para a partida desta quarta, o time alemão conta com vários desfalques: o goleiro Unnerstall, os defensores Uchida e Papadopoulos, o meia Afellay e o atacante Marica. Por outro lado, Huntelaar retorna aos gramados, após problemas nos olhos.


As esperanças de levar para a volta um bom resultado da Turquia recairão no bom defensor Höwedes, no lateral-esquerdo austríaco Fuchs, bom na defesa e ótimo nos cruzamentos e chutes de longas distâncias, e nos velozes pontas Farfán e Michel Bastos, que provavelmente terão o alemão Draxler fechando a linha de três no ataque, para municiarem Huntelaar, autor de quatro gols nesta edição.


Time Base: Hildebrand; Höwedes, Metzelder, Matip, Fuchs; Jones, Neustädter; Farfán, Draxler(Höger), Michel Bastos e Huntelaar. Técnico: Jens Keller.

Comentários

Paulista, estudante de Direito, palmeirense e apreciador futebol internacional.