A vingança do Rambo turco

  • por Felippe Garcia
  • 8 Anos atrás

Toda torcida tem aquele cara mais fanático, que se torna ícone e é lembrado por todos. Okan Guler é um deles. Um maluco que há alguns anos fez algo muito louco como prova de amor pelo seu time. Hoje, por esse feito, recebe entradas livres para os jogos e é adorado por todos os fãs do Fenerbahce.

O PRIMEIRO PERSONAGEM

Em 1996, Graeme Souness decidiu aceitar um emprego desafiador na Turquia: ser treinador do Galatasaray. Sua estreia não poderia ter sido melhor. Bateu o rival Fenerbahce, em seu primeiro derby, no Şükrü Saracoğlu Stadium, casa do Fener.

Souness fez algo estúpido. Sem perceber o quanto os fãs destes dois clubes se odeiam, simplesmente cravou uma bandeira enorme do Galatasaray no meio do campo do Fenerbahce para celebrar o feito de sua equipe.

Os torcedores do Fenerbahce, não achando nada engraçado, enxergaram a atitude como uma declaração de guerra. Souness teve que ser escoltado pelos policiais para sair do estádio. Não só isso. O treinador teve que sair do país, tamanha era a revolta dos fanáticos torcedores do Fener. Ficava então marcado pelas duas torcidas o acontecimento.

A VINGANÇA DO RAMBO OKAN

Dois anos se passaram. Como conhecemos bem a rivalidade das torcidas de futebol, nada é esquecido.

Era a hora do ilustre torcedor do Fenerbahce, apelidado de Rambo Okan, se vingar. Ligeiro e orgulhoso daquilo que haveria de aprontar, Rambo esperou o primeiro jogo da temporada do Galatasaray para marcar sua história. Se escondeu entre as placas de publicidade do Ali Sami Yen Stadium, casa do Galatasaray até o ano de 2011, e por ali ficou até tudo ser organizado para o começo da partida.

No pontapé de saída, Rambo correu para o meio de campo e cravou a bandeira do Fenerbahce. Estava feita sua vingança. E para piorar sua maluquice, Rambo estava com o agasalho completo de seu time e portava uma faca, ameaçando qualquer sujeito que chegasse perto. Mais de 30 mil espectadores acompanharam a sandice do torcedor que virou mito.

Você pode ver abaixo os instantes finais do acontecimento:

Um gerente do Galatasaray se pronunciou para a imprensa e disse o seguinte:

“Temos informações da polícia de que Okan Guler, apelidado de Rambo Okan, entrou no estádio uma noite antes do jogo. Ele dormiu no estádio, no interior das placas de publicidade. Cortou a placa do anúncio com a faca pouco antes do jogo começar e saiu. Esse cara, pra mim, é um herói absoluto. Ficou traçando por dois anos a vingança perfeita e permaneceu por 12 horas como um sepultado em uma placa de anúncio para executar a melhor parte. Você pode imaginar o nível de compromisso disso?”

 20080222_0021

 

 

Você seria capaz de cometer tal vingança?

Podemos ver aqui o ilustre torcedor. Não faço a mínima ideia do que ele está falando, mas tenho certeza que ele sangra amarelo e azul.

Você pode assistir o documentário The Real Football Factories, que cita o acontecimento, clicando aqui.

Mais imagens desta figura

derbi-oncesi-rambo-alarmi-912233 rambo-okanin-tugba-ozayi-opmesi_252637-12300_640x360 62675F61695F6361616A5163646B64646B65626565727D7F 1171246_209882576036665_415421074_n

Comentários

Publicitário apaixonado por esporte. Fundador do projeto Doentes por Futebol.