Botafogo e a necessidade de um homem gol

  • por joao_vitor
  • 8 Anos atrás
Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

No último domingo, o Botafogo sagrou-se campeão da Taça Guanabara, turno do Campeonato Carioca. O clube de General Severiano garantiu a sétima final de Estadual nos últimos oito anos. Apesar da conquista, fruto de um excelente desempenho coletivo do time nos jogos decisivos contra Flamengo e Vasco, nem tudo são flores. A fraca atuação de Rafael Marques nesse período deixou claro que o Botafogo precisa urgentemente de um goleador.

Rafael Marques já vem sendo criticado desde o ano passado. O atacante ainda não balançou as redes com a camisa do Botafogo. Já são 20 jogos em branco. Mesmo muito contestado, Rafael Marques foi efetivado como titular na vaga da maior decepção alvinegra até aqui na temporada – o atacante Bruno Mendes. Com seus dois centroavantes vivendo um péssimo momento, o técnico Oswaldo de Oliveira optou pela experiência e “valor tático” de Rafael Marques. Enquanto o time vai bem, a torcida engole o fajuto argumento de “jogador tático”. Quando as derrotas surgirem, o treinador e o atacante serão os principais alvos da exigente torcida botafoguense.

Rafael Marques ainda não balançou as redes com a camisa do Botafogo - Foto: Arena

Rafael Marques ainda não balançou as redes com a camisa do Botafogo – Foto: Arena

Jefferson, goleiro de seleção, tem garantido debaixo das traves. Os laterais Julio Cesar e Lucas foram os heróis da semifinal e final, respectivamente. O jovem Dória e o experiente Bolívar tiveram atuações intocáveis na reta final da Taça Guanabara. No meio, regido pelo craque Seedorf, o Botafogo também vai muito bem, principalmente após a volta do volante Marcelo Mattos, que garante a consistência defensiva do setor. O ataque é, sem dúvidas, o calcanhar de Aquiles do time. No Estadual e nas primeiras fases da Copa do Brasil, dá para enganar. Já no segundo semestre, com o Brasileirão e a reta final da Copa do Brasil, o time certamente sentirá a falta de um centroavante confiável

Marcelo Moreno chegou a ser especulado. Apesar de uma carreira de altos e baixos, o atacante gremista é uma opção boa e viável. Pensando um pouco maior, Ricardo Oliveira recentemente alegou que pretende rescindir com o Al-Jazira. Em sua última passagem no futebol brasileiro, jogando pelo São Paulo, o atacante fez 7 gols em 15 jogos, tendo participado apenas do Brasileirão. Com certeza trata-se de um excelente nome. Enfim, opções não faltam. O goleador dos sonhos não cairá do céu. O investimento tem que ser feito, pois é pontual e certamente renderá frutos à boa equipe montada por Oswaldo de Oliveira.

Vale lembrar que o Botafogo fez boas campanhas nos últimos três Brasileiros, sempre passando perto de uma vaga na Libertadores. O “algo mais” que faltou nas últimas temporadas pode estar previamente evidenciado neste ano. Cabe à diretoria ousar e fazer um esforço para a vinda desse centroavante. O meia Seedorf foi um exemplo de ousadia que deu certo. Repetindo o esforço que foi feito para a contratação do holandês, o Botafogo terá melhores condições a fim de alcançar um novo patamar.

Comentários