Campeonato Mineiro 2013 – 5ª rodada

  • por Leonardo Martins
  • 8 Anos atrás

Zagueiro Paulao, um dos destaques do jogo de hoje em Araxá (Fonte:Globoesporte.com)

Foi disputada neste fim de semana a quinta rodada do Campeonato Mineiro, sem muitas mudanças. O jogo entre América de Teófilo Otoni e Atlético foi adiado para o próximo dia 20 devido à participação atleticana na Libertadores. Mas os outros cinco jogos mostraram boas emoções.

Araxá 2×3 Cruzeiro

O Cruzeiro, líder do Campeonato, foi até Araxá enfrentar a irregular equipe da casa e passou sufoco, mas ganhou por 3 a 2 e continua na ponta da competição. O primeiro tempo foi morno, com a equipe do interior dominando as ações da partida e o time da capital sofrendo com o campo irregular do estádio Fausto Alvim. O Araxá saiu na frente em um vacilo de Fábio: o capitão azul se atrapalhou e entregou nos pés do veterano Fabrício Carvalho. Nirley mandou para escanteio o chute do atacante. Na cobrança, o zagueiro Rodrigão Paulista subiu mais que a zaga do Cruzeiro e fez o gol, inaugurando o placar aos 45 da primeira etapa.

Veio o segundo tempo e o técnico Marcelo Oliveira fez duas alterações: tirou Vinicius Araújo e Dagoberto para as entradas do jovem Élber e Borges. O garoto, em seu primeiro lance, provocou o lance que mudaria o destino da partida, forçando a expulsão de Carlão. Com um a mais, o Cruzeiro partiu para a virada. Primeiro, aos 18, Paulão fez o gol de empate ao aproveitar escanteio. Dois minutos depois, foi a vez de Borges virar o jogo após boa jogada de Diego Souza. O jogo estava animado e o Ganso, apelido do Araxá, voltou a deixar a partida empatada. Fabrício Carvalho foi derrubado por Nirley e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, o próprio atacante bateu com categoria e empatou, aos 23. Cinco minutos depois, a dupla Diego Souza e Borges voltou a aparecer. O meia exigiu uma defesa parcial de Marcelo Cruz e, no rebote, o camisa 9 azul fez o terceiro. Depois do gol, o Cruzeiro teve chances de marcar o quarto, mas a vitória o colocou mais uma rodada na liderança. Já o Araxá está perto da zona de rebaixamento.

América 1×1 Nacional

O Coelho voltou a tropeçar diante de sua torcida ao empatar em um gol com o Nacional no Independência. O primeiro tempo foi morno e com poucas chances das duas equipes. O time da capital jogou mal e saiu para o intervalo muito vaiado pela torcida.

A partida melhorou um pouco no segundo tempo, com o América nervoso pela pressão da torcida e o time do interior apostando nas jogadas de Vanderlei, ex-Atlético-MG, que ainda marcaria um gol. Aos 32, o gol do alívio americano apareceu. O jovem Kaká roubou a bola da zaga interiorana e chutou com enorme categoria. Porém, aos 39, o veterano atacante do Nacional empatou de cabeça, decretando a igualdade no placar e a demissão de Vinicius Eutrópio do comando técnico do Coelho.

Tupi 2×1 Guarani

O Tupi continua sendo uma das três equipes invictas no Campeonato e o Galo Carijó segue sem perder graças à vitória sobre o desesperado Guarani por 2 a 1, em Juiz de Fora. O time da casa começou em cima do Bugre e aos 22 minutos da primeira etapa marcou o primeiro. Wesley aproveitou cruzamento e, de cabeça, fez. Depois do gol, o time de Divinópolis tentou uma reação, mas pouco produziu em campo.

O Tupi, no segundo tempo, voltou disposto a aproveitar os contra-ataques deixados pelo lanterna do Campeonato. Em um deles, aos 23, o time da Zona da Mata fez o segundo. Rafael Pulga cometeu pênalti em Rafael, do Tupi. Na cobrança, o próprio fez. O Guarani ainda deixou o de honra com Tiago Papel, de cabeça.

Tombense 2×1 Boa Esporte

A surpresa do Campeonato vem de Tombos: o Tombense, que assumiu o terceiro lugar com a vitória sobre o Boa Esporte por 2 a 1 na cidade da Zona da Mata. O time da casa começou com tudo. Com apenas um minuto e meio, abriu o placar. Adeílson achou Júnior Negão na área e o atacante marcou na saída do goleiro Douglas. O Boa logo empatou, aos 16. Fernando Karanga aproveitou lançamento e fez o gol. Com a partida empatada, o Tombense conseguiu o tento da virada. Aos 42, Adeílson, ex-Fluminense, fez boa jogada e acertou o gol de Douglas.

No segundo tempo, as duas equipes mantiveram o bom futebol apresentado no primeiro tempo, mas só a equipe de Tombos teve chances de ampliar o marcador. Como aos 20, quando Éder Luis exigiu boa intervenção de Douglas. O Boa tentou de novo o empate, mas o Tombense confirmou a boa fase e a presença no G-4 com a vitória.

Villa Nova 1×1 Caldense

O outro time no G-4 é o Villa Nova, mas o Leão do Bonfim desperdiçou uma boa chance de subir na tabela ao empatar com a Caldense em casa. O Villa começou o jogo bem, com o ex-atleticano Tchô comandando as ações no meio do Leão. A jogada do gol do time de Nova Lima começou por ele, passou por Rodrigo Dias e terminou na conclusão de Jéfferson Feijão, aos 23. Depois do gol, a Caldense pouco fez. Com a vitória parcial em Nova Lima e a derrota momentânea do Cruzeiro em Araxá, o Villa assumia a liderança do Campeonato no intervalo.

Mas veio a segunda etapa e o Cruzeiro retomou a liderança com a virada. A partida do Villa seguia sem emoções. A Veterana pouco produzia para empatar o jogo. Até que aos 19 minutos, Marco Thiago ganhou da zaga vilanovense e empatou o jogo, dando números finais. O Leão caiu para o quarto lugar.

Classificação

1º – Cruzeiro – 13pts
2º – Atlético – 9pts (3 vitórias e 5 gols de saldo)*
3º – Tombense – 9pts (3 vitórias e 0 gols de saldo)
4º – Villa Nova – 9pts (2 vitórias e 3 gols de saldo)
5º – Tupi – 9pts (2 vitórias e 2 gols de saldo)
6º – Caldense – 6pts (1 gol de saldo)
7º – América-MG – 6pts (0 gol de saldo)
8º – Nacional – 5pts
9º – Boa Esporte – 4pts
10º – Araxá – 3pts (4 gols marcados)
11º – América-TO – 3pts (2 gols marcados)*
12º – Guarani – 2pts

* Jogo a menos

Comentários

Pós Graduado em Jornalismo Esportivo Pela UNA em Belo Horizonte . 25 anos. Doente por Futebol.