Golden Boy anuncia aposentadoria

Foto: |Agência|

Foto: |Agência|

 

O ex-atacante da seleção inglesa, Michael Owen, anunciou hoje (19) pela manhã que estará pendurando as chuteiras no final da temporada.

Owen atualmente tem contrato por uma temporada com o Stoke City. No entanto, mais uma vez, as lesões o atrapalharam. Só fez 1 gol pelos Potters. Apesar de não ser muito velho (Owen tem “apenas” 33 anos), o experiente atacante já tem uma longa carreira. Tudo começou em 1997, pelo Liverpool. Nos Reds, fez parte do time que venceu o “Treble” de Copas. Venceu a Copa da Inglaterra, a Copa da Liga Inglesa e a Copa da Uefa, em 2001. Na Copa da Inglaterra, decidiu a final com dois gols ante o Arsenal.

No mesmo ano, o Golden Boy marcou um hat-trick contra a seleção alemã, em Munique, na goleada imposta pela Inglaterra nos donos da casa por 5×1. E somando essa atuação com jogadas brilhantes durante a temporada, como o golaço marcado contra o Benfica, Owen recebeu a Bola de Ouro de 2001

Em agosto de 2004, Owen se transferiu para o poderoso Real Madrid, de Ronaldo, Zidane e Beckham, por £8M. No entanto, o atacante não fez muito sucesso. Marcou apenas 13 gols em 36 jogos pelo Campeonato Espanhol. Seu tento de maior destaque foi o que decidiu o clássico contra o Barcelona

Foi vendido em 2005 ao Newcastle, por £16,8M. Apesar de ter feito gols importantes, como 2 no clássico contra o Sunderland, as lesões atravessaram a carreira do ex-jogador de Real e Liverpool. No dia 30 de junho de 2009, após ter seu contrato expirado, Owen deixou o Newcastle.

Em julho do mesmo ano, o técnico Sir Alex Ferguson surpreendeu a todos ao assinar com o ex-atacante do rival Liverpool. Owen nunca conseguiu se estabelecer como titular do United, mas conseguiu conquistar sua primeira Premier League, em 2011. Pelos Red Devils, ganhou destaque por decidir um clássico contra o City, que terminou com o placar de 4×3 para o United. Além disso, ganhou muito destaque pelo seu hat-trick contra o Wolfsburg, em uma vitória por 3×1 do United, na Alemanha. Foi o primeiro jogo, desde 2005, que o goleador inglês marcou três vezes.

Representou o English Team em 89 ocasiões e marcou 40 gols. É o 4º maior artilheiro da seleção, atrás de Jimmy Greaves (44), Gary Lineker (48) e Sir Bobby Charlton (49). O Golden Boy foi o único jogador inglês a marcar em 4 competições internacionais diferentes (Euros 2000 e 2004 e Copas do Mundo de 1998 e 2002). Seu gol de maior destaque foi contra a Argentina, na Copa do Mundo de 1998.

Comentários

Estudante de Redes de Computadores. Fanático por futebol, seja brasileiro ou europeu. Sua preferência, na Europa, é a Premier League.