O canto da torcida

  • por Anderson Silva
  • 8 Anos atrás

Ir ao estádio para vários torcedores é muito mais do que ver apenas uma partida de futebol. É o dia mais esperado da semana, a hora mágica de ver seus ídolos em campo, o instante único pra viver toda aquela emoção e o momento ideal para incentivar o seu time.

Uma das maneiras mais simples e contagiantes de motivar a equipe é soltando a voz nas arquibancadas. Algumas torcidas dão um show na hora de cantar, transformando as arenas em verdadeiros caldeirões e deixando o jogo muito mais bonito.

Esse espetáculo à parte, que impressiona pela vibração e força da massa apaixonada cantando, pode ser apreciado no mundo todo em diversas competições. E não há exceção: todo time tem as suas canções que homenageiam um ídolo, uma vitória inesquecível ou um título conquistado.


Há alguns anos, uma empresa de materiais esportivos fez uma campanha irreverente e criativa na Europa. O conceito da campanha era mostrar fanáticos por futebol dizendo “Eu te amo” de um jeito diferente. Canções românticas de grupos, como Savage Garden, sendo energicamente cantadas por rústicos torcedores. O curioso case deu tão certo que foi criado um concurso musical europeu no qual os participantes mostravam todo o talento na hora de cantar.


Na Eurocopa 2012, mesmo a Espanha vencendo o jogo por 4 a 0, a seleção da Irlanda e o mundo viram a paixão ensurdecedora de sua torcida. Nos minutos finais, os apaixonados irlandeses cantaram sem parar a canção “The Fields of Athenry” (Os campos de Athenry).

A música, popular na Irlanda e de autoria de Pete St. John, conta um pouco da história do país e evidencia a esperança do povo irlandês. É de arrepiar.

A paixão do torcedor em cantar calorosamente o hino do clube, a escalação do time e outras canções adaptadas ou improvisadas, é uma das mais puras demonstrações de seus sentimentos e mostra que o futebol também é feito de letras, ritmos e coros.

Comentários

Redator publicitário (e vice-versa), comunicativo por essência, amante dos livros e torcedor do tricolor do Morumbi. Apaixonado por camisas antigas do futebol mundial.