Oitavas de final da UEL.

  • por Igor Leal da Fonseca
  • 6 Anos atrás

Na tarde desta quinta, foram disputadas oito partidas pela UEFA Europa League. Os jogos valem pelas oitavas de final da competição. Confira os resultados:

Anzhi Makhachkala 0x0 Newcastle

Bom resultado para o time inglês, que poupou jogadores e joga apartida de volta na Inglaterra.

Viktoria Plzen 0x1 Fenerbahce – Webó

A surpresa tcheca foi amplamente dominada pelo time turco, que fez o gol da vitória aos 81 minutos de jogo.

Stuttgart 0x2 Lazio – Ederson, Onazi

A Lazio segue em sua boa temporada e, mesmo sem jogadores como André Dias e Klose, conquistou importante vitória na Alemanha.

Steaua Bucareste 1×0 Chelsea – Rusescu

Com Lampard, Oscar e Hazard entre os titulares, a expectativa era de vitória dos Blues. Mas um gol de penalty aos 34 minutos complicou a vida do time londrino, que não marcou fora de casa e se complicou no confronto.

Benfica 1×0 Bordeaux – Carrasso (Contra)

Na luta pelo título em Portugal, o Benfica entrou em campo sem os titulares Matic, Salvio e Perez. Um gol contra do goleiro do Bordeaux foi suficiente para dar a vitória aos portugueses.

Tottenham 3×0 Internazionale – Bale, Sigurdsson, Verthongen

No confronto mais aguardado das oitavas, o Tottenham atropelou a Internazionale, que começou o jogo sem Guarín e Palacio (que entraram durante o jogo, mas pouco fizeram).

Levante 0x0 Rubin Kazan

Basel 2×0 Zenit – Díaz, A.Frei

Bem em competições europeias desde a Champions na temporada passada, o Basel venceu com autoridade a equipe de Hulk (que começou entre os titulares).

As partidas de volta serão disputadas na semana que vem, dia 14.

Comentários

33 anos, morador do Rio de Janeiro. Rubro Negro de coração, apaixonado pelo Maracanã, tem no Barcelona o exemplo de clube para o que entende como futebol perfeito, dentro e fora do campo. Estudioso da memória do futebol, tem nessa sua área de maior atuação no site, para preservar a memória do esporte. Dedica especial atenção aos times mais alternativos, equipes que tiveram grandes feitos, mas que não são tão lembradas quanto as maiores do mundo. Curte também futebol do centro e do leste da Europa, com uma coluna semanal dedicada ao assunto. Um Doente muito antes de fazer parte desse manicômio, sua primeira memória acadêmica é uma redação sobre o Zico, na qual tirou 10 e a mesma foi para o mural da escola. Nunca trabalhou com futebol dessa forma, mas adora o que faz junto com o restante do pessoal e se pergunta o porquê de não ter começado com isso antes. Espera recuperar o ''tempo perdido''. Acha Lionel Messi o melhor que viu jogar e tem em Zico, Petkovic e Ronaldo Angelim como heróis.