A Semana na Copa do Brasil

  • por Raniery Medeiros
  • 8 Anos atrás

SEMANA DA COPA DO BRASIL

Confira o resumo do que aconteceu de melhor na competição mais democrática do Brasil.

VITÓRIA (BA) 5 X 1 MIXTO (MT)

Tendo perdido a ida por 2×1, a equipe baiana partiu com tudo para o ataque desde o início do jogo. Mesmo tomando sustos de forma esporádica, o “Leão da Barra” não teve dificuldades para emplacar a goleada e encaminhar a classificação. O único ponto de tensão aconteceu quando o Mixto diminuiu o placar para 2×1, o que levaria o jogo para os pênaltis. Mas não passou disso. Com gols de Escudero, Marquinhos, Vander e Dinei (2x) o rubro-negro avançou para a próxima fase.

PORTUGUESA (SP) 1 X 1 NAVIRAIENSE (MS)

O jogo sem gols na partida de ida deixou tudo em aberto. O Naviraiense soube tirar proveito do mau momento vivido pela Portuguesa e jogou de igual para igual. Protestos da torcida paulista foram intensificados após a humilhante goleada sofrida contra o Comercial. Paulo Sérgio abriu o placar para o time do Mato Grosso do Sul. Precisando de dois gols para obter a vaga, a Lusa só conseguiu empatar a partida. Arraya fez o gol que evitou a derrota. Crise, salários atrasada e torcida revoltada. A Portuguesa vai de mal a pior.

FLAMENGO (RJ) 3 X 0 REMO (PA)

O Flamengo não encontrou problemas para vencer o Remo. Ainda com a torcida desconfiada em função da má fase que o time atravessava, Hernane tratou de acabar com o falatório e fez os 3 gols dos cariocas. O rubro-negro soube aproveitar os espaços que os paraenses deram e matou o confronto.

Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem - Hernane foi o destaque da partida

Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem – Hernane foi o destaque da partida

SAMPAIO CORRÊA (MA) 0 X 1 CAMPINENSE (PB)

O Sampaio tinha tudo para avançar de fase. Jogando em casa e tendo vencido o primeiro jogo por 1×0, tudo levava a crer que a vaga ficaria no Maranhão. No entanto, o campeão da Copa do Nordeste anotou um gol no tempo normal, com Ricardo Maranhão, e contou com a heróica partida do goleiro Pantera. O dono da meta paraibana pegou um pênalti no tempo normal e mais dois na decisão por pênaltis. O Campinense se classificou ao vencer por 7×6.

Foto: Reprodução - Pantera teve o seu dia de herói

Foto: Reprodução – Pantera teve o seu dia de herói

AMÉRICA (MG) 0 X 0 GURUPI (TO)

Jogo enfadonho, sem alternativas, muitos passes errados e nada do placar sair do zero. Mesmo assim, o América se classificou por ter vencido a ida por 3×2. As duas equipes não produziram nada que pudesse ser destacado. Jogando com o regulamento, o América se contentou com o empate.

SANTO ANDRÉ (SP) 2 X 0 VERANÓPOLIS (RS)

O Santo André garantiu vaga para a próxima fase do torneio ao vencer o Veranópolis. Os Gaúchos tinham a vantagem em função da vitória no jogo de ida por 1×0. Mas foi o “Ramalhão” quem se deu melhor. Jardel abriu o marcador, em cobrança de falta. Quando tudo indicava que o confronto seria definido nos pênaltis, Elielton acertou um bom chute de fora da área e classificou os paulistas.

SPORT (PE) 2 X 0 VITÓRIA DA CONQUISTA (BA)

Bem que o Vitória da Conquista tentou surpreender no início de jogo, mas o ímpeto dos baianos não rendeu boas oportunidades. O Sport não fez uma boa partida, mas com os gols de Marcos Aurélio e Érico Jr, avançou de fase. O pensamento agora está voltado para o Campeonato Pernambucano.

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press - Marcos Aurélio comemora o seu gol ao lado dos reservas

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press – Marcos Aurélio comemora o seu gol com os reservas

BOA ESPORTE (MG) 2 X 2 SALGUEIRO (PE)

Em um jogo eletrizante e muito disputado, o Salgueiro eliminou o Boa Esporte. Precisando reverter o placar de 2×0, os mineiros atacaram e deram espaços para os pernambucanos atacarem. Os gols só apareceram na etapa derradeira. Alecsson abriu o placar para o Salgueiro. Precisando de 4 gols, o Boa empatou logo em seguida, com Marcelinho Paraíba. No entanto, Peri fez o segundo dos pernambucanos e praticamente matou o confronto. Ainda deu tempo de Fernando Karanga empatar a partida.

CRICIÚMA (SC) 3 X 0 NOROESTE (SP)

Agressivo desde os minutos iniciais, o Criciúma alcançou a vaga ao atuar de forma impecável. Pressão para cima do “Norusca”, que não encontrou espaços para trabalhar a bola. A equipe catarinense soube aproveitar as chances criadas para assegurar a classificação. Ivo, e Lins (2x) foram os autores dos gols.

Foto: Fernando Ribeiro / Ag. Estado - Um dos destaques do jogo, Ivo demonstra a sua vibração após o gol

Foto: Fernando Ribeiro / Ag. Estado – Um dos destaques do jogo, Ivo demonstra a sua vibração após o gol

SOBRADINHO (DF) 0 X 0 BOTAFOGO (RJ)

Partida morna e sem muitas chances para ambos os lados. O Sobradinho pensava muito mais em marcar e fechar os espaços do time carioca. Sem inspiração, o Botafogo criou algumas boas oportunidades através dos chutes de média distância. Só no fim da partida, com um jogador a mais, a equipe sufocou o time do Distrito Federal. O 0x0 ficou de bom tamanho. A definição da vaga ocorrerá na semana que vem, no Rio de Janeiro.

SÃO CATEANO (SP) 1 X 0 ARAPONGAS (PR)

Não faltou disposição ao Azulão. Mas o rebaixamento no Paulistão deixou os jogadores sem tanta motivação. Precisando vencer, após ter perdido a ida por 1×0, o time fez uma partida razoável e conseguiu o magro 1×0, gol de Gabriel. Porém, o Araponga fez 3×1 nos pênaltis e só aumentou a crise pelos lados do time paulista.

CAXIAS (RS) 0 X 0 RESENDE (RJ)

Com a necessidade de vencer por apenas 1×0, o Caxias dominou o jogo. No entanto, a equipe não conseguia encaixar jogadas de extremo perigo e começou a sentir o nervosismo. Em contrapartida, o Resende jogou de forma inteligente, soube explorar os contra-ataques e criou algumas ocasiões para fazer o gol. No fim, o 0x0 classificou e corroborou a boa frase da equipe carioca.

BARUERI (SP) 0 X 3 CIANORTE (PR)

Os paranaenses simplesmente não tomaram conhecimento do Barueri. Mesmo jogando fora dos seus domínios, o time criou as melhores chances na partida. Eli, Alemão e Eydison anotaram os gols que deram a vaga para o Cianorte. Mais um vexame do itinerante time paulista.

ATLÉTICO (PR) 2 X 0 BRASIL DE PELOTAS (RS)

Com a vantagem de ter vencido a partida de ida por 1×0, fora de casa, o Furacão administrou bem o resultado com o toque de bola envolvente. Já os Gaúchos marcaram forte e esperaram o contra-ataque. O nervosismo dos paranaenses só terminou quando Éverton e Paulo Baier definiram o placar.

SANTOS (SP) 2 X 0 FLAMENGO (PI)

Sem dar show e fazendo apenas o necessário para garantir a classificação, o time da baixada passou de fase. Os gols só vieram na segunda etapa. Galhardo abriu o marcador após um lindo chute da intermediária. Controlando o jogo e sem sofrer nenhum tipo de perigo, o peixe anotou mais um gol. Neymar fez linda jogada, driblou os zagueiros e bateu com precisão, sem chances para o goleiro Robson.

Foto: Wander Roberto/VIPCOMM - Neymar fez um lindo gol

Foto: Wander Roberto/VIPCOMM – Neymar fez um lindo gol

JOINVILLE (SC) 1 x 0 ARACRUZ (ES)

No jogo de ida os times haviam empatado em 1×1. Com o apoio da torcida, o Jec venceu por 1×0 e se classificou pela primeira vez para a segunda fase da competição. Marcelo Costa, de pênalti, foi o autor do gol que deu a vaga histórica aos catarinenses.

NÁUTICO (PE) 1 X 1 CRAC (GO)

Com a vantagem do 3×1 na ida, o Crac atuou de forma tranquila e segura. No outro lado, o Náutico demonstrava ansiedade para fazer os gols que precisava. Acabou que os pernambucanos não fizeram uma partida considerável e acabou sendo eliminado em casa. Os poucos torcedores que foram aos Aflitos viram Jonathan abrir o placar para o Crac. Elton, na etapa final, empatou o jogo para os mandantes.

BETIM (MG) 1 X 0 BANGU (RJ)

O Betim, antigo Ipatinga, voltou a vencer o Bangu pela Copa do Brasil. Na noite de quarta-feira, os mineiros aproveitaram a vantagem criada na ida e, com o gol de Joelson, avançaram no torneio.

LUVERDENSE (MT) 3 X 0 TUPI (MG)

Com uma proposta de jogo agressiva, o Luverdense resolveu a situação ainda na primeira etapa e eliminou o Tupi, que não ofereceu nenhum perigo. Marcando em cima e saindo com velocidade para o ataque, o “Lec” fez 3 gols nos 45 minutos iniciais e depois só administrou a partida. Tozin, Rafael Tavares e Marcelo Maciel foram os autores dos gols.

GUARANI (SP) 1 X 0 CONFIANÇA (SE)

A crise no guarani parece não ter fim. Após o rebaixamento no Campeonato Paulista, o time caiu na 1ª fase da Copa do Brasil. Jogando de forma inteligente e se defendendo muito, os sergipanos não evitaram o gol de Fernando Gaúcho aos 49 minutos do 2º tempo. A péssima pontaria do bugre nos pênaltis foi visível. Confiança 4×1 e vaga assegurada. O que será do Guarani de hoje em diante?

FORTALEZA (CE) 0 X 0 LUZIÂNIA (DF)

Os cearenses dominaram a partida e criaram inúmeras oportunidades de gols. No entanto, a falta de pontaria dos atletas impediu que a equipe pudesse balançar as redes. Vaga definida nos pênaltis. Thiago mandou o seu chute para fora e o Fortaleza conseguiu a classificação ao vencer por 3×2.

SOUSA (PB) X CORITIBA (PR) – PARTIDA ANULADA



CONFRONTOS JÁ DEFINIDOS PARA A PRÓXIMA FASE:

FLAMENGO (RJ) X CAMPINENSE (PB)

INTERNACIONAL (RS) X SANTA CRUZ (PE)

GOIÁS (GO) X SANTO ANDRÉ (SP)

SPORT (PE) X ABC (RN)

VITÓRIA (BA) X SALGUEIRO (PE)

PONTE PRETA (SP) X BRAGANTINO (SP)

CRUZEIRO (MG) x RESENDE (RJ)

FIGUEIRENSE (SC) X ARAPONGAS (PR)

ATLÉTICO (GO) X CIANORTE (PR)

NAVIRAIENSE (MS) X PAYSANDU (PA)

SANTOS (SP) X JOINVILLE (SC)

CRAC (GO) X BETIM (MG)

BAHIA (BA) X LUVERDENSE (MT)

CONFIANÇA (SE) X FORTALEZA (CE)

Comentários