Campeonato Pernambucano: Hora das definições

  • por Henrique Souza
  • 8 Anos atrás
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução.

A edição 2013 do Campeonato Pernambucano vai entrando na reta final. Neste domingo, 21 de abril, teremos a rodada de ida das semifinais. No Lacerdão, em Caruaru, Ypiranga e Sport duelam por uma vaga na final. A outra semifinal terá a sua primeira partida no Arruda, pondo Santa Cruz e Náutico em disputa. A despeito do confuso regulamento, a expectativa é de que os jogos sejam definidos nos detalhes.

O confronto entre Ypiranga e Sport colocará a equipe de Santa Cruz do Capibaribe, 4ª colocada no segundo turno, frente a frente com os rubro-negros, que terminaram como líderes, tendo a vantagem de decidir a classificação em casa. O Sport, que vem evoluindo desde a chegada de Sérgio Guedes, mesmo com a perda de Hugo continua a dar sinais de crescimento. Lucas Lima assumiu a vaga do agora jogador do Goiás com muita competência, e é peça importantíssima no esquema do Leão. Na última rodada, o time da capital foi até o Arruda e conseguiu um empate em 2 x 2 com o Santa Cruz. O fato negativo foi lesão de Roger. O atacante sofreu uma fratura no pé direito e deve desfalcar o time de 2 a 3 meses. Mateus Lima larga na frente como possível substituto. O jogador vem entrando bem nas partidas e merece mais tempo de jogo no time titular. Com o resultado, o Sport garantiu a 1ª colocação no segundo turno. Dos 10 jogos do Leão fora de casa no ano, a equipe venceu 2, empatou 7 e perdeu apenas 1 partida longe dos seus domínios. Na Ilha do Retiro, foram 8 vitórias e 2 empates.

Foto: Paulo Paiva - Sport e Ypiranga voltam a se encontrar depois do 2 x 2 no segundo turno.

Foto: Paulo Paiva – Sport e Ypiranga voltam a se encontrar depois do 2 x 2 no segundo turno.

Apesar do favoritismo leonino, o Ypiranga mostrou força contra Náutico (vitória por 2 x 0 nos Aflitos, estragando o aniversário alvirrubro) e contra o próprio Sport (empate em 2 x 2 no Limeirão, em Santa Cruz do Capibaribe). A Máquina de Costura teve grande poder de reação após ficar em 7º lugar no primeiro turno (entre 9 clubes) e terminar na 4ª posição no segundo turno, que contou com Sport, Santa Cruz e Salgueiro, totalizando 12 equipes. A partida de volta será no dia 28, na Ilha do Retiro.

O duelo no Arruda promete ser bem mais equilibrado. Náutico e Santa Cruz terminaram o segundo turno empatados com 21 pontos, mas os alvirrubros levam vantagens nos critérios de desempate. O Náutico, 2º colocado, terá a volta do lateral Maranhão. O jogador ficou 1 mês afastado dos gramados devido a uma operação de apendicite ás vésperas do clássico contra o Sport. A maior novidade nos Aflitos, no entanto, é a chegada de Silas. O ex-jogador chegou para ocupar a vaga de Vágner Mancini no banco de reservas. Com Mancini, o Timbu fez uma campanha boa no Pernambucano, mas fracassou nos clássicos e mostrou-se muito dependente do atacante Rogério, forte candidato a melhor jogador do campeonato.

Foto: Reprodução - Náutico e Santa voltam a ficar frente a frente depois da vitória coral no segundo turno.

Foto: Reprodução – Náutico e Santa ficam mais uma vez frente a frente após a vitória coral no segundo turno.

O Santa Cruz, por sua vez, tem boas chances de voltar a ter Natan e Renatinho à disposição do técnico Marcelo Martelotte. Os dois ficaram longe do tricolor por cerca de 2 semanas. A cobra coral é uma equipe pautada no coletivo, com muita doação dos atletas e tendo em Dênis Marques o seu principal jogador. O atacante, maior esperança tricolor, mostrou-se mais uma vez decisivo nessa temporada, especialmente nos clássicos, onde marcou tanto contra Náutico quanto Sport. A promessa é de um confronto decidido nos detalhes. A volta será nos Aflitos, dia 28 de abril.

Comentários

Doente por futebol desde que se conhece por gente. Formado em Educação Física e estudante de jornalismo. Apaixonado por jogos e times clássicos. Considera Zidane, Ronaldo, Romário e Messi os maiores que viu jogar.