Haverá o milagre de Barcelona?

  • por Victor Mendes Xavier
  • 8 Anos atrás

A missão é praticamente impossível, mas os jogadores confiam na “remontada”. Lionel Messi foi o primeiro a manter a confiança na ida à final de Wembley, onde o clube catalão ganhou duas de suas quatro Ligas dos Campeões. O argentino, aparentemente 100%, afirmou após o jogo de sábado contra o Athletic Bilbao que acredita na classificação.

Messi Bilbao

Mas o Barcelona tem mais problemas que no jogo da ida. Busquets está com problemas no púbis. Durante a semana, foi especulado o uso (forçado) de Mascherano para suprir a ausência de Puyol e a inexperiência de Bartra. No entanto, os médicos do clube acharam melhor o argentino não jogar para não agravar a lesão no joelho. Além disso, Abidal, por questão técnica, também não foi convocado e Alba, suspenso, é outra ausência que será sentida. O jeito é, de acordo com o Diário Sport, apostar em Adriano, que também não está em melhores condições físicas.

O periódico catalão também noticiou que Vilanova pode se render ao 3-4-3, tática que ele havia dito, em sua apresentação como treinador do clube, em julho do ano passado, que só utilizaria quando fosse extremamente necessário. Ainda assim, é provável que a tática usual seja utilizada, o 4-3-3, com Daniel Alves e Adriano nas duas laterais. No ataque, a dúvida por um entre Alexis Sánchez, Villa e Fàbregas persiste, com o catalão largando atrás por “não ser um atacante”, de acordo com Vilanova na coletiva pré-jogo.

Jogadores do Barcelona comemorando um gol
Ainda que seja uma missão quase impossível de reverter, todos os 95 mil ingressos foram vendidos em questão de horas. Os torcedores acreditam na mística do Camp Nou, que nunca viu um time alemão triunfar lá. Na temporada passada, o Bayer Leverkusen sofreu 7-1 no estádio catalão, com cinco gols de Messi. Longe de querer comparar os dois times, claro, mas o Barcelona vai a campo, mesmo sabendo da tarefa árdua, para tentar honrar sua gigante história.

Foto: |Messi, Xavi e Puyol comemorando|

Foto: |Messi, Xavi e Puyol comemorando|

Provável escalação:

Víctor Valdés; Daniel Alves, Piqué, Bartra, Adriano; Song, Xavi, Iniesta; Pedro, Messi, Villa (Alexis Sánchez/Fàbregas).

Comentários

Jornalista, carioca e apaixonado pela Liga Espanhola desde a época em que Rivaldo, Zidane, Figo e Raúl foram seus professores. Colaborou para o programa [email protected] da Rádio Globo São Paulo falando sobre o futebol do país das touradas. Repórter da Super Rádio Tupi.