Máquina! Ypiranga avança no Pernambucano e vai à Série D

Ypiranga, Campeonato Pernambucano

O último domingo foi um dia muito especial em Santa Cruz do Capibaribe. A vitória do Ypiranga sobre o Náutico, pelo Campeonato Pernambucano, marcou o ponto alto de uma campanha que vem superando todas as expectativas. Neste que era visto como o Pernambucano mais duro dos últimos anos para os times do interior, em virtude da consolidação do Salgueiro como quarta força do estado e da já conhecida tradição dos times de Caruaru, o clube confirmou sua classificação para a segunda fase do campeonato, e garantiu também a vaga para a disputa da Série D no segundo semestre. Pelo segundo ano consecutivo, a Máquina de Costura jogará uma competição nacional, a quarta de sua história.

Em janeiro, poucos acreditavam que assim seria o desfecho da primeira metade da temporada. Afinal, a campanha do time no primeiro turno do estadual – que contou com Sport, Santa Cruz e Salgueiro – foi um desastre: o Ypiranga foi o sétimo colocado entre nove clubes. Não conseguiu aproveitar as facilidades de um regulamento bizarro, e deu um péssimo indicativo à sua torcida: o campeonato seria de muita luta contra o rebaixamento.

Atacante Paulo Krauss tem sido destaque na campanha alviazulina. | Foto: Arquivo/Jefferson Lulu

Atacante Paulo Krauss tem sido destaque na campanha alviazulina. | Foto: Arquivo/Jefferson Lulu

A reação

No início do segundo turno, tudo parecia continuar na mesma: foram dois empates, contra Porto e Chã Grande, nas duas primeiras rodadas. Mas em Petrolina, a Máquina de Costura protagonizou uma impressionante reviravolta, que parece ter sido o divisor de águas em sua campanha: reverteu um placar de 2×0, com três gols do atacante Paulo Krauss, e venceu sua primeira partida no returno. A derrota para o Santa Cruz no jogo seguite não abalou a confiança do time alviazulino, que manteve sua arrancada. O clube vem se destacando por atuar melhor nos jogos mais importantes: se não conseguiu resistir ao Tricolor, empatou com o Sport e venceu Central, Salgueiro e Náutico, os dois últimos como visitante. Certamente, os resultados conquistados contra concorrentes diretos foram determinantes para que o Ypiranga assegurasse sua continuidade na quarta divisão do futebol nacional.

Principais destaques

No cargo desde abril de 2012, o técnico Edson Miolo vive sua primeira experiência como treinador. O ex-lateral esquerdo, que teve passagens por Sport, Corinthians e Olympique de Marseille, tem à sua disposição alguns atletas que vêm se destacando no Pernambucano. São os casos do já citado Paulo Krauss, do ala Diogo, artilheiro do time no campeonato com seis gols, e do zagueiro Hugo, que iniciou a carreira no Santa Cruz e era apontado como uma grande revelação. Depois de rodar, com pouco sucesso, por Vasco da Gama, Ituano, Grêmio Barueri e Guaratinguetá, está vivendo um bom momento e volta a ser observado com bons olhos por grandes equipes.

Zagueiro Hugo reencontrou sua boa forma na Máquina de Costura.

Zagueiro Hugo (centro, à direita) reencontrou sua boa forma na Máquina de Costura.

Com a vaga já garantida nas semi-finais do Pernambucano, o clube de Santa Cruz do Capibaribe tem ainda a possibilidade, bastante atraente, de disputar a Copa do Nordeste em 2014. O clima no grupo é de missão cumprida, mas uma participação na competição regional é vista como uma grande oportunidade esportiva e também econômica. Para tanto, terá que continuar surpreendendo para ficar entre os três melhores do estadual. Nada impossível para um time já acostumado a desafiar favoritos de igual pra igual.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.