O jogo cancelado entre Sousa e Coritiba

  • por Leandro Bruning Canton
  • 8 Anos atrás

Partida foi suspensa em razão de liminar obtida pelo CSP.

Foto: gazetadopovo.com.br - Equipes nem chegaram a entrar em campo.

Foto: gazetadopovo.com.br – Equipes nem chegaram a entrar em campo.

Ao divulgar a tabela da Copa do Brasil 2013, a CBF confirmou o confronto entre CSP (Centro Sportivo Paraibano) e Coritiba para o dia 04/04 em João Pessoa, com o jogo de volta marcado para o dia 18/04. Em função disso, o Sousa, vice-campeão do campeonato paraibano de 2012, acionou o STJD alegando que essa vaga era sua, pois o CSP a havia conquistado por ter sido campeão da Copa Paraíba de 2012, competição disputada por apenas três clubes. O regulamento da Copa do Brasil exige que o campeonato que serve como classificatório seja disputado por 4 ou mais equipes.

O resultado desse recurso ao STJD foi favorável ao Sousa, que assumiu a vaga do CSP, e as partidas foram remarcadas para 18/04 em Sousa-PB e 25/04 em Curitiba. Hoje, dia 18/04, data do primeiro jogo, o CSP conseguiu uma liminar na justiça comum suspendendo a partida entre Sousa x Coritiba, liminar que foi entregue ao árbitro da partida por um oficial de justiça cerca de uma hora antes do horário marcado para o início da partida. Essa liminar foi pedida, segundo o presidente do CSP, para que o clube pudesse reaver o valor que perdeu em função de ter corrido atrás de patrocinadores e jogadores para a Copa do Brasil e, de uma hora pra outra, ter sido excluído da competição.

Pelo lado do Sousa, seu presidente afirmou que o clube foi vítima de um complô e que vem recebendo intimidações de pessoas ligadas à Federação Paraibana de Futebol em função de ter acionado o STJD. O procurador do STJD, Paulo Schmitt, disse que o CSP não tem direito algum de participar da competição, que a suspensão do jogo foi uma aberração e que a CBF deve tomar uma atitude drástica para solucionar o caso.

No Coritiba, foi emitida uma nota oficial lamentando o acontecimento, afirmando que o clube vai realizar todos os esforços para que o Coritiba possa atuar na Copa do Brasil com justiça e igualdade de condições e que aguarda uma decisão da CBF sobre quando será disputada a partida e contra quem será o jogo. Além disso, o clube vai buscar reaver na justiça os custos monetários de toda a logística que envolveu a viagem a Sousa.

Ao se retirar do estádio, o time do Coritiba foi aplaudido pelos cerca de 5000 torcedores do Sousa que foram ao estádio para tentar acompanhar a partida. Para retribuir todo o carinho e cavalheirismo recebido em sua estadia na Paraíba, o Coritiba confeccionou uma faixa com os dizeres: “O Coritiba saúda a Paraíba, o Sousa E.C. e sua torcida”.

No final das contas, a decisão sobre o confronto ficou a cargo da CBF, que deverá indicar novas datas para a disputa das partidas. Analisando a tabela da Copa do Brasil, percebe-se que as únicas datas disponíveis para a realização dos jogos seriam os dias 25/04 e 01/05, pois as datas marcadas para os jogos da segunda fase são dias 01/05, 08/05, 15/05 e 22/05, sendo que essas últimas duas são exclusivas para os segundos confrontos desta segunda fase.

Isso tudo mostra a falta de profissionalismo com que o futebol brasileiro é gerido, principalmente quando se fala de federações estaduais de futebol, como neste caso em que foi prometida uma vaga na Copa do Brasil ao campeão de um campeonato com 3 clubes, sendo que o regulamento da Copa do Brasil exige um torneio classificatório com no mínimo 4 equipes.

Agora cabe aos clubes, torcedores e emissoras de TV e rádio esperarem pela decisão da CBF para acompanharem o confronto entre Coritiba e algum dos dois clubes da Paraíba.

Comentários