Pré-jogo: São Paulo x Atlético-MG

  • por Rafael de Melo Andrade
  • 8 Anos atrás
No 1º turno, o Atlético bateu o São Paulo por 2x1 no Independência

No 1º turno, o Atlético bateu o São Paulo por 2×1 no Independência

Nesta quarta-feira, São Paulo e Atlético duelam no Morumbi pela última rodada da fase de grupos da Libertadores 2013. Os dois fazem até aqui campanhas opostas no grupo 3. Logo na 1ª rodada, se enfrentaram e o Galo levou a melhor, vencendo por 2×1 no Independência.Foi o jogo do já histórico lance em que Ronaldinho pede água a Ceni e se aproveita da posição para receber lateral de Marcos Rocha e dar passe para Jô marcar o primeiro gol atleticano. Nas rodadas seguintes, o time mineiro conseguiu mais quatro vitórias que lhe garantiram a liderança do grupo mesmo antes de fazer seus dois últimos jogos. Já o tricolor paulista passou por dificuldades. Conseguiu apenas 4 pontos e depende de uma vitória no jogo de amanhã para seguir na competição.

Confira o pré jogo que a Doentes por Futebol preparou pra você.

São Paulo: em busca da classificação (por: Bráulio Silva)

O São Paulo em 2013 apresentou um futebol de extremos. Em nenhum momento foi brilhante no Paulistão, mesmo com a liderança garantida. Já na Libertadores da América, o time teve atuações sempre abaixo da crítica. Até aqui são quatro pontos em cinco jogos, o que deixaria o time eliminado em qualquer dos grupos. E, por uma aberração, a equipe chega à última rodada ainda com chances de classificação.

Devido à incompetência tricolor, o time não depende apenas de suas forças, ou seja, não basta vencer o Atlético-MG no Morumbi. Terá também que torcer para que os bolivianos do The Strongest tropecem no Arsenal de Sarandí. E a decisão da vaga pode também ser definida na sorte. Para que isso aconteça, basta o São Paulo vencer o Galo por 2×1 e Arsenal e The Strongest empatarem em 1×1. Assim, São Paulo e The Strongest empatariam em todos os critérios e a vaga seria decidida num sorteio na sede da Conmebol.

Capitão na última conquista da Libertadores, Rogério quer levantar outra antes de encerrar a carreira.

Capitão na última conquista da Libertadores, Rogério quer levantar outra antes de encerrar a carreira.

Para o jogo desta quarta-feira, o técnico Ney Franco deve contar com os retornos de Rogério Ceni e Rafael Tolói, ambos recuperados de contusão. Em contrapartida, os principais artilheiros do time em 2013 estarão de fora. Luis Fabiano, cumprindo mais um jogo de suspensão pela expulsão idiota diante do Arsenal, e Jádson, cumprindo automática pelo acúmulo de cartões.

Com isso, o tricolor deve ter uma escalação inédita na temporada para um jogo extremamente importante, que definirá os rumos do time no restante do ano. Se não houver surpresas, o time será escalado com: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Tolói e Carleto; Wellington e Denílson; Douglas, Ganso e Osvaldo; Aloísio.

690262_Sao_Paulo_FC

A última vez que o São Paulo foi eliminado da Libertadores na primeira fase foi em 87, quando ficou na lanterna de um grupo que também tinha os chilenos do Cobreloa e do Colo Colo, além do Guarani.

Atlético: para eliminar o concorrente direto (por Rafael de Melo Andrade)

Já classificado e inclusive com a primeira colocação geral da fase de grupos garantida, alguns poderiam pensar que o Atlético jogaria esse jogo desmotivado. Engano. O técnico Cuca poupou todos os titulares nesse fim de semana e o time e a torcida encaram o jogo desta quarta como uma decisão, um “pré mata-mata” em que o Galo pode eliminar um rival sem correr riscos de ser eliminado.

Apesar da derrota para a Caldense no fim de semana, o clima de empolgação entre os torcedores não mudou nada. Pudera, o time vinha de 10 vitórias consecutivas, vencendo e convencendo tanto na Libertadores quanto no Campeonato Mineiro. Com o mesmo esquema do ano passado, mas com a entrada de Tardelli e um Ronaldinho ainda mais decisivo do que em 2012, a imprensa é quase unânime em apontar o Atlético como o melhor time da América até aqui em 2013.

Os ídolos Ronaldinho e Tardelli são as maiores esperanças da torcida atleticana

Os ídolos Ronaldinho e Tardelli são as maiores esperanças da torcida atleticana

Mesmo com essa boa fase, a torcida já calejada com outros fracassos do clube, espera pela vitória dessa semana para evitar o confronto contra outro brasileiro e uma possível desagradável eliminação depois de uma primeira fase tão brilhante. Pra isso, conta com a volta de Tardelli após 2 semanas. Assim, o único desfalque entre os titulares é o garoto Bernard, que ainda se recupera de lesão no ombro.

A equipe deve ir a campo com Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre e Leandro Donizete; Luan, Ronaldinho e Tardelli; Jô. É a segunda vez que essa formação entra em campo em 2013, na primeira o time conseguiu uma boa vitória por 5×2 contra o Arsenal no Independência.

Escalação Atlético

Na última vez que o Galo disputou a Libertadores (em 2000), só enfrentou brasileiros no mata-mata: eliminou o xará paranaense nos pênaltis nas oitavas e depois caiu para o Corinthians nas quartas de final.

Comentários

Paulista, apaixonado pelo Galo, viciado em estatísticas e Doente por futebol. Acredita que Copa do Mundo dá sentido à vida. Marques e Ronaldinho são seus ídolos no futebol.