Pré jogo: Tigre-ARG x Olímpia-PAR

  • por Mauricio Fernando
  • 8 Anos atrás

644731_4150181733352_441647755_n

Abrindo os trabalhos da 2ª semana das oitavas de final da Taça Libertadores da América 2013, no Monumental Victória, em Victória-ARG, o Tigre recebe o Olímpia, querendo continuar fazendo história. A partida será realizada às 20h15 desta terça feira e terá transmissão do Fox Sports.

Os adversários do confronto em questão, por motivos diferentes, começaram a Libertadores como azarões, correndo por fora, e acabaram se classificando no fim das contas, cada um a sua maneira. O estreante Tigre, que, apesar do vice campeonato da última copa sulamericana, não aparecia entre os favoritos, atravessou altos e baixos na fase de grupos. Com três vitórias e três derrotas, os argentinos conquistaram a segunda vaga do grupo 2 na última rodada em uma vitória épica diante do favorito Libertad no Paraguai por 5×3. Por pouco – um gol sofrido no último lance – os matadores não terminaram na primeira colocação do grupo, que acabou com o Palmeiras. Enquanto isso, o tricampeão Olímpia, apesar dos problemas financeiros e da situação conturbada nos bastidores, envolvendo a saída do antigo presidente, fez excelente campanha no forte grupo 7, que tinha ainda Newell’s, Universidad de Chile e Deportivo Lara-VEN. Os paraguaios terminaram na liderança do grupo com 13 pontos: 4 vitórias, 1 empate e apenas uma derrota, classificando-se antecipadamente e terminando com a terceira melhor campanha no geral.

Lembrando ainda que Tigre e Olímpia já haviam passado pela 1ª fase eliminatória, também conhecida como pré-libertadores. Os argentinos passaram pelo Anzoátegui da Venezuela, enquanto o decano paraguaio passou pelo Defensor uruguaio.

Ambas as equipes não passam por bom momento em seus respectivos campeonatos nacionais e tratarão a Libertadores como prioridade máxima, tornando o confronto ainda mais importante.

Foto: Yahoo Esportes.  Botta quer eliminar outra equipe paraguaia.

Foto: Yahoo Esportes.     Botta quer eliminar outra equipe paraguaia.

Para este jogo de ida, o Tigre deverá contar com as voltas do defensor Lucas Orban e do meia atacante Ruben Botta, jogadores fundamentais no esquema do treinador Nestor Gorosito e que estavam lesionados. Em contrapartida, o meia Gastón Diaz deve desfalcar a equipe, também por contusão. Diego Castaño deverá ser seu substituto. Os azuis esperam vencer em seus domínios para não ter que decidir tudo no jogo da volta em Assunção no dia 16/05. Porém o recente retrospecto em jogos decisivos fora de casa, como a semifinal da última Sul-americana diante do Millonarios-COL e a última partida da fase de grupos da própria Libertadores, diante do Libertad na mesma Assunção, deixam os torcedores ainda mais esperançosos.

Os visitantes, detentores do melhor ataque da competição com 18 gols, seguem contando com o poder de fogo de Juan Manuel Salgueiro e Fredy Bareiro, que, somados, alcançam o número de 7 gols e 6 assistências, formando uma das duplas mais efetivas desta edição da Libertadores. Apesar da presença dos dois e do desempenho da equipe até aqui, o treinador Ever Hugo Almeida deverá mandar a campo uma formação mais cautelosa, com cinco defensores por força das circunstâncias. O meia Wilson Pittoni (ex-Figueirense) se lesionou e, para seu lugar, Almeida promove a entrada do jovem defensor Aquilino Giménez. O volante Jorge Baéz jogaria um pouco mais adiantado para auxiliar o setor ofensivo.

Foto: Fox Sports.  Salgueiro é o grande nome do Olímpia nesta Libertadores.

Foto: Fox Sports.      Salgueiro é o grande nome do Olímpia nesta Libertadores.



A julgar pelas formações que devem ir a campo, a promessa é de um jogo bastante aguerrido e disputado, bem ao estilo Libertadores. As equipes aparentemente devem priorizar o setor defensivo por diferentes motivos. O Tigre, que por si só é uma equipe que marca muito forte, não quer levar gols de maneira nenhuma por jogar em casa. O Olímpia, por sua vez, iniciará a partida com cinco homens de defesa e quer levar a decisão para Assunção, onde venceu três das quatro partidas que disputou nesta Libertadores. As torcidas prometem marcar presença, já que o Tigre já faz campanha histórica, que anima seus torcedores, enquanto os “franjeados”, confiantes na boa campanha até aqui, esgotaram os pouco mais de 2500 ingressos destinados aos visitantes.

Prováveis equipes:

Tigre: Javier García; Donatti, Echeverría, Orban; Galmarini, Castaño, Peñalba, Leone; Pérez García; Botta e Maggiolo.
Técnico: Nestor Gorosito

Olímpia: Martín Silva; Aquilino Giménez, Candia, Herminio Miranda, Julio Manzur, Ariosa; Jorge Báez, Ortiz, Aranda; Juan Manuel Salgueiro e Fredy Bareiro.
Técnico: Ever Hugo Almeida

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".