Que fase!

  • por Helena Martinelli Serra
  • 7 Anos atrás

936731_518162461562762_1523143108_n (1)

Marcelo Guimarães Filho, presidente do E. C. Bahia, é denunciado por estelionato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

O presidente do Esporte Clube Bahia, Marcelo Guimarães Filho, foi alvo de uma série de graves denúncias encaminhadas à Procuradoria Geral da República na tarde desta quinta-feira (25). O cartola é acusado por dois advogados baianos (e torcedores do Bahia), Antonio Rodrigo Machado e Marcus Tonnae Silva, de estelionato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. 

A denúncia se baseia em notas veiculadas pela imprensa e pede a abertura de um inquérito civil para investigação do uso da categoria de base do clube para fins pessoais. Foram citados não apenas de Marcelo Guimarães Filho, como também de Paulo Agioni, gestor de futebol do clube, Newton Mota, coordenador da divisão de base, e o delegado André Garcia, um dos sócios da empresa Calcio Investments in Sports que estaria envolvida nos alegados esquemas ilícitos.

É mais um duro golpe para o presidente que, desde a vexaminosa derrota do clube por 5×1 para o rival Vitória na inauguração da Arena Fonte Nova, vem sofrendo críticas recorrentes e contundentes por parte da torcida (notem as marcações feitas por torcedores em uma das postagens do perfil oficial do Clube no Facebook).

marcacoes

Foto: Perfil oficial do E. C. Bahia no Facebook | Doentes por Futebol

 

Que fase!

Comentários