Resumo da 11ª rodada do Campeonato Mineiro 2013

  • por Alexandre Reis
  • 8 Anos atrás

Bandeiras Estados do Brasil

Confira como foi a última rodada da primeira fase do Mineiro de 2013:

Atlético x Villa Nova

Jogando pela segunda vez no Mineirão e cumprindo tabela, o Atlético venceu de virada o Villa Nova por 2×1. O Leão do Bonfim saiu na frente aos 17 minutos. Tchô cobrou falta pela esquerda e Max Carrasco desviou de cabeça pro gol. O Galo respondeu ainda no primeiro tempo. Guilherme encontrou Luan na direita. O atacante achou Ronaldinho livre na área, que não teve dificuldades para empatar. Os donos da casa quase viraram com Réver em uma cabeçada, mas a bola resvalou na trave.

Foto: Globoesporte.com – Atlético conseguiu a virada no fim

No início do segundo tempo, aos 5 minutos, o Atlético voltou a assustar. Luan levantou na área para Jô, que se antecipou e chutou pra fora. O Villa Nova seguia consistente na defesa, mas não conseguiu segurar o empate. Aos 36 minutos, Marcos Rocha cobrou lateral longo pra área, a zaga não fez o corte e Rosinei, na entrada da pequena área, deu a primeira vitória do Galo no novo Mineirão.

Tupi x Cruzeiro

Em Juiz de Fora, no Municipal, o Cruzeiro, também cumprindo tabela, derrotou com tranquilidade o Tupi por 2×0. Com o time misto, o time de Marcelo Oliveira abriu o placar logo aos 5 minutos. Mayke, pela direita, achou Dagoberto do outro lado, que dominou e fuzilou pro fundo das redes. Quatro minutos depois, Egídio levantou na área para Tinga, que cabeceou por cima do gol.

Foto: Globoesporte.com – Dagoberto comemora o primeiro gol do Cruzeiro

No segundo tempo, aos 9 minutos, o Cruzeiro ampliou. Tinga puxou rápido contra-ataque e tocou para Dagoberto. O atacante viu Egídio avançando com velocidade e o deixou na cara do gol. O lateral driblou o goleiro Jordan e passou para Borges, que, tranquilo, deu a vitória para o time celeste. Com o resultado, o Tupi, com 18 pontos, ficou fora das semifinais do Mineiro. O Cruzeiro terminou a primeira fase invicto na primeira colocação, com 10 vitórias e 1 empate.

América-MG x Tombense

No Independência, para 292 pagantes, o Tombense venceu o América por 2×0 e garantiu uma vaga nas semifinais do Módulo I do Mineiro. Com o time reserva e sem chances de classificação, o Coelho somente assistiu à boa equipe de Tombos jogar. Aos 21 minutos, Júnior Negão, de letra, colocou os visitantes em vantagem. Ainda no primeiro tempo, Adeíson, aos 31, ampliou e selou a vitória.

Foto: Globoesporte.com – Tombense fez história e garantiu vaga na semifinal

Com o triunfo, o Tombense terminou a primeira fase na terceira colocação, com 19 pontos, 6 vitórias, 1 empate e 4 derrotas (Cruzeiro, Atlético, Villa Nova e Tupi). O América, semifinalista do ano passado, se despediu da competição na 8ª colocação com 12 pontos, 3 vitórias, 3 empates e 5 derrotas.

América-TO x Caldense

No Nassri Mattar, em Teófilo Otoni, o América-TO apenas empatou com a Caldense por 1×1 e deu adeus ao Módulo I do Mineiro. Após um primeiro tempo nervoso e sem muitas oportunidades de gol, a segunda etapa ganhou em emoção. Nena quase inaugurou o marcador aos 3 minutos, mas Rodrigo Sena tirou a bola em cima da linha e evitou o gol. Em seguida, aos 10, Edmílson acertou a trave de Raphael Barrios. O América respondeu e abriu o placar. Felipe Dias, aos 22 minutos, cruzou para área, Hyago subiu mais que toda a zaga e escorou para Anderson Grafite, que só empurrou para o gol.

No fim da partida, aos 47 minutos, a Veterana empatou. Wellington Simão recebeu passe na área, cortou o marcador e decretou o rebaixamento do Dragão. Com o empate, a Caldense ficou na 6ª colocação; conseguiu 15 pontos, venceu 3 jogos, empatou 6, perdeu 2 e obteve a 2ª defesa menos vazada dessa primeira fase. O América, com 7 pontos e 8 derrotas, volta ao Módulo II depois de

Guarani x Boa Esporte

Sem qualquer objetivo no campeonato, o Guarani venceu o Boa Esporte em Nova Serrana, na Arena do Calçado, por 2×1. O Bugre foi logo para o ataque e, aos 30 minutos, Vitor perdeu grande oportunidade. Em seguida, Joubert quase inaugurou o placar. De tanto insistir, o time da casa fez o primeiro. Aos 48 minutos, Joubert aproveitou o corte da zaga e marcou um lindo gol, no ângulo.

Na etapa final, a equipe de Varginha foi com tudo ao ataque. Fernando Karanga, aos 19, quase empatou, mas Leandro fez ótima defesa. Em seguida, aos 22, Leandro Camilo acertou a trave do Guarani. Dez minutos depois, o Boa foi recompensado com o gol. Marcelinho Paraíba cobrou escanteio pela esquerda e Neílson testou. O goleiro deu rebote e André Luis aproveitou para marcar. No final, aos 46 minutos, o Guarani, também com um escanteio, conseguiu a vitória. Rafael Estevam cruzou e Adalberto consolidou o triunfo bugrino.

Nacional x Araxá

No Bernardo Queiroz, em Patos de Minas, o Nacional venceu de virada o Araxá por 2×1 e se garantiu na elite do futebol mineiro. O Ganso saiu na frente aos 28 minutos, em cabeçada de Fabrício Carvalho, mas tomou a virada no segundo tempo. Aos 19 minutos, Marcinho foi derrubado dentro da área por Amarildo e o juiz marcou pênalti, convertido por Cláudio Luiz. Pouco depois, aos 26, Caleb recebeu bom passe e ficou cara a cara com Marcelo Cruz e não desperdiçou.

Foto: Osmar Júnior – Araxá não conseguiu se manter na elite e voltou para o Módulo II

Com a derrota, o Araxá, que conseguiu o acesso no ano passado, volta ao Módulo II do Mineiro. O Ganso terminou o campeonato na lanterna, com 6 pontos, 2 vitórias e 9 derrotas. O Nacional encerrou sua participação na 9ª colocação e somou 11 pontos, venceu 3 jogos, empatou 2 e perdeu 6.

Confira a classificação e os jogos das semifinais:

Créditos: Osmar Júnior

site

Créditos: Osmar Júnior

 

Comentários

Estudante de Jornalismo, apaixonado por futebol. Seja a final da Copa do Mundo, as semifinais de uma Copa Rural, um jogo da Liga dos Campeões ou eliminatória da 4° divisão de algum campeonato amador do interior.