Resumo da 9ª rodada do Campeonato Mineiro 2013

  • por Alexandre Reis
  • 8 Anos atrás

Muitos gols e algumas surpresas. Confira como foi a 9ª rodada do Campeonato Mineiro de 2013:

Tupi x Araxá

Em Juiz de Fora, no Municipal, o Araxá venceu de virada o Tupi por 3×2 e segue vivo na luta contra o descenso. O time da casa saiu em vantagem no segundo minuto de jogo. Após cobrança de escanteio pela direita, Fabrício Soares se antecipou e marcou. Aos 17, Dieguinho recebeu passe de Adriano Lobinho e finalizou, mas a bola bateu na trave. No entanto, o Tupi voltou a marcar. Vinícius, aos 36, aproveitou cruzamento de Maguinho e cabeceou firme para as redes.

No segundo tempo, a recuperação. O time de João Martins – estreante no comando técnico do Araxá – conseguiu a virada nos 15 minutos finais. O primeiro gol do Araxá foi aos 31. Fabiano cruzou rasteiro para a área e Roberto Jacaré diminuiu. Três minutos depois, os visitantes empataram com Serginho, com um chute de fora da área que desviou na zaga e enganou Tadeu. Já nos 45 minutos, em outro chute de fora da área, o mesmo Serginho acertou o ângulo esquerdo, sem chances de defesa, e deu ao Araxá, depois de 7 derrotas seguidas, a vitória.

Nacional x Caldense

No Bernardo Rubinger de Queiroz, em Patos de Minas, a Caldense derrotou o Nacional por 3×2 e conquistou sua primeira vitória fora de casa. A Veterana, depois de quase ter marcado em cobrança de falta de Djavan, abriu o placar, aos 9 minutos. Após cruzamento da esquerda, Lucas Biselli desviou de cabeça e Djavan aproveitou. A resposta veio com uma ótima finalização de Vanderlei, à direita de Glaysson, que espalmou. Porém, o Nacional chegou ao empate, com o mesmo Vanderlei. Aos 17, Kanu roubou a bola já no campo de ataque, cruzou rasteiro e o camisa 9 do Búfalo não desperdiçou.

Cinco minutos depois, a Caldense voltou à frente. Cris fez ótimo cruzamento da esquerda para Nena, que cabeceou no canto direito de Rodrigo Posso. O Nacional pressionava, mas finalizava sem eficiência. E tomou o terceiro. Aos 7 minutos, Nena chutou de fora da área e marcou um belo gol, sem chances de defesa. O time da casa ainda diminuiu com o zagueiro Cláudio Luiz, mas foi só.

Guarani x Tombense

Em Nova Serrana, na Arena do Calçado, o Tombense venceu de virada o Guarani por 4×3. O Bugre saiu na frente logo aos 3 minutos, com Asprilla. Rafael Estevam cobrou falta na cabeça do zagueiro, que não perdoou. A equipe de Tombos quase empatou com Eder, que desperdiçou ótima oportunidade, mas igualou o marcador com Betinho, aos 45, também de cabeça.

Melhor na partida, a equipe visitante conseguiu a virada, aos 17. Ari cruzou da direita e Júnior Negão cabeceou para o fundo do gol. Cinco minutos depois, o Tombense ampliou, novamente com Júnior Negão. O camisa 9 entrou na área, driblou o goleiro Leandro e marcou. André, aos 32 minutos, descontou para o Guarani, mas a noite era do atacante de Tombos, que marcou o seu 3° no jogo. Aos 41 minutos, depois de cruzamento da direita, Júnior Negão dominou e fez com tranquilidade. O Bugre ainda fez outro com Adalberto, aos 44, mas não foi suficiente.

América-TO x Villa Nova

No Nassri Mattar, em Teófilo Otoni, o América-TO respirou no campeonato e venceu o Villa Nova por 2×1. O Dragão saiu na frente logo aos 10 minutos, com Tiago. Leandrinho finalizou de fora da área e a bola sobrou para o atacante fazer o primeiro. O time do Villa Nova assustava, mas parava em Raphael Barrios. No entanto, conseguiu o empate. Tchô, aos 44, cobrou falta com precisão e igualou o marcador.

Aos 15 minutos, a equipe da casa conseguiu o gol que consolidou sua segunda vitória no Mineiro. Iran cobrou escanteio da esquerda e o jovem Hyago subiu de cabeça para colocar o América-TO de novo à frente. O Villa até tentou, mas não conseguiu o empate. Mesmo com a derrota, o Leão segue no G-4, com 15 pontos. O Dragão ainda é o lanterna da competição, mas encostou no Boa Esporte, último time fora da zona de rebaixamento, com 8 pontos.

Atlético-MG x Boa Esporte

No Independência, o Atlético, mesmo sem alguns titulares, não teve dificuldades e venceu fácil a equipe do Boa Esporte por 4×0. O Galo, aos 3 minutos, quase abriu o placar com Richarlyson, em finalização que bateu no travessão. O Boa Esporte teve excelente oportunidade com Marcelinho Paraíba, aos 34, mas Victor fez ótima defesa. A resposta veio com o gol, aos 35. Guilherme deu ótimo passe na área para Jô, que não errou.

Sem ser muito ameaçado, os gols atleticanos foram saindo naturalmente. No segundo tempo, aos 13 minutos, Richarlyson tocou de calcanhar para Luan. O atacante passou por dois marcadores e chutou rasteiro, no canto esquerdo de Douglas. Quatro minutos depois, o substituto de Bernard voltou a marcar. Luan, após receber passe, cortou para a direita e finalizou no ângulo do goleiro do Boa, sem chances. No fim, aos 40, Marcos Rocha cruzou da direita e Jô, de cabeça, selou a vitória.

América-MG x Cruzeiro

Em Belo Horizonte, no Mineirão, no segundo clássico depois da reinauguração, o Cruzeiro goleou e venceu o América por 4×1. O Coelho começou assustando. Aos 9 minutos, Fábio Júnior pegou a sobra dentro da área e chutou, mas a bola foi pra fora. No minuto seguinte, o Cruzeiro fez o primeiro. Ceará cobrou lateral dentro da área, a zaga e Neneca falharam e Borges só escorou. A 16 minutos, a Raposa fez o segundo. Everton fez excelente cruzamento para Diego Souza na área, que subiu mais que a zaga e cabeceou com firmeza para o gol.

O time celeste continuava tranquilo e, com calma, marcou o terceiro e quarto gols. No segundo tempo, aos 4 minutos, Everton Ribeiro bateu escanteio pela direita e Bruno Rodrigo subiu livre para marcar. O América descontou com Doriva, aos 34, em cobrança de escanteio da direita, mas Borges, aos 34, apareceu de novo. Ceará tocou de lado para o atacante, que fuzilou e marcou o seu 6° gol no Mineiro, artilheiro da competição junto com Júnior Negão.

Classificação:

Créditos: Osmar Júnior

Comentários

Estudante de Jornalismo, apaixonado por futebol. Seja a final da Copa do Mundo, as semifinais de uma Copa Rural, um jogo da Liga dos Campeões ou eliminatória da 4° divisão de algum campeonato amador do interior.