Wilfried Bony: O novo Drogba?

  • por Raniery Medeiros
  • 7 Anos atrás
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Quando falamos no futebol da Costa do Marfim o primeiro nome que lembramos é o de Didier Drogba. Alto, forte e decisivo nos momentos precisos. A boa e talentosa geração de Didier conseguiu se classificar para duas Copas do Mundo. Porém, o título da Copa Africana de Nações não veio. O eterno ídolo do Chelsea já não é mais um garoto e, com 35 anos de idade, Drogba precisa de um substituto. E, como as comparações são feitas rotineiramente, o nome do jovem Wilfired Bony já é entoado em alto e bom som.

O COMEÇO

Nascido em Bingerville, Bony começou a sua carreira atuando pelo modesto Issia Wazi (Costa do Marfim). Desde cedo já se destacava pelo vigor físico, altura (1,82 m) e velocidade. Tais características culminaram com o apelido de “Hulk Africano”.

O jovem logo chamou a atenção de alguns clubes. Em 2007, o Liverpool cogitou oferecer uma espécie de estágio para melhor avaliar o marfinense. Mas nenhum contrato foi assinado. Ao contrário dos ingleses, e enxergando bom potencial no atleta, o Sparta Praga ofereceu um contrato de empréstimo a ele. De início, o time B foi a sua casa.

Superando as adversidades e focando apenas em jogar futebol, não precisou de muito tempo para garantir a vaga no time principal e, em decorrência do bom trabalho apresentado, assinou de forma definitiva com o Sparta.
Já em sua primeira temporada ele causou frisson por ser um jogador agudo e que adorava partir para o mano a mano contra os zagueiros. O burburinho de que havia surgido um sucessor para Drogba foi inevitável. Em três anos atuando na República Tcheca, anotou 22 gols em 59 jogos. Com as credenciais devidamente apresentadas, não demorou para que o Vitesse o contratasse em janeiro de 2011.

Foto: Reprodução - Bony atuando pelo Sparta Praga

Foto: Reprodução – Bony atuando pelo Sparta Praga

SUCESSO NO VITESSE

Em solo holandês, não teve dificuldades para se adaptar ao estilo de jogo do campeonato. As semelhanças com Drogba foram ficando cada vez mais claras a cada partida jogada e pela maneira de fazer seus gols.

A temporada 2011/2012 foi especial e proveitosa. Foram 17 gols no campeonato e a convocação para a disputa da Copa Africana de Nações. O bom jogador também é famoso pelas suas dancinhas após alguns gols. Descontraído e sempre com um sorriso no rosto, Wilfried caiu de vez nas graças da torcida.

[youtube id=”MKWodin3QOk” width=”620″ height=”360″]

De contrato renovado e tendo a confiança dos seus torcedores, aperfeiçoou ainda mais as suas finalizações e voltou com tudo para 2012/2013. Até o momento já foram marcados impressionantes 30 gols em 31 partidas. Os números são realmente impactantes para quem só tem 24 anos.

[youtube id=”D7pQomNs0rk” width=”620″ height=”360″]

[youtube id=”HO40VaGmWsQ” width=”620″ height=”360″]

 SELEÇÃO

Foi convocado para a Copa Africana em 2012 e 2013, tendo anotado um gol em cada edição do torneio. Na final de 2012, contra Zâmbia, o título foi decidido nos pênaltis. Bony converteu a sua cobrança, mas não evitou a perda do campeonato.

[youtube id=”s4COmJHAYJs” width=”620″ height=”360″]

Em 2013, sendo mais uma vez favorita, Costa do Marfim foi barrada no baile pela Nigéria, que viria a ser a seleção campeã. Após mais um fracasso, o processo de renovação foi inevitável. Visando chegar ao mundial de 2014, o atacante do Vitesse começa a ganhar maiores oportunidades na seleção. No último jogo pelas eliminatórias, aproveitando a ausência de Drogba, Bony fez um dos três gols na vitória sobre Gâmbia.

O PESO DA COMPARAÇÃO

Ser comparado com qualquer profissional é sempre muito complicado. Muitas vezes o atleta só pensa em fazer o seu trabalho, mas é cobrado para apresentar o mesmo desempenho do outro.

A semelhança entre Drogba e Bony é perceptível. No entanto, é necessário que se tenha muita cautela nessas horas. Com 24 anos, o atleta do Vitesse joga em um campeonato até certo ponto tido como mediano. Com a boa campanha na atual temporada, a vaga para a Liga dos Campeões pode ser o impulso para que ele ganhe ainda mais visibilidade. Com a mesma idade, Drogba estava de malas prontas para atuar pelo Olympique de Marselha. E, em seguida, foi contratado pelo Chelsea.

Para alcançar tal status, Wilfried terá de jogar muita bola. Será preciso atuar em um grande centro do futebol para seguir os passos do “outro”. As comparações são sempre bem-vindas desde que se coloque as coisas em seu devido lugar, sabendo que cada um terá a sua maneira de construir a própria história. Mas, é inegável que as apostas em Bony são altas. E para que isso se concretize, ele necessita estar forte mentalmente e com intensa motivação para assumir esse posto de novo ídolo e de maior esperança para o seu povo.

Foto: Reuters - No jogo contra a Argélia, em 2013, os dois atuaram juntos.

Foto: Reuters – No jogo contra a Argélia, em 2013, os dois atuaram juntos.

Comentários