18 vezes Bolívar, o maior da Bolívia

  • por Mauricio Fernando
  • 8 Anos atrás
Foto: La Razón

Foto: La Razón

A Bolívia conheceu neste domingo o campeão do Clausura 2013. O Club Bolívar, maior vencedor da história do país, voltou a conquistar o campeonato nacional, quebrando a série do The Strongest, que havia vencido os últimos três torneios. Com a conquista, “La Academia” chega ao seu 18º título nacional na era profissional (desde 1977), ampliando sua vantagem sobre o segundo maior campeão, o rival The Strongest, com 10 conquistas.

A conquista veio com uma rodada de antecipação, após vitória por 2×1 sobre o Nacional de Potosí, em La Paz. A equipe abriu seis pontos de vantagem sobre o Oriente Petrolero, que também já assegurou a segunda colocação. Os dois clubes garantiram vaga na Taça Libertadores da América 2014, com o Bolívar direto na fase de grupos.

Foto: Los Tiempos

Foto: Los Tiempos


O grande herói do título foi o atacante uruguaio Willian Ferreira “La Fiera”, artilheiro do time (vice do campeonato) com 13 gols e autor dos dois tentos da partida que confirmou a conquista. O ataque, aliás, foi o melhor da competição e ponto de grande destaque da campanha, com 49 gols marcados em 21 jogos. Nomes como Juan Arce (ex-Corinthians e Sport) e Rudy Cardozo também contribuíram muito para estes números e consequentemente o título.

Apesar de ter vindo de forma antecipada, a conquista não foi fácil. A equipe comandada pelo espanhol Miguel Ángel Portugal (ex-Racing Santander) não iniciou bem a temporada e teve que buscar a recuperação após alguns tropeços. O Bolívar só veio a assumir a liderança pela primeira vez na 10ª rodada, deixando a ponta ainda entre a 13ª e a 16ª rodada, quando foi ultrapassado pelo Oriente Petrolero, que acabou tropeçando na reta final. O Club Bolívar não bobeou mais e conquistou mais um titulo para a sua coleção.

Time base: Marcos Argüello, Lorgio Álvarez, Nelson Cabrera, Tobías Albarracín, Leandro Maygua; Leonel Justiniano, Damir Miranda, Jhasmani Campos, Rudy Cardozo; Juan Arce e Willian Ferreira. Técnico: Miguel Ángel Portugal.

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".