Abidal deixa o Barcelona: “Estou partindo, mas voltarei”

Graças ao bonito gesto do capitão Puyol, Abidal teve a chance de erguer a "orelhuda".

Graças ao bonito gesto do capitão Puyol, Abidal teve a chance de erguer a “orelhuda”.

Em uma homenagem emocionada, o Barcelona anunciou, hoje pela manhã, que Éric Abidal não continuará no clube. O contrato do defensor se encerrou e ele agora está livre para procurar outro clube e continuar sua carreira. O francês agradeceu o gesto do clube e, entre lágrimas, garantiu que pretende voltar ao clube:

“É um dia muito difícil. Eu joguei aqui por seis anos, e esta tem sido a maior experiência da minha vida. Eu tinha duas metas: lutar para ver minhas duas filhas crescerem, e jogar de novo. Eu adoraria ficar aqui, mas tenho que aceitar a decisão do clube. Eu estou partindo, mas com certeza, estarei de volta.”

Em sua despedida, muitas manifestações de gratidão de ambas as partes, num caloroso "até breve". Foto: Site oficial do Barça

Em sua despedida, muitas manifestações de gratidão de ambas as partes, num caloroso “até breve”. Foto: Site oficial do Barça

O presidente blaugrana, Sandro Rosell, fez questão de deixar claro que não se trata de um “adeus”, e sim, de um “até logo”:

“Nós não estamos dizendo adeus a ele, estamos apenas dizendo que nos encontraremos de novo assim que ele quiser. Quando ele decidir parar de jogar futebol, ele poderá voltar ao Barça para ser diretor técnico de todas as nossas academias de futebol, em escala global. Abidal se tornou uma pessoa muito especial para todos nós. Ele conquistou nossos corações, e nos ensinou como a determinação pode superar qualquer dificuldade: ele nos ensinou a nunca desistir. É uma lição para a vida, que nunca esqueceremos”.

Na conquista da Liga, Puyol mais uma vez insistiu, e Abi teve a chance de levantar mais uma taça.

Na conquista da Liga, Puyol mais uma vez insistiu, e Abi teve a chance de levantar mais uma taça.

Outro a direcionar a Abi uma declaração carinhosa foi o diretor esportivo do clube, Andoni Zubizarreta:

“Nós sorrimos, choramos, sofremos… vivemos muita coisa juntos. Nunca me esquecerei do dia em que visitei Abidal na clínica e ele me disse: ‘eu voltarei'”.

O jogador teve uma passagem bastante marcante pelo clube catalão, em uma das gerações mais vitoriosas de sua história. Como titular da lateral esquerda culé, Abidal conquistou incríveis quatorze troféus, incluindo duas Champions League e três ligas espanholas – quatro, se contarmos a conquista da atual temporada, da qual o francês pouco participou em virtude de sua doença.

Chega ao fim, portanto, a história de Éric Abidal como jogador do Barcelona. Mas sua vida de luta e determinação, que tanto inspirou a todos no clube, abriu-lhe as portas para continuar escrevendo outros capítulos, desta vez, fora do campo. Assista ao vídeo que um grupo de torcedores fez sobre a primeira recuperação do francês, e entenda um pouco do sentimento que ele provoca no grupo de jogadores, na comissão técnica e em toda a torcida blaugrana.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.